i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Lúcio Vaz

Foto de perfil de Lúcio Vaz
Ver perfil

O blog que fiscaliza o gasto público e vigia o poder em Brasília

Mordomia sem fim

Ministros de Bolsonaro dão “jeitinho” de viajar para casa em aviões da FAB

  • Lúcio VazPor Lúcio Vaz
  • 12/03/2020 18:32
Ministros do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, e da Cidadania, Osmar Terra, prestigiaram o 1º Festival de Balonismo de São Miguel das Missões (RS),,em abril de 2019.
Ministros do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, e da Cidadania, Osmar Terra, prestigiaram o 1º Festival de Balonismo de São Miguel das Missões (RS), em abril de 2019.| Foto: Divulgação/Prefeitura de São Miguel das Missões

Em pelo menos 30 vezes, ministros do núcleo político do governo Jair Bolsonaro deram um “jeitinho” de usar as aeronaves da FAB para se deslocar ao estado de origem em finais de semana ou para retornar ao trabalho na segunda-feira. Uma das estratégias dos ministros é fazer eventos oficiais na quinta ou na sexta em outros estados e seguir para casa no mesmo jatinho. Às vezes, eles marcam eventos de caráter político no seu estado, como inauguração de obras ou anúncio de liberação de verbas. Ou apenas ficam em casa sem cumprir agenda oficial. Outra estratégia dos ministros é partir do seu estado no domingo à noite ou na segunda-feira, em jatinho da FAB, para eventos oficiais em outros estados.

O deslocamento de ministros e comandantes das Forças Armadas para o “local de domicílio” em aeronaves da Aeronáutica foi suspenso pelo Decreto 8.432, de abril de 2015, no governo Dilma Rousseff. Os ministros dos governos Dilma e Lula abusaram dessas viagens, como mostrou reportagem publicada no blog no dia 16 de fevereiro.

Decreto do presidente Jair Bolsonaro, publicado dia 6 deste mês, revogou o decreto de Dilma, mas deixou implícito que ministros de Estado continuam sem poder viajar para casa de jatinho. Isso porque o decreto permite essa mordomia, expressamente, apenas para o vice-presidente da República e para os presidentes da Câmara, do Senado e do Supremo Tribunal Federal (STF), por questões de segurança. Os decretos anteriores deixavam brechas que permitiam as “fugidinhas” de ministros para casa e o decreto de Bolsonaro mantém essa possibilidade. As regras do decreto não se aplicam ao próprio presidente, que pode tudo.

De volta pra casa

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina (DEM-MS), deputada federal no segundo mandato, fez pelo menos três voos para Campo Grande a partir de outros estados, às sextas-feiras, onde havia concluído eventos oficiais. Em Campo Grande, ou ficou sem agenda oficial ou realizou eventos de caráter mais político partidário do que relativos à atividade de ministra.

Em 8 de fevereiro de 2019, uma sexta-feira, a ministra saiu de Cascavel (PR), onde participou da feira agropecuária Show Rural, e seguiu para Campo Grande. No sábado, inaugurou duas unidades básicas de saúde e assinou emenda no valor de R$ 1 milhão, para implantação do Sistema de Abastecimento de Água de Bandeirantes (MS), distante 68 km da capital. A agenda seria mais adequada se ela fosse ministra da Saúde.

No dia 22 de fevereiro de 2019, sexta-feira, a ministra esteve em Rio Branco (AC), na abertura da colheita de soja, e depois embarcou para Campo Grande, onde participou do encerramento de evento promovido pela Embrapa Gado de Corte.

Em maio de 2019, Maria Tereza esteve na abertura da Bahia Farm Progress Show, na cidade de Luís Eduardo Magalhães, no dia 31, uma sexta-feira. Decolou para Campo Grande às 19h. Na sua agenda, não há registros de eventos oficiais no final de semana, mas ela afirmou ao blog que, no sábado, dia 1º de junho, cumpriu agenda na Exposição Agropecuária e Industrial de Chapadão do Sul.

"Ministro dos céus"

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS), ex-deputado federal, fez sete voos em aeronaves da FAB a partir de Campo Grande, no domingo ou na segunda-feira, com destino a eventos em outros estados. Fez também três voos para a capital sul-mato-grossense às sextas-feiras após concluir eventos oficiais em outros estados. Nesses voos para casa, não teve agenda oficial em Campo Grande nos finais de semana.

Mandetta partiu de Campo Grande para Florianópolis (SC) no dia 25 de fevereiro de 2019, uma segunda-feira, às 6h30, em avião da FAB. Havia passado o final de semana sem cumprir agenda oficial. No dia 10 de março, domingo, partiu de Campo Grande para Macapá (AP), onde fez visitas técnicas aos hospitais Universitário e Metropolitano. Não teve agenda oficial no sábado.

