i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Camila Farani

Foto de perfil de Camila Farani
Ver perfil
Empreendedorismo

O que podemos aprender com a readaptação dos salões de beleza durante a crise

  • Camila FaraniPor Camila Farani
  • 26/07/2020 08:00
Camila Farani elenca dicas de empreendedorismo baseadas em como salões de beleza têm se readaptado durante a pandemia.
Camila Farani elenca dicas de empreendedorismo baseadas em como salões de beleza têm se readaptado durante a pandemia.| Foto: Guilherme Petri/Unsplash

Na última terça feira (21), foi dia de VAI TER LIVE no meu Instagram e o tema tratado foi beleza e bem-estar. Em um momento em que todos estamos isolados em nossas casas e sem contato com o mundo exterior, ninguém se preocupa mais com a beleza e o visual, certo? Errado! Apesar dos salões de belezas terem fechado as portas, o mercado da beleza não parou, vendas de produtos começaram a ser feitas pela internet e as próprias pessoas passaram a ser profissionais da beleza por um determinado tempo, utilizando o método “faça você mesmo”.

Muitos empreendedores do ramo da beleza tiveram que fechar as portas durante a pandemia da Covid-19. Consequentemente, sua renda diminuiu: segundo dados do Sebrae, 62% dos salões de beleza no Brasil fecharam as portas.

Com a renda menor e a crise chegando, algumas soluções foram adotadas. Salões começaram a oferecer planos adiantados, ou seja, um produto é vendido e, quando o salão voltar a funcionar, o cliente poderá usufruir deste plano. Desta forma, durante a pandemia os empreendedores conseguiram amenizar a queda na renda.

Com a reabertura gradativa dos comércios, salões de beleza passaram a adotar medidas mais severas de segurança para que seus clientes não corressem nenhum risco de saúde. Assim, estes salões se tornaram “templos” de segurança ao se adaptar às novas orientações para evitar quaisquer tipos de contágio, oferecendo todos os cuidados necessários para evitar a propagação do coronavírus, uma vez que o contato físico entre o profissional da beleza e cliente, na maioria das vezes, é necessário.

Mas ser cauteloso não é o único plano para quem deseja continuar crescendo com os segmentos da beleza e do bem-estar na pós pandemia. Acoplar outros serviços do ramo vem sendo uma tendência: uma solução para um salão de beleza que oferecia somente cortes de cabelo se alavancar na pós-pandemia é oferecer nutricionista, massagem, manicure... Essa união entre profissionais de segmentos da beleza e do bem-estar trará mais tração e curiosidade dos clientes para experimentarem e utilizarem o seu produto/negócio.

Com essa junção de várias áreas da beleza e bem-estar, o efeito chamariz fica mais fácil e pode ser aplicado pelo comerciante e empreendedor. Em resumo, essa técnica trata de utilizar a necessidade que nós, seres humanos, temos em fazermos comparações para tomarmos decisões supostamente racionais e corretas. Ou seja, com essa técnica você oferece diversos produtos para um cliente e ainda consegue “influenciar” seu cliente a escolher o produto que você deseja que ele escolha. Desta forma, tanto o lado do cliente como o seu, de empreendedor, sai ganhando.

A comunicação e a transparência em um momento de crise também necessitam serem postas em prática. A transparência trará clareza, coerência e credibilidade ao seu negócio. Esses são requisitos essenciais para conquistar seus funcionários e também seus clientes.

Não há mais espaço para empresas e negócios que mantêm as informações inacessíveis. A percepção de valor próprio mudou: o colaborador sabe o que pode trazer de bom para a empresa, mas espera que seu chefe, o empreendedor, deposite confiança nele. Assim, reconhecimento, transparência, ética e possibilidade de crescimento andam juntos e todas essas coisas irão influenciar no atendimento de seu cliente.

Se você deseja ficar por dentro dos assuntos mais relevantes do mundo do empreendedorismo, não perca o próximo VAI TER LIVE, que será na próxima terça-feira no Instagram @camilafarani às 18h. O tema? Surpresa....

Por último, tenho um recado muito importante para dar para você. Entre os dias 13 a 19 de agosto, vou dar sete aulas gratuitas e online para te ajudar a impulsionar o seu negócio! Para saber mais e se inscrever é só acessar o site.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 2 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • P

    Priscila Graciana Xavier Simões

    ± 9 horas

    Muito mal escrito, dá uma revisada nisso aí. "Salões de belezas" não existe. Tbm repetiu palavras exaustivamente.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • L

      Luis Franzon

      ± 10 horas

      Errado, querida. As pessoas que precisam trabalhar se viraram. Atenderam em casa, com alguma infra ou foram ate o (a) no caso, cliente. Mas no mundo real, o "faca vc mesmo" nao rolou. Pegou so nos socialistas de iphone e nos funças de netflix

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      Fim dos comentários.