i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Cristina Graeml

Foto de perfil de Cristina Graeml
Ver perfil

"A meta de uma discussão ou debate não deveria ser a vitória, mas o progresso". Joseph Joubert.

Filme "Lindinhas"

Netflix pode ser responsabilizada criminalmente por incitação à pedofilia

  • 23/09/2020 17:31

A Netflix pode ser responsabilizada criminalmente por incitação à pedofilia. Depois de algumas semanas de polêmica em torno do filme que expõe meninas de 11 anos em roupas, poses e danças para lá de erotizadas, sem falar em cenas mais explícitas de conotação sexual, começam a surgir pedidos de investigação sobre o filme e a plataforma de exibição.

A suposta intenção, alegada pela diretora de Lindinhas, de alertar adultos para os perigos da erotização precoce de crianças usando o subterfúgio da superexposição de atrizes mirins não convenceu autoridades que trabalham na proteção da infância e da juventude. E a Netflix, como empresa distribuidora do conteúdo, pode ter que responder por desrespeito aos direitos das crianças e adolescentes.

Já falei desse filme semanas antes da estreia no Brasil, quando a polêmica ainda era nos EUA e em torno do material de divulgação, que também expôs as meninas de forma vulgar e, sim, dando margem para estímulo e naturalização da pedofilia.

Esperava não ter que voltar ao tema, porque concordo que quanto mais se fala do assunto, maior parece ser a propaganda do filme, embora neste caso a propaganda seja negativa e venha sempre como sinal de alerta.

Mas a Netflix está deixando de ser apenas criticada e agora corre o risco de ser criminalizada aqui no Brasil e também nos EUA por insistir na exibição desse filme. E como não parece preocupada com os efeitos nefastos de manter Lindinhas no catálogo, é preciso noticiar, comentar, analisar e não deixar um assunto sério como esse ser esquecido.

Pedido de investigação da Netflix por incitação à pedofilia

Esta semana uma secretaria do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) entrou na briga para tirar o filme Lindinhas do catálogo da Netflix. O secretário Nacional de Direitos da Criança e do Adolescente, Maurício Cunha, não só pediu a suspensão do filme, mas também uma investigação sobre possível desrespeito ao Estatuto da Criança e do Adolescente, o que seria crime.

O pedido foi direcionado à coordenação da Comissão Permanente da Infância e Juventude, formada por promotores de Justiça de todos os estados e do DF, além de membros do Ministério Público Federal, Ministério Público do Trabalho e Conselho Nacional do Ministério Público.

Todos os integrantes atuam diretamente na área da infância e juventude, o que significa que servidores públicos contratados para proteger crianças e adolescentes de abusos de qualquer tipo foram instigados a se pronunciar sobre o filme e a investigar a plataforma de exibição.

Não duvido que apareça gente dizendo que, se o filme é francês e as atrizes mirins são de lá, isso deveria ser um problema para o Ministério Público da França. Torço para que seja, inclusive porque essas atrizes têm pais ou responsáveis que permitiram as filmagens. É preciso saber em que condições as meninas estão vivendo e por que foram autorizadas a tamanha exposição, em situações constrangedoras que as tornam vulneráveis a danos físicos e psicológicos.

A questão que interessa à Secretaria Nacional de Direitos da Criança e do Adolescente, porém, é outra. Como aqui no Brasil o filme foi classificado para maiores de 16 anos pela própria Netflix (por causa das cenas em que as meninas aparecem com roupas justinhas, fazendo caras e bocas, poses e movimentos sensuais entre outras cenas ainda mais pesadas), isso pode ser classificado como incitação à pedofilia.

É aí que as crianças brasileiras ficam vulneráveis. O que está sendo questionado, portanto, é o quanto a Netflix pode vir a ser responsável por eventual aumento de violência sexual contra menores de idade, uma vez que um filme exibido em sua plataforma de streaming atrai olhares de jovens e adultos para corpos infantis e pode estar despertando o desejo sexual deles por crianças.

