Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Lula na Europa não foi recebido como estadista, conforme divulgou a militância aqui no Brasil. Circulou, sim, numa bolha bastante fechada de líderes de esquerda, alguns deles com certo destaque, outros bastante questionáveis em suas ideias e ações.

NOVIDADE: faça parte do canal de Vida e Cidadania no Telegram

Para entender melhor quem são esses supostos expoentes da esquerda europeia que se sujeitam a receber um ex-presidente condenado por corrupção e lavagem de dinheiro em três instâncias judiciais, dando respaldo a sua intenção de voltar ao poder, convidei um brasileiro que conhece a fundo a história e a política da Europa.

Pacelli Luckwü, apesar do nome estrangeiro, é natrula de Recife (PE), mas passou os últimos dez anos na Alemanha, onde cursou economia, estudou sobre a história alemã e acompanhou o avanço da ideologia de esqurerda sobre o continente além do surgimento do movimento conservador.

O economista também comenta sobre as assustadoras semelhanças entre as medidas sanitárias ditatoriais da Alemanha atual e o que aconteceu durante o nazismo. Acompanhe essa conversa com riqueza de informações clicando no play da imagem no topo da tela.

Depois deixe registrada sua impressão ao acessar esse conteúdo e, se possível, participe do debate, escrevendo um comentário sobre o que achou do tour de Lula na Europa e das informações trazidas pelo economista Pacelli Luckwü.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]