i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Lúcio Vaz

Foto de perfil de Lúcio Vaz
Ver perfil

O blog que fiscaliza o gasto público e vigia o poder em Brasília

Siqueira Campos

Suplente de senador ganha “homenagem”: 1 mês de trabalho e R$ 100 mil no bolso

  • Lúcio VazPor Lúcio Vaz
  • 05/09/2019 18:30
Siqueirão, como era conhecido em Brasília, é considerado o último dos coronéis da política brasileira.
Siqueirão, como é chamado em Brasília pelos colegas, é considerado o último dos coronéis da política brasileira.| Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senad

Após passar quatro semanas no Senado, numa homenagem por ter criado o estado de Tocantins, o suplente de senador Siqueira Campos (DEM-TO) recebeu a sua recompensa em dinheiro – um total de R$ 101 mil. Foram R$ 31,6 mil de salário e duas ajudas de custo de R$ 33,7 mil cada uma, mais R$ 2,7 mil de 13º salário proporcional.

Como ex-deputado, Campos também recebe R$ 19,8 mil – quase três vezes e meia o teto do INSS – como aposentado pelo plano de previdência do Congresso há 30 anos. O blog observou que ele recebeu integralmente a pensão nos meses de julho e agosto. Porém, de acordo com a regulamentação do Instituto de Previdência dos Congressistas (IPC), quando o ex-parlamentar assume qualquer mandato eletivo, o pagamento é suspenso. A Câmara confirmou essa norma e informou que, como Siqueira tomou posse no Senado há pouco tempo, a casa vai “confirmar o período e calcular os valores para fazer os ajustes devidos”.

A rápida passagem de Siqueira Campos pelo Senado é o exemplo mais recente da “farra dos suplentes”, que já custou R$ 3,9 milhões aos cofres públicos nos últimos 15 anos, favorecendo 63 senadores com breves mandatos e alta remuneração. Entre os suplentes estavam irmão, mulher e pai de senador. Eles também receberam dinheiro para restaurantes de luxo, passagens aéreas e locação de escritório, carros de luxo e até avião.

O suplente de senador Siqueira Campos retorna agora à vida de parlamentar aposentado, situação que vive desde janeiro de 1989, quando deixou a Câmara dos Deputados. Ele foi deputado federal por cinco legislaturas entre 1971 e 1977, passando por Arena, PDS e PDC, mas ganhou notoriedade na Constituinte de 1998 na luta pela criação do estado de Tocantins, desmembrado de Goiás. Chegou a fazer greve de fome pela causa.

Foi eleito governador por quatro mandatos. Construiu a cidade de Palmas, que guarda semelhanças com Brasília, pela presença de um suntuoso palácio cercado por uma “Esplanada” de secretarias estaduais. Os endereços centrais também são formados de números e siglas, como na capital federal. Foi criticado na época pelos excessivos gastos na construção da nova capital nos sertões do Cerrado, repetindo a epopeia de Brasília.

Mandato após internação

Ele assumiu o mandato pouco mais de um mês após de ter sido internado, por cinco dias, por causa de uma infecção no estômago. Entrou na vaga de Eduardo Gomes (MDB-TO), que já está de volta à titularidade. Siqueirão consumiu ainda R$ 25 com correios e R$ 599 com material de copa e de escritório. Sua equipe gastou R$ 195 com papel para reprografia e R$ 123 com café em pó. E metade do mandato ocorreu durante o recesso de julho.

A ajuda de custo supostamente deveria cobrir as despesas com transporte e mudança – por isso chamada de “auxílio-mudança” –, mas o breve senador não usou imóvel funcional nem recebeu auxílio-moradia. Na contabilidade do Senado, Siqueira Campos, 91 anos de idade e pouco mais de 1,50 metro de altura, recebeu R$ 17,4 mil de salário em julho e mais R$ 14,1 mil em agosto. Recebeu ainda as ajudas de custo “de início” e de “final de mandato”.

Mas houve quem tenha sido mais rápido. O suplente Gilberto Piselo (PDT-RO) assumiu a vaga de Acir Gurgacz (PDT-RO), em 8 de setembro de 2016, e ficou apenas seis dias no cargo. Recebeu R$ 11 mil de salário proporcional mais uma ajuda de custo. Ele ainda usou R$ 3,9 mil da cota para o exercício do mandato – o cotão – com passagens aéreas entre Brasília, Cuiabá, Cacoal (RO) e Ji-Paraná (RO).

Suplente de senador quer 50 estados no Brasil

A sessão de posse de Siqueira Campos, em 16 de julho, foi transformada em sessão especial pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que classificou o momento como “histórico”. “Não canso de repetir que este, sim, é o momento histórico de prestígio, de homenagem, de honraria ao homem público que orgulha o estado do Tocantins e todo o Brasil”, afirmou Alcolumbre.

Emocionado, Siqueira Campos citou verso do poeta Carlos Drummond de Andrade para dizer o que sentia: “tenho duas mãos e o sentimento do mundo”. Afirmou que é preciso ser solidário ao povo brasileiro, especialmente aos pobres, e defendeu a criação de mais 13 estados. Mas destacou que isso seria o mínimo porque o ideal seria que o Brasil tivesse 50 estados – hoje são 26 estados e mais o Distrito Federal. O suplente de senador não explicou quem pagaria a conta de instalação e manutenção dos novos governos, assembleias legislativas e tribunais estaduais de Justiça.