No ofício que mandou para os promotores de Justiça alertando para uma possível incitação à pedofilia por parte da Netflix o secretário Nacional de Direitos da Criança e do Adolescente diz que “vê com extrema preocupação a perpetuação do conteúdo que, longe de ser entretenimento ou liberdade de expressão, na verdade, afronta a lei nacional de proteção à infância e adolescência.”

"O filme apresenta pornografia infantil e múltiplas cenas com foco nas partes íntimas das meninas enquanto reproduzem movimentos eróticos durante a dança, se contorcem e simulam práticas sexuais."

Maurício Cunha, Secretário Nacional de Direitos da Criança e do Adolescente

Além da suspensão do filme no Brasil, o secretário pede a apuração da responsabilidade pela oferta e distribuição do que ele chama de “conteúdo pornográfico envolvendo crianças” e cita que está descrito como crime no Estatuto da Criança e do Adolescente: o ato de “vender ou expor à venda, vídeo ou outro registro que contenha cena pornográfica envolvendo criança e adolescente”. A pena para quem faz isso é de 4 a 8 anos de prisão e multa.

Se você é daqueles que acham exagero classificar como pornográficas cenas de meninas com roupas justas, se agachando de pernas abertas, fazendo gestos e expressões sensuais e movimentos que simulam o ato sexual, veja a definição do ECA.

“Pornografia infantil é qualquer situação que envolva criança ou adolescente em atividades sexuais explícitas, reais ou simuladas, ou exibição dos órgãos genitais de uma criança ou adolescente para fins primordialmente sexuais”.

Art 241 - Estatuto da Criança e do Adolescente

Isso também está descrito em tratados internacionais que o Brasil assina, como o Protocolo Facultativo da Convenção dos Direitos da Criança - texto aprovado em 2003 pelo Congresso Nacional referente à venda de crianças, à prostituição infantil e à pornografia infantil, adotado em Nova York três anos antes.

No documento que mandou para a Comissão do Ministério Público o secretário Nacional de Direitos da Criança e do Adolescente escreveu: “Em momento no qual as representações nacionais e internacionais de proteção à infância e adolescência se unem para o enfrentamento à pedofilia e à sexualização precoce de crianças e adolescentes, não há como deixar de repudiar o longa-metragem. Isso porque, além de conduta criminosa (à luz do ordenamento jurídico brasileiro), há evidente retroalimentação da lascívia de pessoas que se sentem atraídas sexualmente por crianças e adolescentes, além do claro abastecimento da indústria de pornografia infantil.”

A ministra Damares Alves tem dito insistentemente que o governo não vai desistir da luta para “botar freio” em conteúdos que coloquem as crianças em risco ou que exponham crianças à erotização precoce. E que sempre que for necessário tomará as medidas judiciais cabíveis, por estar à frente da pasta responsável por lutar para garantir direitos humanos para todas as crianças do Brasil.

Se a Comissão do MP achar que a Netflix está mesmo estimulando adultos a se interessarem sexualmente por crianças, e assim deixando as crianças brasileiras ainda mais vulneráveis à pedofilia e a outros tipos de abuso e violência sexual, pode denunciar a plataforma à Justiça e os responsáveis, eventualmente, serem punidos com multa e até prisão, conforme está previsto no ECA.

Investigação nos EUA

Não é só no Brasil que a Netflix está ameaçada de responder criminalmente por disseminar pornografia infantil, tornando as crianças mais vulneráveis. Nos Estados Unidos um deputado do Texas (Matt Schaefer) anunciou que pediu ao procurador-geral do Estado para investigar se houve violações às leis americanas de exploração e pornografia infantil por causa da exposição exagerada de partes íntimas do corpo das atrizes mirins.

O Código Penal norte-americano tem trechos específicos definindo o que é pornografia infantil e exploração sexual de menores. A editoria Ideias da Gazeta do Povo publicou recentemente um artigo sobre isso. Para analisar quais limites podem ter sido ultrapassados pelo filme, Fabio Marcelo Calsavara lembra uma decisão da suprema corte americana de 1986.

Ao condenar dois homens que fotografaram um menina de 10 anos e outra de 14, nuas, a suprema corte estabeleceu alguns critérios para definir se uma foto ou filmagem pode ser considerada pornografia infantil.

