i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Cristina Graeml

Foto de perfil de Cristina Graeml
Ver perfil

"A meta de uma discussão ou debate não deveria ser a vitória, mas o progresso". Joseph Joubert.

Análise de infográfico

Covid-19 nas capitais e o caso de Belém do Pará, sumindo do ranking das campeãs

  • 10/07/2020 13:41

É tanta notícia de Covid e coronavírus, tantos números, gráficos que a gente se perde! Mas passados alguns meses de pandemia é possível analisar períodos e fazer comparações. Isso é muito importante para entender melhor o que está acontecendo na região onde moramos e avaliar se as medidas impostas para a população merecem apoio ou críticas e, em alguns casos, até cobrança para que sejam revistas.

A equipe de Infografia da Gazeta do Povo fez um trabalho comparativo minucioso entre as capitais. É um ranking das 15 primeiras em número de novos casos diários do início de abril até 2 de julho, data em que o gráfico Covid-19 nas capitais brasileiras foi publicado. Analisando esse gráfico, chama muita atenção o caso de uma cidade específica: Belém.

A capital do Pará já esteve em colapso absoluto em maio, com hospitais lotados e tendo que mandar para casa doentes em estado moderado e grave, diminuindo as chances de sobrevivência e aumentando as de transmissão do vírus em ambiente doméstico. Mas Belém conseguiu reverter a curva de contágio e de mortes de forma rápida.

Para se ter ideia do que ocorreu lá, no feriado de primeiro de maio, dia do Trabalho, a cidade contabilizava 156 vítimas fatais da doença. Dia 31 já eram 1320. Em 30 dias morreram 1164 pessoas. Fiz a conta aqui: foram 39 mortes por dia em Belém no mês de maio, quando a média antes era de 3,9 por dia. Ou seja, em maio, a morte arrebatou dez vezes mais pessoas na capital do Pará do que nos 40 dias anteriores, desde o registro do primeiro caso por lá. Dez vezes mais em um mês!

Antes de detalhar o gráfico preciso explicar que ele foi feito a partir da média diária de novos casos em cada capital ao longo de todos os dias de abril, maio, junho e comecinho de julho, até o dia 2, data em que foi publicado.

O que é "média diária" de novos casos?

Como o levantamento dos novos casos é feito conforme vão saindo os resultados dos exames laboratoriais e nos fins de semana tem menos gente trabalhando nos laboratórios, há sempre um número menor de novos casos aos sábados e domingos, o que, obviamente, não reflete a realidade.

Por isso, com o passar das semanas, o próprio Ministério da Saúde passou a fazer uma média diária que vale para cada semana, porque soma o número total de casos de uma semana e divide por sete dias. Assim, se uma cidade registrou 700 novos casos ao longo de uma semana a média é 100 casos por dia, ainda que naquela semana o número divulgado no sábado e no domingo tenha sido bem menor e talvez em um ou outro dia da semana, bem maior.

Análise do gráfico Covid-19 nas capitais

Podia ficar descrevendo em palavras uma série de aspectos que me saltam aos olhos quando olho esse gráfico, mas prefiro que você mesmo clique no play do vídeo abaixo e veja para depois seguir lendo sobre o caso de Belém. Só preciso dar duas orientações.

Para facilitar a visualização as regiões são ilustradas em cores diferentes, capitais do Sudeste estão em laranja (então SP que está sempre em primeiro, porque é disparado a cidade mais populosa e isso reflete no maior número de casos é laranja, assim como Rio de Janeiro, que também figura entre as primeiras).

O Nordeste, que também tem várias capitais figurando sempre no topo da lista, aparece em verde; o Norte está em roxo; o Centro Oeste, em azul e o Sul, em preto.

A segunda dica é para esquecer os pontos em laranja e verde das capitais do Sudeste e Nordeste que ficam brigando pelas primeiras posições e direcionar o olhar para os pontos em roxo, das capitais do Norte do país, porque é em roxo que vai aparecer Belém. E quando Belém surgir olhe só para esse ponto.

