i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

João Frey

Foto de perfil de João Frey
Ver perfil
Bancada no Senado

Paraná pode ter os três senadores no mesmo partido

  • Por João Frey
  • 16/09/2019 10:58
Senadores Alvaro Dias e Lasier Martins, do Podemos, e Flávio Arns, da Rede.
Senadores Alvaro Dias e Lasier Martins, do Podemos, e Flávio Arns, da Rede.| Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Desde o começo do ano o senador Alvaro Dias, líder do Podemos no Senado Federal, tem trabalhado para aumentar a bancada do partido na Casa. Os esforços têm gerado resultado: a legenda que tinha cinco parlamentares no começo do ano, agora tem dez e é a segunda maior do Senado. O objetivo de Alvaro é superar o MDB, com 13 cadeiras. Para isso ele segue arregimentando novos nomes e entre eles está o de outro paranaense, Flávio Arns, atualmente na Rede.

LEIA MAIS: A coesão paranaense no Senado: 31 votações e todas com o mesmo posicionamento

Arns tem afinidade ideológica e bom trânsito com a bancada do Podemos. Outo ponto que reforça o convite feito por Alvaro é o fato de a Rede, partido de Arns, não ter atingido em 2018 o número de votos para superar a cláusula de barreira. Com isso a legenda não tem acesso a recursos públicos e precisa redefinir seus rumos – inclusive com a possibilidade de fusão com outras legendas.

Flavio Arns evita comentários assertivos sobre o convite, mas reconhece que a Rede está em um processo de mudança, que precisa definir rumos.

VEJA TAMBÉM: A insatisfação paranaense com a União no dia em que o RJ abocanhou dinheiro do pré-sal

Como Oriovisto Guimarães já está no Podemos, se Flávio Arns aceitar o convite de Alvaro Dias, o Paraná pode ter todos os senadores no mesmo partido.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 1 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • C

    CARLOS FELIX

    ± 1 dias

    Os surfistas ! O Botox dos pranchões, com muita parafina . O fala mansa da oligarquia assistencialista, e o socialista bilionário, do cartel da cadeia "produtiva" da educação. Das apostilas maceteiras ao Smartfones. Portanto, todos, sempre se serviram e serviram dos senhores concedentes. De Collor, passando por FHC, Lula e Dilma. Agora, então dizem "podemos" surfar juntos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]