Partiu de Campo Grande para Cuiabá, em 21 de abril, domingo à noite; para São Paulo, em 26 de maio; para Rondonópolis, em 22 de julho; para Ponta Porã (MS), em 16 de setembro; sempre com agendas oficiais nos outros estados e sem ter cumprido compromissos oficiais em Campo Grande nos finais de semana.

Também há “jeitinho” para retornar para casa com mais conforto no final da semana. Em 19 de setembro, numa sexta-feira, o ministro Mandetta decolou de Joinville (SC) para Campo Grande, às 15h30, sem ter agenda oficial no estado no final de semana. Na segunda-feira, participou do telejornal “Bom Dia MS” e do lançamento do Programa Saúde na Hora, na unidade de saúde Iracy Coelho. Em seguida, partiu para Rondonópolis (MT), onde visitou a Santa Casa e teve reunião na Prefeitura Municipal.

O ministro da Saúde deslocou-se em avião da FAB de Florianópolis para Campo Grande em 19 de agosto, sexta-feira. Não teve agenda oficial no estado no final de semana. Em 20 de dezembro, partiu de Salvador para Campo Grande às 15h30, novamente sem agenda no final de semana.

Partida e volta pra casa

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG), deputado federal licenciado, também utilizou aeronaves da FAB a partir do seu local de residência para cumprir agendas oficiais. Em oito oportunidades, ele saiu de Belo Horizonte no domingo ou na segunda, para participar de eventos em outros estados. Viajou direto para São Paulo, Rio de Janeiro (três vezes), João Pessoa (PB), Palmas (TO), Jericoacoara (CE) e até para Brasília.

No dia 12 de agosto, uma segunda-feira, após passar o domingo em Belo Horizonte sem agenda oficial, o ministro do Turismo participou, às 18h, da cerimônia de posse dos procuradores de Justiça do Estado de Minas Gerais – um evento que não tem relação com o turismo. Às 22h45, embarcou num jatinho da FAB para Brasília.

No dia 23 de agosto, sexta-feira, após encerrar compromisso oficial em Foz do Iguaçu (PR), partiu para Belo Horizonte, a serviço. Esteve em reunião com os representantes da BH Airport, empresa que administra do Aeroporto de Confins. O local foi o próprio aeroporto. Não foram divulgados os temas tratados.

Agenda de reuniões, cursos e entrevistas

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, fez 11 viagens de Brasília ou de outras cidades para São Paulo, às quintas ou sextas-feiras, utilizando aeronaves da FAB. Em sete dessas viagens, a aeronave tinha de 2 a 4 passageiros. Em três oportunidades, ele não tinha agenda oficial no estado no final de semana. No dia 16 de fevereiro de 2019, sábado, deslocou-se para São Paulo à tarde, após cumprir agenda no Rio de Janeiro. Não tinha compromissos oficiais na capital paulista no final de semana.

No dia 13 de abril, novamente sábado, partiu da Base Aérea de Canoas (RS) para São Paulo, depois de visita ao Parque Nacional da Lagoa do Peixe, na Lagoa dos Patos. Na sua agenda, não constam compromissos em São Paulo no sábado nem domingo. Em 29 de junho, na tarde de sábado, foi de Brasília para São Paulo, sem compromissos no estado no final de semana.

Nos compromissos nos finais de semana, que justificaram viagens em aeronave da FAB, alguns eventos não provocariam o deslocamento do ministro durante a semana – como a reunião com João Cesar Rando, diretor presidente do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias; o evento do 3º Curso Nacional de Direito Ambiental da Flora; o “acompanhamento da fiscalização sobre saneamento e lixo”; ou entrevistas para jornalistas e humoristas.

No dia 20 de maio, segunda-feira, às 16h, após cumprir agenda em São Paulo, Salles voou para Brasília em avião da FAB juntamente com o presidente do STF, Dias Toffoli. O ministro do Meio Ambiente reservou apenas dois lugares. A agenda oficial em São Paulo teve, às 8h, café da manhã, “debatendo temas brasileiros”; reunião com representantes do BTG; programa Pânico da Jovem Pan ao vivo; e almoço de trabalho com Paulo Peixoto. A legislação determina que voos com destinos idênticos e horários próximos devem ser compartilhados.

Viagens de ministros ao reduto eleitoral

O ex-ministro da Cidadania Osmar Terra (MDB-RS), que voltou para a Câmara dos Deputados, fez mais de 100 viagens pelo país. Mas deu uma atenção especial ao seu reduto eleitoral. Ele fez pelo menos 10 viagens pelo Rio Grande do Sul, nas sextas ou sábados, para participar de eventos de natureza política, a maior parte na região das Missões. Partia de Brasília para Porto Alegre ou seguia da capital para o interior, sempre em aviões da FAB. Ele foi prefeito de Santa Rosa (RS) de 1993 a 1996, no Norte do estado.