Eu estou falando isso porque é a situação de Belém que eu quero destacar nessa análise. Depois de viver o inferno do colapso dos hospitais, Belém hoje está numa situação muito menos preocupante. A cidade, que chegou a registrar quase 900 novos casos em um único dia de maio, hoje tem média entre 130 e 230 novos casos diários. O número de internações e mortes cai a olhos vistos.

Veja, então o gráfico, em que Belém só começa aparecer entre as 5 capitais com maior número de casos diários na metade de maio, atrás de São Paulo, Fortaleza, Manaus e Recife. No dia 18 começou a cair foi ultrapassada pelo Rio de Janeiro, depois Salvador. Teve alguns dias de oscilação pra cima e pra baixo no gráfico até o fim de maio.

Em junho começou a cair mais. Em dez dias já estava em 11° lugar, tinha sido ultrapassada por várias outras capitais do Norte e do Nordeste: Aracaju, Maceió, João Pessoa e Porto Velho. Além de estar atrás daquelas que já figuravam no topo do ranking: Manaus, Fortaleza, Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, primeira capital do Centro Oeste a figurar no topo do ranking.

Natal, Macapá e Goiânia (mais uma do Centro Oeste) avançaram sobre Belém. Depois Boa Vista derrubou a capital paraense para a 15ª posição, até que ela sumiu do mapa no fim do mês de junho Belém. não constava mais entre as 15 capitais com maior disseminação da doença.

Olhando as últimas comparações do gráfico outra coisa que chama a atenção é que só em julho uma capital do Sul aparece no ranking: justamente Curitiba, que vinha sendo considerada exemplo pelo baixo número de casos e de mortes.

Em 1° de julho Curitiba passou a registrar mais de 200 casos por dia e passou a figurar em 13° lugar entre as capitais com maior média diária de novos doentes de Covid-19. No dia seguinte, 2 de julho, Curitiba subiu uma posição, para 12°. Belém voltou a figurar na lista, mas ainda assim atrás de Curitiba, em 13°.

Como eu sou em Curitiba, cidade que já estava reabrindo a economia e voltou a fechar tudo (aliás o Paraná entrou o mês de julho de novo no que o governador chama de isolamento restritivo, que é quase um lockdown, onde só serviços essenciais são autorizados a funcionar e há restrições também para o funcionamento de supermercados e farmácias), resolvi procurar alguma diferença significativa entre o que foi feito em Belém e Curitiba para tentar entender a como Belém está registrando menos casos diários e Curitiba mais.

As restrições na circulação de pessoas são parecidas. Uns apontam o frio, que chegou com força aqui no Sul assim que o inverno começou, como culpado pelo aumento no número de doentes em Curitiba. Mas há outra diferença fundamental entre as políticas públicas adotadas pelas duas cidades que podem estar por trás dos resultados atuais.

Belém, assim como várias outras cidades do país, especialmente as menores, adotou o protocolo sugerido pelo Ministério da Saúde e começou a tratar os doentes nos primeiros sintomas com os polêmicos remédios já usados para outras doenças, mas que não teriam comprovação científica de eficácia no tratamento de Covid-19.

Curitiba não adotou o protocolo. O Paraná, aliás, também não aderiu, ainda, ao tratamento precoce no serviço público de saúde, embora o secretário de Saúde admita que estuda a possibilidade. Fato é que Belém, que já esteve em colapso não só na saúde pública, mas até na rede particular, vem registrando cada vez menos casos novos e menos casos graves, aqueles que exigem internação. Por isso, menos mortes também.

Operadora de saúde reduziu as internações a zero em 7 dias

O exemplo mais claro da mudança nas curvas de contágio, internações e mortes vem de uma rede particular de saúde: a Unimed de Belém. Segundo a diretora do plano de saúde, a médica infectologista Vânia Brilhante, os médicos associados vinham tratando só os casos moderados e graves, mas quando a situação na cidade ficou incontrolável, a operadora se viu obrigada a rever a estratégia.

Ela própria diz ter buscaram a experiência de outra operadora, a Prevent Senior de São Paulo, que atende exclusivamente pacientes idosos (grupo de maior risco para Covid-19) e desde o início da pandemia tem ótimos resultados para cura e poucas internações.

