i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Cristina Graeml

Foto de perfil de Cristina Graeml
Ver perfil

"A meta de uma discussão ou debate não deveria ser a vitória, mas o progresso". Joseph Joubert.

Venezuela

Entrevista: embaixadora de Guaidó no Brasil fala da eleição ilegal domingo na Venezuela

Venezuela é sempre uma incógnita para quem não tem contato direto com pessoas que moram lá e estão vivendo há anos sob a ditadura de Nicolás Maduro. Com a forte censura à imprensa as notícias publicadas pelos veículos de comunicação venezuelanos ainda em funcionamento não são confiáveis.

Para a população, empobrecida e faminta, é difícil passar informações até mesmo através de redes sociais, não só porque a internet é muito ruim (e um luxo em tempos atuais), mas também porque há falhas constantes no fornecimento de energia elétrica, dificultando as conexões.

Nesta entrevista a embaixadora da Venezuela no Brasil, Maria Teresa Belandria, representante do governo Juan Guaidó, explica como está a situação política no país, quase dois anos depois que ele se declarou presidente interino e recebeu apoio de mais de 60 países.

Eleição ilegal na Venezuela

Maria Teresa revela as manobras de Maduro para realizar eleições ilegítimas no próximo domingo (06), na tentativa de substituir os membros da Assembleia Nacional. A eleição não contará com os 27 partidos de oposição, muito menos com os maiores líderes políticos, todos presos arbitrariamente pela polícia bolivariana.

Em protesto a oposição marcou um fim de semana inteiro de manifestações e propôs aos eleitores uma consulta popular, através da precária internet, nos dias seguintes à eleição imposta pelo ditador.

A comunidade internacional que apoia o governo interino de Juan Guaidó está impedida de acompanhar as eleições. Nem mesmo organismos internacionais como a Organização dos Estados Americanos (OEA) e a Organização das Nações Unidas (ONU) estarão na Venezuela para poder verificar em que condições a população está sendo chamada a votar.

A embaixadora denuncia ameaças, perseguições e até monitoramento de conversas privadas no aplicativo WhatsApp para intimidar os eleitores que se recusarem a votar.

Maria Teresa Belandria também comenta a assustadora situação sanitária do país em plena pandemia de Covid-19. Os hospitais não têm sequer abastecimento regular de água, que dirá equipamentos de proteção para médicos e enfermeiros; medicamentos, respiradores e leitos de UTI para os pacientes.

Para assistir à entrevista completa basta clicar no play do vídeo no topo da página.

6 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 6 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • A

    Arthur Ant

    ± 1 minutos

    Minha cara jornalista Cristina, sou um leitor e ouvinte assíduo de suas produções, mas nessa ficarei só no título. O assunto é tão bizarro que não poderia ser levado a sério pela GAZETA DO POVO. Imagine o Lula se auto-proclamar presidente do Brasil. Nem preciso dizer que um monte de países o reconheceriam, mas o absurdo é o mesmo. Desta vez escolheu muito mal a entrevistada; nem sei como se chama a representante de alguém que não é nada. Peço desculpas pelo desabafo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • M

      Mendonça

      07/12/2020 0:58:15

      Será que esse Guaidó não se manca e ver que o povo venezuelano não tá nem aí pra ele.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • M

        Mário Kume

        05/12/2020 17:28:59

        Venezuela, Bolívia, Cuba, Argentina e tantos outros são casos perdidos. É comunismo puro e com difícil solução mesmo à bala !!!!!

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • F

          Freitas

          01/12/2020 21:14:19

          POR FALAR EM ELEIÇÕES >>> "O secretário de Justiça do governo Donald Trump, William Barr, disse em entrevista à Associated Press nesta terça (1º) que seu departamento não detectou evidências significativas de fraude eleitoral, capazes de mudar o resultado do pleito presidencial de 2020 nos EUA. O secretário de Justiça é considerado um dos mais fiéis aliados de Trump dentro do governo americano."

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • G

            GUSTAVO

            01/12/2020 18:37:58

            Dando voz para um golpista? Meu Deus, a que ponto chegamos! Só para manter a narrativa, da voz para alguém que conspirou para tomar o poder. Veja, o Chavismo destruiu a Venezuela, perseguiu e matou opositores. Mas isso não legitima o Guaido. É um escroque, que mais ajudou a desestabilizar a frágil democracia venezuelana. (https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2020/06/trumpminimiza-apoio-a-guaido-e-considera-se-encontrar-com-maduro.shtml). Gazeta, Gazeta, depois que os anunciantes vão embora, vcs ficam chorando. Este tipo de reportagem fazem os anunciantes sérios saírem correndo.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • W

              Wilson Alixandrino

              01/12/2020 10:58:58

              Cristina Graeml está de parabéns, sempre trazendo matérias e informações diretas e muito bem estruturadas. Acompanho seu trabalho a pouco tempo, desde quando fez a matéria sobre a estabilização da curva do Covid, indo em sentido contrário ao que outros veículos e profissionais vinham divulgando. Se mostrou uma luz de esperança no meio do caos que estava instalado!!!

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              Fim dos comentários.