O ex-senador Eduardo Siqueira Campos, filho de Siqueirão, hoje deputado estadual, estava presente e fez discurso emocionado. “Você enfrenta o tempo, as dificuldades, é um reformista, um inconformado, um brasileiro que sempre me disse: meu filho, aqueles sem nome e sem rosto, é por eles que nós temos que trabalhar. E você fez isso, pai”, afirmou Eduardo.

Com informações da Agência Senado

17 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 17 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • P

    Paulo roberto costa da silva

    ± 0 minutos

    Faço uma força para não me irritar! A cada dia que vivo, só vejo safadeza, roubalheira, mentiras e outras ações corporativas no meio político. A desfaçatez é enorme, do tamanho da cara de pau dos políticos . São tantos os penduricalhos atrelados as leis que eles próprios criam para roubar o país impunemente e se sair bem que a minha vontade é tocar fogo nos plenários do congresso só assim vamos extirpar esse lixo que vive com o nosso dinheiro descaradamente.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    anderson ricardo da cunha gomes

    ± 2 horas

    Mais a culpa do país estar quebrado é pobre e aposentado, pior é ver pobre apoiando está farra ainda ou seja tudo como sempre

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Emerson

    ± 3 horas

    E depois ainda tem gente acreditando na ladainha da reforma da previdência como a solução total de nossos financeiros problemas nacionais. Enquanto isto alguns figuraças nadando no dinheiro por uma semaninha de "árduos" trabalhos prestados.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    Vladimir Bosio

    ± 4 horas

    Incrível! Governo atual tem a possibilidade de fazer história passando a regua nessas barbaridades, não tem coragem de faze?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • W

    William Munny

    ± 4 horas

    Isto nada mais é do que um escárnio com o trabalhador da inicitiva privada que sustenta este trem da alegria de luxúrias imorais. São verdadeiros lesas-pátrias que transformam o Brasil é uma república de castas junto com seus pares, leia-se três poderes, através de um sistema corporativista que corrói o erário público como pedintes contínuos de benesses. Mas, é o retrato de um país de desigualdades esdrúxulas, onde o serviço público é utilizado como meio enriquecimento através de regalias legisladas em causa própria. Porém, todo poder emana dos políticos e em nome dos mesmos deve ser exercido.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Afonso Celso Frega Beraldi

    ± 6 horas

    Imaginem o tamanho do rombo no nosso país, se essa PEC dos 50 estados passa no Cão Egresso? Imagina a catrefa de funcionarios públicos, juizes, procuradores, de****dos (estadual, federal e senador), conselheiros de TC. Eu concordaria, desde que não ponham mais nenhum político em Brasília, e que estes estado sejam autosuficientes, isto eh, gerem suas receitas e gastos. Não mamem nos outros estados.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    CLEUSA

    ± 7 horas

    Uma maneira de reduzir o número de Senadores seria eliminar o suplente! Aconteceu algo com o titular? Simplesmente " fecha" a vaga! Isso evitaria tamanho desperdício tipo esse demonstrado aqui! Uma vergonha. A maioria do brasileiro leva a vida toda e não reúne essa grana .

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • L

      Lúcio Vaz

      ± 2 horas

      Cleusa, defendo que, no caso de impedimento, entre o terceiro mais votado, depois o quarto, etc. Duvido que alguém tirasse folga para tratar de "assuntos particulares".

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • P

      Pedro Malazartes

      ± 5 horas

      Não me recordo se existia suplente no governo militar

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Ricardo Gabriel

    ± 9 horas

    100k no bolso em poucos dias. Agora pergunto ao trabalhador comum, quantos anos leva para juntar isso? E o aposentado que trabalhou de sol a sol por décadas? Brasil não é para amadores, aqui o poste mija no cachorro.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    Giovanni Rosa da Silva

    ± 10 horas

    Não adianta, o destino dos brasileiros é ser escravo. Quem puder procure um país decente, quem não puder estude e trabalhe para conseguir sair.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcos Ctba

    ± 10 horas

    Simbolo Mor da Vergonha Brasileira. Ecomo já falaram aqui ainda tem trouxa que vota nas tranqueiras em troca de favorzinhos, depois ficam chorandinho que o Brasil não melhora. Isso é tanto para eleitos simples como aqueles empresários digo pseudo empresarios que só vai com uma ajudinha dos politicos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MGarcia

    ± 12 horas

    Justa a homenagem, perto das tantas injustas, inúteis, compradas, indecentes, estapafúrdias que legislativos do país inteiro já prestaram e prestarão se o eleitor "deixar". Agora, estes mandatos relâmpago regados a MAIS dinheiro público têm de acabar. Não precisa mudar a legislação. Tem de mudar o perfil dos eleitos, e pra isso as urnas têm poder - é só exercermos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Pedro Malazartes

    ± 12 horas

    Eis aí a razão do rombo da previdência e também das contas públicas

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Roberto Garcia

    ± 12 horas

    Boa pergunta: quem paga a conta desse político “bonzinho”? Nós, com nosso suor com nossa renda. Ele diz que é solidário com os mais pobres mas não diz que é solidário com o dinheiro dos outros, o povão.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Maquiavel

    ± 13 horas

    Trouxas são os que votaram nestes sujeitinhos...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • M

      Maquiavel

      ± 13 horas

      E mais trouxa ainda são os que acreditam que o país vai melhorar...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.