Entrariam nessa categoria as representações visuais que são propositalmente criadas para ativar uma resposta sexual no espectador; aquelas que sugerem uma certa timidez sexual ou mesmo a vontade de praticar um ato sexual; aquelas onde as crianças estiverem parcialmente vestidas ou nuas; e as que mostram as crianças em posturas não condizentes com a idade, ou em trajes impróprios.

Nessa sentença os juízes americanos indicaram que também podem ser consideradas pornográficas fotos ou filmagens feitas em poses ou lugares associados à atividade sexual; além das imagens em que o foco está na região genital da criança.

Argumentos contra o filme

Para quem ainda acha que todo esse barulho é exagerado, que não há qualquer possibilidade de a Netflix estar promovendo incitação à pedofilia ao exibir esse filme, trago um argumento que achei excelente, tirado de um artigo publicado pela revista americana National Review e reproduzido pela Gazeta do Povo (também na editoria Ideias). Recomendo a leitura, inclusive.

A autora, Madeleine Kearns, faz uma analogia muito apropriada para derrubar a falácia de que o filme pretende abrir os olhos de adultos que ainda não perceberam o perigo de banalizar a erotização precoce de crianças e adolescentes.

“Imagine se um filme, que se dispusesse a fazer uma crítica social sobre crueldade com animais, mostrasse imagens reais de espancamento de cães e gatos, ou mostrasse esses animais sendo queimados vivos.”

Madeleine Kearns, em artigo da National Review

E diz ela que os cineastas, como não poderiam usar aquele aviso padrão de que "nenhum animal foi ferido durante as gravações do filme" sairiam dando a desculpa de que o objetivo era mostrar como isso é errado.

A autora lembra que, no caso de "Lindinhas", tinha uma maneira fácil de contornar o "desafio artístico" de alertar para os riscos da erotização precoce: escolher atrizes jovens, mas adultas com aparência infantil, para protagonizar as cenas, que são todas pesadas demais para crianças de 11 anos como é o caso. Seriam também, aliás, até para meninas mais velhas, de 13, 15 ou 17 anos, que dirá para meninas de 11.

Em outro argumento excelente, que você pode usar quando ouvir alguém reclamando das críticas sendo feitas por quem sequer assistiu ao filme, a autora diz: “Minha reclamação com quem faz essa defesa é que essas pessoas assistiram ao filme e mesmo assim fingem que não há ali nenhum grande problema ético.”

Assino embaixo. Assistir e fingir que não há problema num filme para adultos em que crianças se insinuam sexualmente é pior do que não assistir e criticar o que está lá. Que venham as investigações criminais.

37 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 37 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • L

    LuizMG

    ± 3 dias

    Li uma reportagem da Médica Legista Dra. Mariana da Silva Ferreira. Ela conta que já atendeu vítimas de abusos sexuais de crianças de 7 dias a senhoras de 80 anos. Acrescenta que a maioria dos abusos acontecem dentro da própria família e por amigos/conhecidos próximos. Em média, a cada 15 minutos, um abuso. Acredito que o número é maior. Muitos não são comunicados. Ela comenta que a possível solução passaria por campanhas de conscientização e reforço da estrutura familiar. Esta semana o ministro da educação comentou alguma coisa a respeito de famílias desestruturadas. Uma reportagem da “Globo” condenou a fala e apresentou depoimentos de “entidades “ classificando de homofóbica a manifestação

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • L

      LuizMG

      ± 3 dias

      LuizMG: Outra medida, Cristina. Talvez você pudesse fazer isso, por favor,seria uma pesquisa para identificar a origem desse movimento/pensamento/atitudes para erotizar crianças, ideologia de gênero etc. quem está por trás disso. Qual a intenção/objetivo. Como são essas pessoas. Como vivem. Como foi a infância, família etc.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • L

      LuizMG

      ± 3 dias

      Nesse cenário, hoje, milhares , talvez milhões, de adultos estejam psicologicamente desestruturados e sofrendo por terem sido abusados, quando crianças, por pais, padastros, tios, amigos da família ou desconhecidos. Campanhas tem que focar no tratamento do desses traumas, reestruturação de famílias e educação sexual infantil(esta no sentido de aprenderem a identificar abusos e se defenderem)

