i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

João Frey

Foto de perfil de João Frey
Ver perfil
Orçamento

Três obras no Paraná que terão dificuldades em avançar em 2020

  • Por João Frey
  • 12/09/2019 10:45
Orçamento enxuto não garante recursos para obras que eram previstas
Orçamento enxuto não garante recursos para obras que eram previstas| Foto: Henry Milleo/Gazeta do Povo

A baixa previsão de investimentos da União para 2020 contida no projeto de orçamento encaminhado para o Congresso Nacional deve afetar obras no Paraná. Algumas delas já estavam em andamento e terão dificuldades para avançar, e outras devem passar mais um tempo no papel, antes que, de fato, sejam iniciadas. Confira:

BR-487

Um empreendimento que está em execução, mas que não tem verba garantida no orçamento de 2020, é a pavimentação da BR-487, a Estrada Boiadeira, no trecho que liga Porto Camargo à Serra dos Dourados, na região Noroeste do Paraná. Depois de o contrato ter sido paralisado por mais de um ano entre 2017 e 2018, os projetos foram retomados no fim do ano passado e neste ano o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) executou obras de terraplanagem no trecho que tem, ao todo, 47 km.

LEIA MAIS: Cinco obras no Paraná que receberão dinheiro federal em 2020

BR-158

Já na BR-158, no trecho que ligaria Campo Mourão a Palmital, as obras devem passar mais um ano no papel. Em 2013, a então presidente Dilma Rousseff (PT) esteve na região e assinou a ordem de serviço para as obras. Naquele momento, a previsão era de entregar o trecho de 110 km em 2014. Cinco anos depois as obras não começaram e, como não há investimentos previstos para 2020, devem seguir do mesmo modo no ano que vem.

Contorno Sul Metropolitano Maringá

Por fim, um terceiro empreendimento sobre o qual havia expectativa de início em 2020, mas que não tem recursos previstos no orçamento federal, é o Contorno Sul Metropolitano Maringá. A obra até tinha recursos que permitiriam seu início em 2019, mas, com problemas na licitação, o orçamento foi remanejado e sua execução cancelada. Sem recursos para 2020, o contorno – que pelo projeto tem 32 km – seguirá no papel.

VEJA TAMBÉM: Para onde vai o pouco investimento da União no Paraná em 2020

A estratégia do governo

A falta de recursos para investimentos em rodovias deixa claro que a estratégia do governo é tocar essas obras com parcerias privadas. Isso coloca mais expectativas, no caso paranaense, sobre o plano de concessões que o governo federal está estudando para o estado no âmbito da renovação dos contratos de concessão do Anel de Integração. Pelo que foi divulgado até agora, União e estado já acertaram a expansão do Anel dos atuais 2,5 mil km para 4,1 mil km.

Acompanhe o blog no Twitter.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 2 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • F

    Frederico

    ± 0 minutos

    Nossa..faz muito tempo que a gazeta do povo...não mostra uma maquete...acho que aprenderam a lição.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Sr. Walker

    ± 24 horas

    Imagina então a obra da engorda da praia de Matinhos que o governador disse que irá fazer se o governo federal emprestar um pouco mais do que 200 milhões de Reais, possível segundo ele por ser bem relacionado com o poder federal Não falará mais essa bobagem se ler a matéria

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.