O caso da Prevent Senior já é conhecido. Seus médicos, junto com o presidente da República, foram os primeiros a falar em tratamento precoce de Covid com o antiviral hidroxicloroquina, já largamente usado para outras doenças, com raros efeitos colaterais.

A Unimed de Belém tem 310 mil associados e uma capacidade de atender bem 1500 por dia, no máximo 2000 em situações extremas. Pois a operadora viveu essa situação extrema por vários dias seguidos. Tratou mais de 50 mil pessoas em questão de semanas. Isso significa que de cada 6 associados um teve Covid. Tudo ao mesmo tempo.

Em entrevistas a Dra. Vânia Brilhante conta que os pacientes chegavam mortos ao hospital. Abriam a porta do carro e tiravam a pessoa já morta. Mesmo tendo um hospital exclusivo para os associados, o plano de saúde não tinha mais leito para receber tanta gente. Os médicos precisavam entubar pessoas no corredor do hospital. O relato é dramático, mas ela também traz muita esperança quando explica o que aconteceu depois que adotaram o tratamento dos casos leves.

“Foi um divisor de águas pra nós. Tudo mudou. Em sete dias nossos pacientes pararam de procurar nossas unidades de urgência, em sete dias a nossa Policlínica conseguiu atender e fornecer medicamento pra todo mundo que procurava dos casos leves, em sete dias a gente saiu do nosso colapso”.

Vânia Brilhante, diretora Unimed Belém em videoconferência

Sete dias! Uma semana apenas! Se você quiser ouvir a própria médica descrevendo o que foi feito para reverter o gravíssimo quadro da pandemia em tão pouco tempo acesse aqui. É um debate entre médicos de todo o Brasil com mediação do jornalista Alexandre Garcia. A fala da Dra. Vânia começa depois de uma hora de vídeo.

Em resumo: depois de começar a fornecer o kit de remédios para pacientes com sinais leves de Covid-19 a Unimed-Belém praticamente zerou as internações, diminuiu consideravelmente a frequência de atendimentos nas unidades e, como tinha comprado uma quantidade enorme de remédios, mas os doentes foram escasseando, acabou doando medicação para mais de cem cidades do interior do Pará. que agora estão colhendo os mesmos resultados.

Os médicos lá entenderam que era uma situação de guerra e, estando no campo de batalha, decidiram que não havia como esperar publicações em revistas científicas indicando qual medicamento funciona melhor. Aplicaram o que, na prática, já deu resultado com milhares de pacientes na fase 1 da doença em vários lugares do mundo, da Austrália a Honduras.

É claro que todos os pacientes passaram por consulta médica, foram informados da não comprovação científica da eficácia do remédio (exatamente como no caso do Tamiflu para H1N1 ou da prórpio hidroxicloroquina para zica vírus, ambos usados sem estudos conclusivos em situação de epidemia). E só tomou os remédios quem quis.

Além disso, médicos e enfermeiros, que estavam expostos demais porque atendiam doentes em fase de transmissão do vírus, foram medicados de forma preventiva. Os que aceitaram, claro (a maioria). Isso fez zerar o número de casos entre os médicosda operadora de saúde.

E aí você deve estar se perguntando: o que aconteceu nos postos de saúde e hospitais públicos de Belém? Não tenho todos os dados, mas o estado do Pará e todas as prefeituras mudaram a recomendação e começaram a pedir para população não esperar em casa pelo agravamento dos sintomas.

A ordem lá passou a ser procurar médico diante de qualquer dor de garganta, tosse, febre, dor de cabeça, dores no corpo, cansaço, diarreia. perda de olfato ou paladar. Hoje, as curvas em Belém estão bem diferentes daquelas registradas na maior parte das capitais brasileiras. Como diz-se popularmente: só não vê quem não quer.