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Dissenha

    ± 4 dias

    Muito bom.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Mirtão

    ± 4 dias

    Pode e deve.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    mup

    ± 4 dias

    Parabéns, Cristina! Sua insistência para que o tal filme seja analisado e, se for o caso, vier a ser proibido, faz parte de um movimento que busca demonstrar que sob a falsa capa de manifestação artística, há sim estímulo à pornografia infantil. Precisamos no Brasil acabar com essa hipocrisia e vir a público para mostrar que tentativas com essa não podem passar em branco. Temos o direito e o dever ter vigiar tudo quanto atente contra crianças seja qual for o argumento e a falsa defesa de uma suposta liberdade de expressão. E que a Ministra Damares continue também a colocar sua energia e seus recursos na luta contra essa indústria tão do agrado de nossos intelectuais do Leblon!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Dinho Bryan

    ± 4 dias

    Um bom laboratório para os negacionistas da incitação a pedofilia presente no filme, seria reunir a família, avó, avó, pai, mãe, irmãos e amigos maiores de 18 anos e juntos assistirem ao filme. Daí tirar as conclusões. P.S. não assisti, nem assistirei a esse filme nojento. O trailer já foi suficiente.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Pzig

    ± 4 dias

    Temos que nos articular contra esses deformadores de caráter.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • K

    K.

    ± 4 dias

    A Netflix vai responder criminalmente? Como uma empresa responde criminalmente? Será condenada e presa? Por favor...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • M

      Mirtão

      ± 4 dias

      Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • C

      CRISTINA GRAEML

      ± 4 dias

      Oi, K. Empresas pagam multas; seus representantes legais podem ser presos. A Vale do Rio Doce está respondendo criminalmente pela tragédia de Brumadinho. Odebrecht, OAS, Camargo Correia e tantas outras empreiteiras respondem idem em relação aos crimes apurados pela Lava Jato. Tanto respondem que fazem acordos, pagam multas e aceitam mudar as regras de conduta para continuar no mercado.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    DENISSON HONORIO DA SILVA

    ± 4 dias

    Cristina, assisti ao filme e realmente ele choca. Se a diretora quisesse fazer uma critica a erotização sexual precoce, choque de culturas islamicas e cristãs, contra a bigamia da religião islamica, tudo bem. Mas focou apenas na iniciação precoce das crianças, utilizando seus corpos. Aqui no Brasil, anos atrás sofríamos também com essa abordagem pedofila mas creio que evoluimos. Por isso, os valores conservadores tão criticados pelos esquerdopatas, não são perniciosos como querem crer. Vamos discutir isso sim. Não deixaremos que a pedofilia seja relativizada como aoenas uma doença sem cura. Exigiremos que seja um crime e que qualquer que queira fomenta-la responda legalmente.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Roberto Garcia

    ± 4 dias

    Esse é um truque velho e manjado de mostrar uma cena dizendo que a finalidade é nao fazer aquilo que estão fazendo só para contornar uma proibição. Usaram aqui no Brasil em filmes pornograficos dizendo que eram educativos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Pedro Silva

    ± 4 dias

    Concordo 100%. Netflix está perdendo clientes e espero que seja no mundo todo. Essa vergonha não pode ser disseminada sem reação dos assinantes.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    AN Kirchner

    ± 4 dias

    Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    NH4NO3

    ± 4 dias

    Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    4 Respostas
    • M

      Maquiavel

      ± 4 dias

      Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • I

      IvoHM

      ± 4 dias

      Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • L

      LuizMG

      ± 4 dias

      Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • M

      Maquiavel

      ± 4 dias

      Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Felipe Avelino

    ± 5 dias

    Vamos criminalizar também o Faustao e o falecido Gugu quando erotizavam crianças dançando na boquinha da garrafa. Disso não se falou e não se fala.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    GUSTAVO

