i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Francisco Razzo

Foto de perfil de Francisco Razzo
Ver perfil

Republicanismo necessário

  • Francisco RazzoPor Francisco Razzo
  • 13/01/2021 15:13
Depois da imposição dos lockdowns, agora há cientistas pedindo a censura a quem faz questionamentos sobre as vacinas.
Depois da imposição dos lockdowns, agora há cientistas pedindo a censura a quem faz questionamentos sobre as vacinas.| Foto: Pixabay

O autoritarismo nunca será necessário enquanto instituições republicanas forem cultivadas. Mesmo as decisões mais difíceis no combate à pandemia precisam ser decisões republicanas e não autoritárias. Para isso, valores republicanos são necessários; leis justas são necessárias; liberdade é necessária. Quem defende a necessidade do autoritarismo para fazer valer uma agenda de políticas públicas em nome do bem maior coletivo não sabe o que escreve. Autoritários devem ser ridicularizados.

Você pode usar “autoritarismo necessário” para adestrar animais não humanos. Biólogos são bons em compreender a vida das plantas, dos insetos e dos animais irracionais. Agora, no que diz respeito à forma como as pessoas organizam a vida social, a abordagem biológica, usada para compreender a vida das plantas e dos insetos, não serve para dizer o que é justo. Trata-se de uma questão de humildade reconhecer os limites da compreensão científica. Burrice e autoritarismo bebem da mesma fonte.

Quando um cientista vai para o debate público dizer como as pessoas devem se comportar numa pandemia, ele fala como cientista ou como cidadão? Qual a natureza de sua autoridade – científica ou política? Como um cidadão comum, não cientista, deve receber a sugestão do cientista? Que tipo de consciência os cidadãos devem desenvolver para saber de suas responsabilidades nessa pandemia? Enfim, não se trata exclusivamente de uma orientação médica, mas humanitária. De senso de responsabilidade humana. Certas atitudes podem contaminar e matar outras pessoas. A exigência aqui é fundamentalmente ética.

Você pode usar “autoritarismo necessário” para adestrar animais não humanos. A abordagem biológica, usada para compreender a vida das plantas e dos insetos, não serve para dizer o que é justo

Um médico, ao fazer o diagnóstico e apresentar o tratamento de uma doença, não obriga o paciente a se comportar de determinada maneira. Ele, consciente dos seus limites civis, sugere que determinado comportamento será melhor para o paciente. O paciente, ciente de sua condição e dos riscos envolvidos, aceita ou não a sugestão do médico.

Se o paciente estiver em posse de suas capacidades cognitivas e deliberativas, é ele quem deve decidir pelo tratamento; não o médico. O médico oferece razões, persuade, convence, mas não decide, não manda o paciente calar a boca. A palavra final sobre o tratamento sempre será do paciente, que autocompreende o que é melhor para sua vida. É uma questão de valor moral, não de fato científico. Quem domina o fato científico diz: “isto é melhor por isso e por isso”; nunca deve dizer “cale a boca, seu estúpido, só eu e meus pares cientistas somos capazes de determinar o que é melhor pra você!”

A não ser que o paciente não esteja mais em condições cognitivas e deliberativas para julgar o que é melhor para si mesmo; aí pode existir certo espaço para decisões de terceiros. Mas quem julga qual o melhor tratamento, nesse caso, ainda não é o médico, mas a família do paciente. O médico ajuda, persuade, convence, ou seja, oferece boas razões. A sua linguagem técnica tem a vantagem de compreender a natureza da doença e da cura. Não a natureza da liberdade, do poder de decidir pelos outros.

Entre um médico e um curandeiro, quem oferece as melhores respostas para o diagnóstico e o tratamento de uma doença? Eu acredito que a medicina e a ciência são capazes de oferecer melhores razões. Eu jamais buscaria ouvir a opinião de um curandeiro para o diagnóstico e tratamento de qualquer doença. Também estou convencido de que uma sociedade que valoriza médicos e cientistas será melhor que uma sociedade que valoriza curandeiros. Se uma criança está doente, a família deve levá-la ao médico; nunca a curandeiros.

Porém, do ponto de vista estritamente político, lamento dizer, um curandeiro é tão cidadão quanto um médico. Não acho que um médico tem o poder de impedir que um curandeiro fale no espaço público. O conselho de medicina pode impedi-lo que fale na qualidade de médico, mas não na de curandeiro. O médico pode e até deve ridicularizá-lo, mas não silenciar e impedir o curandeiro de se manifestar politicamente. Calar vozes é coisa de tirano, que pode ser médico, curandeiro ou qualquer idiota.

Em repúblicas democráticas, quem julga o justo não é nem o médico, nem o curandeiro e nem o cientista, mas o cidadão. Cidadãos deliberam o que é melhor para a saúde do corpo social. No caso de uma pandemia, deveríamos ouvir o diagnóstico e a proposta dos cientistas e dos médicos, não de charlatões curandeiros.

Quando um cientista vai para o debate público dizer como as pessoas devem se comportar numa pandemia, ele fala como cientista ou como cidadão? Qual a natureza de sua autoridade – científica ou política?

Mas o médico e o cientista devem ser capazes do trabalho da persuasão racional, do amplo debate de ideias e da coragem do esclarecimento. Só assim se combate crenças falsas, só assim se combate charlatões.