Situação em Belém (PA) em 10/07/2020
Situação em Belém (PA) em 10/07/2020| Cristina Graeml
49 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 49 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • E

    Edison Linhares de Oliveira

    ± 11 dias

    Cristina, creio que você faria uma super matéria com este vídeo do MPF, que deveria ou ainda deverá ser um marco para o início do fim da pandemia: Veja http://www.tvmpf.mpf.mp.br/videos/4187

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MARIZA DIOGO COUTINHO

    ± 18 dias

    Cristina Descobri seus artigos há bem pouco tempo e estou muuuuuuito satisfeito de ver a Gazeta com uma articulista de seu gabarito. Excelentes artigos com sensatas e inteligentes opiniões. Um oásis dentro da infértil e poluída mainstream nacional. Fiquei seu fã. E admiro muito sua serenidade e humildade, inexistentes na imprensa progressista brasileira. Parabéns..

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    CARLOS AUGUSTO CRUZ

    ± 19 dias

    Parabéns! Excelente !!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Rosemeri Barcelos

    ± 19 dias

    Tenho medo de que eu ou alguém da minha família pegue a doença e seja condenado a morte pelo descaso dos governos....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Rosemeri Barcelos

    ± 19 dias

    Tenho medo de que eu ou alguém da minha família pegue a doença e seja condenado a morte pelo descaso dos governos....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Rosemeri Barcelos

    ± 19 dias

    Tenho medo de que eu ou alguém da minha família pegue a doença e seja condenado a morte pelo descaso dos governos....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    PARREIRAS RODRIGUES

    ± 20 dias

    Tanta fé a dele na cloroquina, que faz dois exames de saúde - coração, por dia.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    3 Respostas
    • V

      VivaoBrasil

      ± 20 dias

      ..... mas se o bozonaro diz que o remédio é bom para o covid 19, então tem gente que acredita.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • V

      VivaoBrasil

      ± 20 dias

      Eduardo Prestes: para malária é muito bom. Para malária.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • E

      Eduardo Prestes

      ± 20 dias

      Já tomei esse remédio para malária, sem qualquer problema. Achei 100% seguro, muito usado no norte do Brasil.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    sandra do rego barros

    ± 20 dias

    Cristina, acredito que o maior equívoco que assistimos nos postos de saúde Brasil afora foi de medicar pacientes com sintomas de covid e nao testados com antitermicos e analgésicos. O doente em casa além de transmitir aos familiares piorava rapidamente e quando retornava ao posto já estava em estado grave e muitas vzs sem chance ds sobrevivencia.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    VivaoBrasil

    ± 21 dias

    Dados 11 julho : Belém 125.714 casos confirmados com 5.280 óbitos. Taxa de mortalidade de 4%. Curitiba 40.329 casos confirmados com 999 óbitos. Taxa de mortalidade 2,4%. Morre mais gente em Belém do que em Curitiba.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    5 Respostas
    • V

      VivaoBrasil

      ± 20 dias

      Eduardo Prestes: os dados foram retirados da Secretaria de Saúde do Estado do Pará. Onde está a mentira ? Tomou o remédio errado hoje ?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • E

      Eduardo Prestes

      ± 20 dias

      Esquerdistas sempre mentem, para não prejudicar a “narrativa progressista”. Nos registros de cartório até 13/07 foram 1569 óbitos suspeitos por COVID-19 em Belém/PA. Desde 01/06, no entanto, foram apenas 137 óbitos. Ou seja, algo estava indo muito mal e foi modificado nas últimas semanas, refletindo o que a matéria afirma. Parece que a adoção do tratamento precoce está salvando muitas vidas em Belém/PA.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • V

      VivaoBrasil

      ± 20 dias

      Belém tem 21.928 confirmados e 1.990 óbitos. Taxa de 9%. Curitiba tem 9.158 confirmados e 245 óbitos. Taxa de 2,67%.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • V

      VivaoBrasil

      ± 20 dias

      SERGIO ELOI: o erro foi que comparei Belém e Curitiba. O certo é o estado do Pará e o estado do Paraná. Com certeza não tivemos 1000 óbitos em Curitiba. Links : http://www.saude.pr.gov.br/sites/default/arquivos_restritos/files/documento/2020-07/informe_epidemiologico_12_07_2020.pdf e http://www.saude.pa.gov.br/coronavirus/. Que são as secretarias de saúde do Paraná e do Pará.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • S

      SERGIO ELOI

      ± 20 dias

      Quero acreditar que foi erro de digitação. Mas pra não julgar antecipadamente, qual a fontes destes números???????