Em outras cinco oportunidades, o ministro partiu da Base Aérea de Canoas, próxima a Porto Alegre, na segunda ou na terça, com destino a Brasília. Nesses casos, não há registros de agendas oficiais em Porto Alegre ou no interior do estado no final de semana.

Festival de balonismo, show, entrega de caminhão

Ministros do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, e da Cidadania, Osmar Terra, prestigiaram o 1º Festival de Balonismo de São Miguel das Missões (RS),,em abril de 2019.
Osmar Terra e Marcelo Álvaro Antônio posaram para fotos com rainha e princesas do 1º Festival de Balonismo de São Miguel das Missões (RS), em abril de 2019.| Divulgação/Prefeitura de São Miguel das Missões

Osmar Terra esteve três vezes em São Miguel das Missões em 2019. Para assinar ordem de serviço de obras, em fevereiro; entregar certificações de missões jesuíticas, em novembro; e assistir ao show “Som e Luz - Ruínas de São Miguel” e à abertura do Festival Internacional de Balonismo, acompanhado do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, em abril. Uma festa para os ministros!

Em 4 de outubro, uma sexta-feira, aterrissou em Santa Maria e foi para Santiago, onde teve reunião com prefeitos, inaugurou centro de oncologia e entregou um caminhão para a Central de Recebimento da Agricultura Familiar.

Em Porto Alegre, fez palestra na Associação de Municípios do Rio Grande do Sul, em fevereiro; e manteve reunião com o presidente da Orquestra Sinfônica do município, em abril. Em julho, em Bento Gonçalves, foi “agraciado” com a Medalha Mérito Municipalista no Congresso de Municípios do Rio Grande. As programações ocorreram sempre nos finais de semana.

O então ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), hoje ministro da Cidadania, fez apenas 13 viagens em aviões da FAB em 2019, mas oito delas foram para o Rio Grande do Sul – quase a totalidade em finais de semana. Lá, realizou palestras e participou de cerimônias e atos – duas vezes ao lado do presidente da República, em Pelotas e Bento Gonçalves. Na maioria dos casos, palestrava sobre "O Brasil que estamos construindo juntos".

Ministros se justificam

O Ministério da Agricultura enviou nota ao blog para justificar o uso de jatinhos da FAB pela ministra. Afirmou que Tereza Cristina nunca usou aeronaves da FAB “para seguir diretamente de Brasília para Campo Grande nos fins de semana. Nas três vezes, durante o ano de 2019, em que usou o transporte oficial para Campo Grande, havia agenda oficial na cidade e ela estava fora de Brasília, em municípios onde cumpria compromissos do ministério, e precisaria seguir, em tempo hábil, para outra agenda oficial em Mato Grosso do Sul. Registre-se que ela se encontrava em locais onde sequer havia voos comerciais diretos para Campo Grande”.

Sobre a inauguração de obras do Ministério da Saúde em Bandeirantes (MS), em 9 de fevereiro, o Ministério da Agricultura afirmou que a ministra saiu de Cascavel, onde participou da tradicional feira Show Rural, na sexta-feira, e seguiu para Mato Grosso do Sul atendendo a convite do Ministério da Saúde para participar da inauguração de unidades de saúde no sábado.

“É importante destacar que um ministro de Estado recebe convites para participar de eventos técnicos e também de eventos que envolvem representação política. É da natureza do cargo atender a esses dois tipos de convites, observadas, é claro, as restrições legais”, seguiu a nota.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, afirmou ao blog que cumpriu agendas a trabalho em todas as vezes que utilizou voos da FAB, “respeitando sempre as regras estabelecidas nos decretos vigentes”.

Questionado sobre a presença do ministro na posse dos procuradores da Justiça de Minas e sobre a reunião com representantes da empresa que administra o aeroporto de Confins, o Ministério do Turismo respondeu que “todas as agendas do ministro tem como objetivo o cumprimento de compromissos relacionados ao cargo que ocupa, bem como a discussão de temas relevantes para o desenvolvimento e promoção do turismo no Brasil”.

Questionados pela reportagem, o deputado Osmar Terra e os ministros da Saúde, do Meio Ambiente e da Cidadania não responderam até a publicação desta reportagem.

