Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Cerca de 100 mil inscritos estão em Curitiba para as provas que começariam às 13h30
Cerca de 100 mil inscritos estão em Curitiba para as provas que começariam às 13h30| Foto: Divulgação/SESP

No início da manhã deste domingo a Polícia Civil do Paraná emitiu nota de esclarecimento confirmando o cancelamento da aplicação das provas do concurso que aconteceriam a partir das 13h30 em Curitiba e região metropolitana.

A decisão partiu da organizadora, o Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná, que considerou a última checagem dos locais de prova realizada na madrugada de 21 de fevereiro de 2021. Em nota (confira aqui), o NC-UFPR declara que "denotou a ausência de requisitos indispensáveis de SEGURANÇA para a aplicação das provas do Concurso Público em todos os locais previstos na capital e nas cidades da Região Metropolitana de Curitiba/PR, o que poderia colocar em risco a integridade das avaliações e o tratamento isonômico dos candidatos, bem como a saúde e a biossegurança de todos os envolvidos”.

Com a decisão, cerca de 100 mil inscritos terão que aguardar um novo cronograma de provas, sendo a maior parte residente em outros estados e também no interior do Paraná.

Governo repudia a decisão

Em nota o Governo do Estado do Paraná esclareceu que de acordo com o contrato firmado com a Polícia Civil, toda a organização, inclusive as medidas de segurança que deveriam ser adotadas durante a prova, eram de responsabilidade do NC-UFPR.

O governo estadual também informou que irá abrir processo administrativo contra o Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná por quebra de contrato, já que a decisão de suspender as provas deste domingo aconteceu poucas horas antes do início do concurso e sem qualquer notificação anterior. A decisão foi considerada inaceitável e injustificável, já que mais de 100 mil candidatos vindos de diversos lugares investiram tempo e recursos para participar da prova e foram informados do cancelamento somente no dia do concurso.

Histórico do concurso

O edital de abertura do concurso foi publicado em 9 de abril de 2020 com a oferta de 400 vagas em todo o estado do Paraná, sendo 300 para o cargo de investigador, 50 para delegado e 50 para papiloscopista, além da formação de cadastro de reserva. O cronograma de provas do concurso foi suspenso logo após o período de inscrições (22 de junho) em decorrência da pandemia causada pelo novo Cororavírus (Covid-19), sendo retomado em 18 de novembro com o agendamento da primeira fase do concurso para este domingo (21/02).

Quando uma nova data for definida, os 106 mil inscritos serão convocados para a prova objetiva que terá cinquenta questões de múltipla escolha, sendo cem para o cargo de delegado, além de redação (texto dissertativo-argumentativo) na mesma data apenas para investigador e papiloscopista. Os candidatos ao cargo de delegado farão também posterior prova discursiva de conhecimentos específicos, desde que classificados na primeira etapa (prova objetiva).

Ainda de acordo com o edital de abertura do concurso, os aprovados nas fases anteriores serão convocados para a prova de títulos de caráter classificatório, além de provas de higidez física, de aptidão física e exame de investigação de conduta, três etapas de caráter apenas eliminatório.

Veja os concursos com inscrições abertas em todo Brasil |

Deixe abaixo os seus comentários e também acompanhe as principais notícias do blog Concurseiros no Linkedin, Facebook e Instagram da blogueira Thais Nunes.

31 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]