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Eden Lopes Feldman

    ± 21 dias

    Lendo esta notícia, analisada de forma coerente e imparcial, e associando ao fato do afastamento da Dra. Nise Yamaguchi, fico pensando se não existe pressão de grandes laboratórios para que remédios baratos não sejam usados. Apenas uma desconfiança, não estou afirmando.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Freitas

    ± 22 dias

    https://www.semprefamilia.com.br/saude/kit-tratamento-precoce-contra-covid-19-funciona/

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    J.A.O

    ± 22 dias

    Mais uma prova de que o que estava matando os contaminados eram as politicas praticadas pelos políticos contrários ao governo. Podemos atribuir sem remorso que o maior culpado pelo caos em que chegamos são os integrantes do STF ao atribuir tamanha responsabilidade a políticos que em sua maioria não sabe gerir nem suas casas. Fato é que a verdade negada pelos cientolistas vem sendo desmentida a cada dia.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    J.A.O

    ± 22 dias

    Matéria prazerosa de se ler, fato pouco visto num meio onde a maioria dos comunicadores se perderam em suas ideologias. Parabéns Cristina.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Fernando Fernandes

    ± 22 dias

    "Debate de médicos com mediação do jornalista Alexandre Garcia". Parece piada.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Fernando Fernandes

    ± 22 dias

    Com base em análise contínua de dados científicos emergentes, a FDA determinou que é improvável que a cloroquina e a hidroxicloroquina sejam eficazes no tratamento da covid-19. Além disso, à luz dos eventos adversos cardíacos graves e de outros efeitos colaterais sérios, os benefícios conhecidos e potenciais de cloroquina e hidroxicloroquina não superam os riscos conhecidos e potenciais do seu uso", afirmou o órgão, em um comunicado no último dia 15 de junho.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • C

      CRISTINA GRAEML

      ± 2 dias

      Não há um único cardiologista no mundo que tenha dito que 5 dias de uso de hidroxicloroquina na dosagem prescrita pelos médicos p Covid-19 provoque sequer arritmia cardíaca em pacientes sem histórico de doenças do coração e tratados nos primeiros dias após início dos sintomas. Ninguém está recomendando uso indiscriminado do remédio e sem acompanhamento médico. Não há nenhum outro efeito colateral sério relatado.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo Henrique

    ± 22 dias

    Em complemento a este vídeo: https://www.gazetadopovo.com.br/vozes/cristina-graeml/medicos-que-adotaram-o-uso-de-remedios-na-fase-1-de-covid-19-contam-sua-experiencia/

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MAURICIO

    ± 23 dias

    Que absurdo. Matéria sem nexo algum. O uso da " mialgrosa" cloroquina poderia até ter diminuído o número de internamentos mas a colunista se refere a diminuição do número de contaminados e isto não tem relação com o remédio.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • C

      CRISTINA GRAEML

      ± 22 dias

      Ninguém disse que a cloroquina é milagrosa. Até porque nem é esse o remédio usado no protocolo e sim a hidroxicloroquina. E esta, usada em conjunto com outros remédios, tem curado doentes na fase 1. É o que está sendo evidenciado em vários lugares do mundo e foi documentado com os 55 mil pacientes atendidos pela Unimed de Belém. Há vários outros estudos já publicados. 53 no total. Os únicos com resultados negativos são os que foram feitos com pacientes em fase avançada da doença (fase 3) Aí, quando o vírus já se alastrou pelo organismo, não é mesmo anti-viral que resolve. Tem que ser medicação mais forte. Sugiro que ouça o debate médico que publiquei na quarta-feira. Abs.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • C

      CRISTINA GRAEML

      ± 22 dias

      Não, Maurício. Vc leu errado. Eu analisei o gráfico que mostra redução no número de novos casos diários. Depois citei o exemplo da Unimed Belém, que conseguiu reduzir o número de agravamentos dos casos curando os doentes leves com remédios. Quando a pessoa se cura logo ela deixa de transmitir o vírus, pq ele não segue o processo de replicação. E se a pessoa deixa de transmitir, cai o contágio. Entende a linha de causa e consequência?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Fernando Fernandes