    ± 5 dias

    Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    3 Respostas
    • G

      GUSTAVO

      ± 4 dias

      Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • I

      IvoHM

      ± 4 dias

      Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • M

      Maquiavel

      ± 4 dias

      Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • I

    INES LACERDA ARAUJO

    ± 5 dias

    Não concordo, basicamente o filme é ruim, não aguentei ir até o final. Tenho dificuldade em entender todo esse auê...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • R

      Roberto Garcia

      ± 4 dias

      Parece que tem 2 tipos de gente, os que tem tem crianças e querem preservar seus filhos e quem nao vê a podofilia do filme. Ou vê.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • C

      CRISTINA GRAEML

      ± 5 dias

      Inês, é fácil explicar o "auê". Simplesmente não há como aceitar como normal que meninas protagonizem cenas de danças sensuais e poses provocativas (quando não, vulgares) e tenham suas partes íntimas filmadas em close enquanto se movimentam a título de "alertar" homens adultos que é errado eles olharem para as partes íntimas de meninas, porque isso pode despertar neles desejo sexual por crianças. Vc pode não ter assistido o filme até o fim, mas sugiro que assista ao meu vídeo ou leia o artigo (até o fim) para entender a preocupação dos que pedem que a Netflix seja investigada à luz da legislação e da jurisprudência vigentes (aqui e nos EUA).

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo Henrique

    ± 5 dias

    Há notícia de que nos EUA principalmente a Netflix perdeu um significativo número de assinantes por conta deste filme. Seria ótimo se isso se repetisse no Brasil, até porque de outra forma este abuso, que não foi o primeiro, certamente não será o último.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Salo

    ± 5 dias

    Devem ser criminalizados os diretores da Netflix, pessoalmente, do Brasil e da matriz, com todo o rigor de ECA. Alem disso, multas pesadas e a determinação para retirada imediata. Acho que está demorando demais.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo Henrique

    ± 5 dias

    Excelente matéria! CRISTINA GRAEML, eu não vi essa outra matéria da da National Review, mas comentei em algum lugar (talvez aqui na GP) que produzir material erótico com meninas de 11 anos a título de "denúncia" fazia tanto sentido quanto fazer um filme de sexo explícito para denunciar a indústria da pornografia.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    3 Respostas
    • P

      Paulo Henrique

      ± 5 dias

      CRISTINA GRAEML: Em tempo: vi agora que já li essa matéria e até dei meu pitaco nos comentários "por lá". Eu não lembrava ou não reparei que era originalmente do National Review.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • P

      Paulo Henrique

      ± 5 dias

      CRISTINA GRAEML: Vou ler. Obrigado.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • C

      CRISTINA GRAEML

      ± 5 dias

      Exato, Paulo. Essa é a linha de raciocínio da autora do artigo. Se quiser ler copie e cole esse endereço no navegador ;) https://www.gazetadopovo.com.br/ideias/o-problema-de-lindinhas/?ref=link-interno-materia

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcos

    ± 5 dias

    Excelente, Cristina. É muito oportuna a sua postura e exposição. Há muito tempo a 7ª Arte vem sendo vilipendiada por interesses, no mínimo questionaveis, que trazem ao público toda sorte de distensões aos limites do saudável, para não se dizer da vida. E não é só neste tema como também, há algum tempo, foi também veiculada uma série que falava do suicídio de uma adolescente, de modo bastante preocupante em termos de saúde. Do ponto de vista ético uma expressão pode resumir esta situação que está tomando de assalto a cultura e a expressão da arte (bem como as N idelogias por aí): RELATIVISMO MORAL. E aqui cabe a pergunta? - Quem vai proteger as nossas crianças? Meus parabéns novamente.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Leonardo Santana

    ± 5 dias

    Excelente exposição! A NETFLIX tem que ser responsabilizada por este documentário, sim. Ao mesmo tempo, ele serviu para tirar ainda mais a máscara da falta de caráter dos progressistas brasileiros.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcio cruz Nunes

    ± 5 dias

    Excelente artigo. Vale analizar a série Cobra Kai, da Netflix, em evolução ao filme Karatê Kid. Faixa etária para 12 anos, com conteúdo forçado, palavras muito pesadas, situações inseridas no contexto para erotização e sugestionamento de atos libidinosos entre os adolescentes.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]