i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

André Pugliesi

Foto de perfil de André Pugliesi
Ver perfil

Blog em defesa da cultura de arquibancada

Clássico

Há 30 anos, o último Atletiba romântico; hoje, o Atletiba do fim do mundo

  • 05/08/2020 11:08
Há 30 anos, o último Atletiba romântico; hoje, o Atletiba do fim do mundo
| Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Gazeta do Povo e Arquivo GRPCOM

Há exatos 30 anos, num mesmo 5 de agosto, era jogado o último Atletiba romântico. No Couto Pereira, Coritiba e Athletico duelavam pelo caneco do Paranaense. E ao apito final, o mundo do clássico nunca mais foi igual.

Aquele jogo, num domingo à tarde, empate por 2 a 2 que garantiu ao Furacão o título, representa a fronteira entre um futebol do passado e o futebol de um futuro que chegaria com mudanças em ritmo frenético.

Saem as camisas de algodão da Campeã e os patrocínios de ocasião, chegam os uniformes sintéticos. A torcida do Athletico deixa a curva da Perpétuo Socorro. A Mancha Verde desaparece. Despontam os comandos das organizadas e o pau começa a torar nos terminais.

Surgem outras bolas que não a Topper branca com detalhes em preto. Os craques fogem para o exterior. Os regionais enfraquecem. Capitão Hidalgo e Sicupira são reconhecidos mais como comentaristas e o Paraná Clube domina.

A grana da TV começa a jorrar, o soccer vira business e a cartolagem passa a se locupletar, ainda mais, mas de forma igualmente "profissional". Os shoppings engolem Curitiba e o silêncio do domingo, só quebrado pelo Atletiba ou por um macaco hostil no Passeio Público, já era.

Três décadas se passaram e coxas-brancas e atleticanos se encontram outra vez, é o destino fatal. Também no Couto, também pela decisão estadual. O clássico, desta vez, parece disputado em meio ao fim do mundo.

Jogadores mascarados. Comemorações proibidas. Bolas enxaguadas em álcool em gel. Exames prévios e desfalques provocados pela Covid-19. O vírus está em toda parte. O estádio vazio e, você sabe, "não há nada menos vazio do que um estádio vazio".

O mundo não acabou. E Beirute, tragada por um cogumelo de fumaça e fogo na tela do celular, ainda existe. E mesmo que apenas na tela do celular, via streaming, gerando buzz e faniquitos nas redes sociais, é dia de Atletiba.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 2 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • J

    jose carlos ferman

    ± 0 minutos

    Estive no Couto em 90...nunca vibrei tanto com um gol contra...eternamente grato Berg...e grato também ao meu conterrâneo Dirceu...qdo jovem jogava com ele no campo do Dionísio em Rolândia...o que ele fez foi.."milagre".

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Roberto Karam

    ± 5 horas

    Bem legal essa viagem no tempo e nos espaços da Cidade, e sendo comentada. Ficaria melhor ainda, ilustrada com fotos comparativas dos períodos citados. Pena não termos torcida ainda em face desta terrível pandemia. Saude !

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.