    ± 23 dias

    Não há remédio aprovado, a hidroxicloroquina defendida pela jornalista ignara teve o uso suspenso em quase todo mundo, por não haver evidências de melhora e ter graves efeitos colaterais, nem os Estados Unidos usam mais, apesar da defesa inicial do Trump, ninguém menos que a FDA suspendeu seu uso em território americano. Não deem ouvidos a colunistas partidárias que na sua ignorância e tentativa de politizar a doença, ajudam a ceifar vidas, como faz o presidente. Não há remédio ainda, fique em casa, use máscara, só saia para o essencial.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • C

      CRISTINA GRAEML

      ± 22 dias

      O que já se sabe que não funciona é usar o remédio, que é um anti-viral, nas fases mais graves da doença (protocolo Mandetta), quando o vírus já se alastrou pelo organismo. Aí são outros os remédios necessários. Acho que você não é médico, né? Que tal ouvir os médicos? Aproveito para dizer que não sou "partidária" nem "ignara". Rsrs. Mas estou aberta a trazer as informações que tenho e receber a dos leitores. Com respeito e educação, senão o diálogo não flui, certo?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • C

      CRISTINA GRAEML

      ± 22 dias

      Fernando, me desculpe, mas não sou eu que estou politizando a doença. Publiquei há dois dias um debate médico aqui com sete profissionais contando sobre os excelentes resultados que eles e outros 3500 médicos brasileiros estão tendo com tratamento precoce de doentes. Há dezenas de países do mundo usando sim hidroxicloroquina, azitromicina e ivermectina (além de zinco e vitamina D) para tratar doentes nos primeiros dias dos sintomas.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo Henrique

    ± 23 dias

    VÍDEO DE UTILIDADE PÚBLICA! É urgente e preciso pulverizar essa informação na sociedade, de forma clara e direta, sem senões, sem dedos. Não há mais lugar para dúvida quanto aos benefícios do tratamento precoce com hidroxicloroquina em associação. Trata-se de salvar vidas! Numa hora dessas, quando vidas estão em jogo, e preciso chutar todo o lixo do caminho e seguir a passos largos adiante, pois a plena eficácia do tratamento está condicionada ao uso da medicação no início da doença.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Neto

    ± 23 dias

    Aos poucos os fatos vão prevalecendo sobre as narrativas. Pena que mesmo quem pode pagar (e portanto pode deixar o remédio gratuito para quem não pode) e pegou a receita com seu médico (quase todos dão) não encontra esses medicamentos nas farmácias.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcos Ctba

    ± 23 dias

    Boa matéria e que traz esperança. Tomara que os responsáveis adotem uma nova postura de medicar os contaminados como esses exemplos de resultados de tratamento bem sucedido, e deixem o orgulho de lado e se esta dando certo porque não.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    joao alberto bez batti

    ± 23 dias

    Já morei na região amazonica e assim como grande parte da população contrai malária, cujo único medicamento é a cloroquina. O medicamento era distribuído em postos de saúde e todos tomavam... Velhos, novos. Nunca houve notícias que tinha efeitos colaterais. Agora para tratar covid é cheio de restrições?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • C

      CRISTINA GRAEML

      ± 22 dias

      Exato, João. Quer mais dois argumentos para derrubar as narrativas vazias de que não há estudos científicos comprovando a eficácia, por isso ninguém deveria usar os remédios? A mesma hidroxicloroquina foi usada, sem estudos publicados em revista científica, para tratar gestantes com zica vírus. Gestantes! Ninguém fazia alarde, pelo contrário. A imprensa toda noticiava como esperança para os doentes. Outro exemplo: o Tamiflu, usado para tratar doentes na epidemia de H1N1, até hj não tem estudos conclusivos. E era usado em larga escala, sem críticas. Infelizmente vivemos uma época de hipocrisia. Mas até os hipócritas tomam os remédios quando ficam doentes. Contra fatos não há argumentos.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Margarete Kolczycki Borges

    ± 23 dias

    Aqui no Paraná o que prevalece é a enrolação do secretário e do governador com bastante fingimento.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Admar Luiz