16 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 16 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • R

    Ronald Santos

    ± 4 dias

    Artigo cheio de malandragens nas colocações, querendo imputar culpa onde ela não existe. Os caras tem que viajar, tem agenda cheia, o voo de carreira tem problemas com a segurança pessoal e atrasam. O sujeito está a trabalho e pode sim se for possível conciliar. Pior era na época do PT que até cachorro levavam no veterinário e em eventos!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    voz que clama no deserto

    ± 4 dias

    Notícia atrasada, o presidente baixou decreto e acho que nao há nada de mais em agendar um evento no fim da semana e aproveitar a carona pra casa. mas o esquerdopatinho vil desgraçado, medíocre, cheirando a naftalina de comunismo cubano, fica inventando. não prova nada, apenas supõe que alguns ministros em algumas ocasiões agendaram de propósito. E daí? o evento poderia ser na 2a. feira e os obrigaria a mandar um avião da FAB buscá-los no estado de origem e levá-los ao estado do evento. Vai ser burro, bom, todo comuna ********* rato de esgoto que são estes jornais é burro

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • L

      Lúcio Vaz

      ± 3 dias

      Voz, pelo menos você aprendeu a não argumentar com palavrões. Mas que ginástica pra defender o indefensável... O fanatismo cega as pessoas.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    AMAURI

    ± 4 dias

    HIPOCRISIA BARATA.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Emerson

    ± 4 dias

    Depois vem o ministro da economia chamar os servidores de parasitas e controlar as viagens das domésticas que apenas viajam da casa da patroa no busão lotado para a casinha da periferia. Deveria começar a controlar os passeios da turminha do boing.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    João Mauricio

    ± 4 dias

    Cadê o combatedor dos privilégios?? Pura fake news igual aquele que se denominava "caçador de marajás" , Sr. Collor de Mello! Tudo farinha do mesmo ****.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • P

      Paulo Santos

      ± 4 dias

      Fácil citar esse "tudo farinha do mesmo ****". Forçando posso comparar quaisquer pessoas como "farinha do mesmo ****". Cara, o ROMBO que nos foi presenteado pelo seu PT, não existiu em nenhum país do mundo. Fazendo um cálculo rápido, seu ídolo roubou o equivalente a mais de 20.000 apts do ministro petista Geddel, cada apt com mais de R$ 50.000.000,00. Se quiser lhe digo, passo a passo, como cheguei ao TRILHÃO. Alvaro Dias, Senador, citou para a TV Senado, e uma dúzia de emissoras, 70% desse trilhão. O PT está emudeceu sobre o assunto faz 5 anos. E vc e Suzy tb podem ser consideradas "farinha do mesmo ****", só porque essa Suzy tb pode estuprar sendo "mulher" ?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    AZARIAS NABARRO

    ± 4 dias

    Então, uma pena que esses aviões nunca caem com todo os DEPUTADOS E SENADORES e outras MERDAS juntos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    LIVIO MOZARTH MENDES MARCAL

    ± 4 dias

    Eu não viajo muito, mas é tão caro assim para esses caras?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • B

    bilu dandão

    ± 4 dias

    Vou te perguntar lucio, e eu sei a resposta. quem pagou as plasticas de madame bolsonaro?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • B

      bilu dandão

      ± 4 dias

      mas não pode fazer plastica com dinheiro público!!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • P

      Paulo Santos

      ± 4 dias

      Não sei, só sei que a Dona Marisa vendendo "Avon", deixou uma fortuna que daria para fazer plásticas até em muitas mães. Além de seu testamento com quase 10 milhões, deixou uma renda totalmente incompatível para uma senhora que seu trabalho era não ter trabalho. O rato lhe traia direto, com mais de uma amante, a bordo do avião presidencial. Seu Staf sabia e discretos, como devem ser, não comentavam. Hoje muita gente sabe, mas a 10 anos poucos sabiam. Qual a sua dúvida sobre a primeira dama ? Garanto que apesar de muito mais culta e inteligente que a do Rato, não herdará do Estado uma verdadeira fortuna.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Eduardo pf camara

    ± 4 dias

    A vingança do contribuinte de impostos é que só perderem o cargo só resta a essa gente s triste lembrança e o suicídio por depressão. Quem nunca comeu mel quendo come se lambuza. Bando de cafonas

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    Hermes Rocha

    ± 4 dias

    Me parece que essa matéria é sobre a prática, antes do decreto de agora. E ainda, os ministros têm que se deslocar a trabalho, têm uma agenda puxada e até deveriam ter o transporte, ao contrário de outros politiqueiros, que não agregam nada e só desperdiçam o dinheiro público, para ostentar um poder indevido e fazer campanha política.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • S

      Sartan

      ± 4 dias

      Como é só mudar o político do trono que já muda o discurso

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Edivaldo S

    ± 4 dias

    Esquerda ou direita no poder, sempre a mesma coisa... jeitinho.....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]