Capital da Cerveja Artesanal
Maniacs 41 Pils| Foto: Divulgação

Curitiba está fazendo aniversário e não pode faltar cerveja na festa. Afinal, a cidade é a Capital da Cerveja Artesanal, título dado pela Câmara dos Vereadores em 2017. Essa condecoração é um tanto polêmica, é verdade – afinal é como se eu mesmo falasse que sou bom em algo. Além disso, nos últimos anos, parece que houve uma desacelerada no ritmo cervejeiro da cidade por conta da crise econômica e da pandemia de Covid-19. Mas entre fãs da cerveja, não há quem não reconheça que a capital paranaense, seus cervejeiros e cervejarias, têm muitos e muitos méritos.

Não, Curitiba não é o município com mais cervejarias. Mas estamos muito bem, obrigado. Segundo o Anuário da Cerveja 2019, publicado pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) em março de 2020, o Brasil conta com 1.209 fábricas, sendo 131 no Paraná, 5º lugar no ranking nacional. Entre os municípios, Porto Alegre encabeça a lista com 39 cervejarias e Curitiba também ocupa a 5ª colocação com 19. Se considerarmos só capitais somos a 3ª mais cervejeira, logo atrás de São Paulo, com 27.

Mas é bom lembrar que a Região Metropolitana de Curitiba é muito próxima da cidade e tem um grande número de plantas fabris. Pinhais, por exemplo, é a 10ª colocada no ranking de cervejarias por habitante. Há uma fábrica para 18.880 pessoas, totalizando 7 delas. Como curiosidade, Cascavel ocupa a 7º posição com 5 cervejarias, uma para cada 14.349.

O Paraná é o 3º estado no ranking nesse esquema proporcional, com uma cervejaria para cada 87.282 habitantes, atrás de Santa Catarina (em 2º com uma para cada 48.411 pessoas) e Rio Grande do Sul (em 1º com 48.209). E olha que esses números não contemplam as cervejarias ciganas, que são aquelas marcas que não têm fábrica própria.

  • Maniacs 41 Pils Estilo: Bohemiam Pilsener Cervejaria: Maniacs Embalagem: chopp em growler de 1 litro Teor alcoólico: 5,7% ABV Preço: entre R$ 20 e R$ 25
  • Bodebrown Blanche de Curitiba. Estilo: Witbier Cervejaria: Bodebrown Embalagem: 473 ml Teor alcoólico: 5,2% ABV Preço: entre R$ 18 e R$ 29
  • Swamp Boquera Style Estilo: NE IPA Cervejaria: Swamp Embalagem: 473 ml Teor alcoólico: 7,2% ABV Preço: entre R$ 25 e R$ 35

Também sempre acreditei que o reconhecimento da cidade como muito cervejeira não vem da quantidade, mas do pioneirismo e da qualidade. O Sul do país, talvez por um gosto já estabelecido dos imigrantes e descendentes pela cerveja, começou mais cedo do que outras regiões no que chamamos de Renascimento da Cerveja Artesanal (o resgate da cultura cervejeira que ficou meio esquecida ao longo do século 20). O fato de os três estados do Sul encabeçarem a lista de cervejarias por habitante também é reflexo disso.

A qualidade é reconhecida pelo grande número de cervejas e cervejarias premiadas em concursos. Mas não se trata só de medalhas. Noto um certo reconhecimento especial e curiosidade dos especialistas e entusiastas pela cidade, até uma certa admiração em alguns casos.

É claro. Tudo isso está sujeito a críticas, como o título de 2017. No final, há sempre quem veja o copo meio cheio ou meio vazio (eu gosto do meu bem cheio). E como Curitiba já teve muitos slogans, como cidade sorriso e cidade modelo, por que não cidade cervejeira?

Já escolheu suas cervejas para comemorar o mês de aniversário de Curitiba?

* Os preços são aproximados. Produto destinado a adultos. Beba com moderação, nunca antes de dirigir.

  • Luis Celso Jr. é jornalista, blogueiro e sommelier de cervejas.
1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]