    ± 23 dias

    Cristina, e a pergunta que não quer calar: Por que diabos todo os estados não adotaram esse protocolo? Médicos sérios tem recomendado isso a meses. Eu disse a messes. Quantas vidas teriam sido salvas, quantos internamentos teriam sido evitados, quantos bilhões teriam sido economizados se um simples kit de remédios fosse usado preventivamente? Cristina, quem vai ser responsabilizado por isso? Massacram o presidente Bolsonaro porque defendia e defende o uso desse kit. Como os fatos dizem - ele mesmo comprovou pessoalmente fazendo uso - ele previne a doença e cura, isso mesmo cura, se for usada logo no inicio do tratamento. Os hipócritas se calam, né?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    LUIZ SÉRGIO COUTINHO DO AMARAL

    ± 23 dias

    Muito bom saber que esse Protocolo está dando bons resultados ! Que sirva de exemplo para outros estados e cidades !!!! Excelente reportagem, Cristina ! Parabéns !

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Dissenha

    ± 23 dias

    Como é bom ver que alguns profissionais de comunicação permanecem do lado do bom senso e do Brasil. Continue assim Sr. Cristina.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Alessandre Santana Modesto

    ± 23 dias

    Sou médico, de Belém, da Unimed e também da rede pública. Confirmo todas essas informações e acrescento que estamos experimentando, até o momento, gradativas e bem sucedidas reaberturas de serviços, comércio e até de praias de outras cidades do estado.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • C

      CRISTINA GRAEML

      ± 23 dias

      Oi, Alessandre. Que notícia ótima. Muito obrigada por trazer mais informações para nós aqui na área de comentários. Parabéns pelo trabalho e pela coragem de ignorar a polêmica e priorizar a vida dos pacientes. Desejo sucesso na continuidade do trabalho aí! Abs.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • W

    Walter

    ± 23 dias

    Desde o início dessa malfadada pandemia, a situação de guerra já era conhecida. Partidarizaram o problema. Quando a poeira baixar, começará a caça às bruxas. É esperar pra ver. Triste.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luis Cesar Baréa

    ± 23 dias

    O que as nossas autoridades estão esperando para tomar medidas para o tratamento precoce ou até profilatico como muitas pessoas estão fazendo no setor de saúde, se não querem a cloroquina por que o Bolsonoro indicou, tomem a Ivermectina, só procurem uma orientação médica na dosagem. Não podemos ficar esperando em casa o quadro se agravar para depois tratar, daí já era. Na Itália já está havendo ações judiciais contra as autoridades por omissão de socorro.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JAPA

    ± 23 dias

    fico com a pulga atrás da orelha, vc Cristina com uma brilhante live ontem , onde desmitifica o atendimento profilático e precoce da covid 19 , dando sequencia com esta matéria de Belém que reverteu em poucas semanas o caos que se instalava dando mais embasamento ao tratamento precoce , tive que procurar vc pq a gazeta do povo parece que quis esconder seu artigo , tinha que mais era colocar em destaque e exigir providencias do governo,uma maneira simples com resultados espetaculares, como disse ontem a ciência que espere o importante agora é salvar vidas !!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • C

      CRISTINA GRAEML

      ± 23 dias

      Oi, Japa. As notícias na página principal do jornal são distribuídas conforme vão acontecendo e há dias em que os assuntos factuais são em maior número e ocupam mesmo quase todo o espaço. Esta área onde publico meus vídeos e textos (Vozes) é a dos colunistas, que escrevem artigos de opinião. Ontem o debate médico que vc assistiu esteve na página principal por muitas horas antes de passar para a área de Vozes, mas nem sempre é assim. Hoje por exemplo, além das notícias de política e economia houve uma grande operação policial roubando a cena, então é natural que o artigo não tenha tido o mesmo destaque de ontem, apenas isso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Austríaco-PR

    ± 23 dias

    Tudo isto que está acontecendo é muito lamentável. O protocolo da prevent senior já estava disponível e demonstrando sucesso desde janeiro. Quanto terão que morrer para que os secretários de saúde adotem este protocolo e parem de deixar as pessoas morrerem sem tratamento.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.