Você não precisa calar a boca de ninguém, restringir a liberdade de expressão de ninguém ou fazer a “escolha consciente de barrar algumas ideias do debate público” para realizar o bem comum e instituir leis democraticamente. Você usa do debate para ridicularizar o mentiroso, desmoralizar o charlatão. Exceto em tiranias, não se usa o poder para persegui-los e calá-los.

O grande tema da mentalidade republicana consiste em combater toda e qualquer forma de arbitrariedade do poder. E não importa se a verdade emana de sacerdotes, cientistas, filósofos ou curandeiros. Na república democrática, por mais difícil que seja definir os termos, o poder emana das pessoas, independentemente do status social que elas ocupam. Pobre, rico, inteligente ou burro, médico, cientista, biólogo ou curandeiro, não importa, ninguém pode dizer a outra pessoa “cale a boca, burro, me obedeça!” sem fazer papel de ridículo.

Conteúdo editado por:Marcio Antonio Campos
15 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 15 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • T

    Taiguara

    ± 0 minutos

    Ótimo texto! É muito triste ver o nível de decadência de uma sociedade que promove pessoas como o Átila e Felipe Neto para guiá-la, como a nova casta sacerdotal.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • J

      José Luiz Belderrain

      14/01/2021 18:09:24

      Muito bom!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • R

        Regina M Violin

        14/01/2021 17:46:16

        Muito boa análise. Discordo, porém, quando você coloca cientistas e médicos( todos) numa mesma categoria de eficiência e credibilidade. Cientistas desenvolvem suas pesquisas através de um método, que envolve coleta de dados, muita observação, análises exaustivas, para finalmente, colher resultados que muitas vezes, têm que voltar para novas análises antes de virar teoria. Existem médicos que enxergam, analisam e pesquisam os seus pacientes recomendando um tratamento adequado a cada um, respeitando o ser humano que busca seus cuidados pois está doente e carente. Mas, muitos outros, são apenas leitores de bulas de remédio. Representantes das ricas empresas farmacêuticas.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • L

          Luiz

          14/01/2021 13:38:20

          E aí Átila Iamarino - e outros -serviu a carapuça?

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • D

            Daniel

            14/01/2021 13:25:39

            Excelente e justíssimo, Razzo. Esse é o tipo de contribuição que a filosofia pode dar para a sociedade. E que bom que o bom jornalismo te deu esse espaço. Fazia tempo que não lia uma coluna de jornal com tanto gosto.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • M

              Marilia soraya calheiros camara

              14/01/2021 11:39:10

              Francisco Razzo. Seu artigo "Republicanismo necessário" é excelente! Gosto muito do que escreve. Obrigada. E a Gazeta do Povo, como sempre, contribuindo de forma brilhante a favor da democracia. Muito obrigada! Sorayah Câmara.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • R

                Rafael Wendsley Guimarães

                14/01/2021 0:44:13

                Eu estava prestes a cancelar minha assinatura, mas esta matéria valeu a pena cada centavo da mensalidade. Obrigado

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • F

                  Fabiano

                  14/01/2021 0:29:57

                  O artigo é bom porém confunde ao dizer que o ideal republicano é anti autoritário. A república nasceu na Roma antiga e era autoritária. A república francesa pós revolução e já iluminista , mandou 40 mil para a guilhotina arbitrariamente. A China, com todo o seu autoritarismo é uma república. Nos días de hoje e em toda a história temos casos de repúblicas autoritárias , assim como temos casos de monarquias constitucionais democráticas.

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • F

                    Fabio Serra Barbosa da Silva

                    14/01/2021 0:20:49

                    Ótimo texto. Parabéns

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • L

                      LSB

                      13/01/2021 23:25:28

                      Excelente artigo!

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • R

                        Rômulo Viel

                        13/01/2021 23:08:10

                        Exatamente!!

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        • A

                          André

                          13/01/2021 22:31:43

                          Excelente!

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                          • D

                            DENISSON HONORIO DA SILVA

                            13/01/2021 20:25:52

                            Não sei se o artigo é consequência da manifestação de alguns cientistas, que se comportam como garotos mimados na mídia. Ontem, fiquei horrorizado com Atila Iamarino ao defender a vacina coronovac. Sabendo, que com resultado pífio da eficácia, ela somente será útil se 100 por cento da população for vacinada, o iluminado, travestido de sábio, disse que a vacina deve ser compulsória. A própria UOL tirou da página principal tal absurdo. Sempre cito um caso de um farmacêutico, este sim sábio, Teofilo Filho, que vacinou uma população de uma cidade no interior do Ceará, em plena revolta da vacina, no Rio de Janeiro. Usava presentes e lábia.Foi o primeiro escritor a descrever a indústria da seca

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                            • D

                              daise a. scopiato

                              13/01/2021 19:38:12

                              nÃO PODERIA SER MAIS CLARO!!!! Parabens! Descreveu direitinho o que é Democracia!!!!

                              Denunciar abuso

                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                              Qual é o problema nesse comentário?

                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                              Confira os Termos de Uso

                              • S

                                SILVIO MACIEL ROCHA

                                13/01/2021 19:23:18

                                Parabéns! Brilhante. Nossa sociedade precisa de um debate livre e honesto e não lacradorores arrogantes.

                                Denunciar abuso

                                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                Qual é o problema nesse comentário?

                                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                Confira os Termos de Uso

                                Fim dos comentários.