i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Luiz Felipe Pondé

Foto de perfil de Luiz Felipe Pondé
Ver perfil

A revolução cultural cristã

  • Luiz Felipe PondéPor Luiz Felipe Pondé
  • 16/12/2019 00:01
A revolução cultural cristã
| Foto:

A violência é a parteira da história. Essa ideia era comum entre intelectuais de esquerda no século 20. Hoje, a ideia é politicamente incorreta. A esquerda se fez vegana. A expressão Revolução Cultural chinesa era objeto de orgasmo para gente chique como Sartre e Beauvoir: a via maoísta.

A Revolução Cultural chinesa nos anos 1960 foi um massacre. Uso a expressão revolução cultural cristã aqui como analogia com a Revolução Cultural chinesa.

O cristianismo teve sua revolução cultural principalmente entre os séculos 4º e 6º d.C., após a conversão do imperador Constantino (272 d.C. - 337 d.C.). Foi violenta, sangrenta, boçal e eficaz, como a chinesa. Mas, enquanto pega bem louvar a chinesa, é chique, nos jantares inteligentes, xingar a cristã.

É justamente a revolução cultural cristã que a jornalista britânica Catherine Nixey narra no seu excelente livro "A Chegada das Trevas: Como os Cristãos Destruíram o Mundo Clássico" (pela editora portuguesa Desassossego).

A rigor não há nada de novo no que ele narra, para quem conhece um pouco do traçado, mas o livro tem inúmeros méritos: conciso, elegante, bom aparelho crítico com relação às fontes, oferecendo uma bela síntese do modo como muitos cristãos, entre eles os famosos monges do deserto, chamados por ela de "fedorentos", destruíram templos, estátuas, pergaminhos (livros) e fontes essenciais do que era a cultura clássica.

Esses cristãos emergem na escrita de Nixey como um bando de talibãs fanáticos e bem distantes da ideia que se tem desses heróis do paliocristianismo. Nomes como João Crisóstomo, Santo Agostinho e Basílio Magno saem bem chamuscados depois das passagens em que ficam claras suas reservas para com a cultura clássica.

Nixey reconhece que muito foi salvo graças a cristãos cultos, mas, como ela mesma repete, muito, muito, muito mais foi destruído graças às taras da maioria dos idiotas da fé. Filha de pais cristãos, Nixey está longe dos tiques nervosos do anticlericalismo típico de quem conhece pouco do cristianismo em geral.

O mundo clássico era belo, rico, produtivo e com tendências que chamaríamos, anacronicamente, de tolerante, em oposição ao cristianismo, que, com sua marca monoteísta e proselitista, varreu o mundo greco-romano com a sanha do Deus único.

Mas Nixey não é nenhuma idealista do mundo clássico. Por exemplo, sua descrição dos banhos romanos, objeto de ódio dos cristãos "puritanos", não deixa dúvida: eram imundos, fedorentos, promíscuos. Sua água fedia e a chance de você pegar todo tipo de doença era enorme.

Todavia, a revolução cultural cristã, como a chinesa, devastou a herança clássica. Teríamos mais tesouros, além de Platão, Aristóteles, Sófocles, Marco Aurélio, Sêneca, entre outros, se esses malucos fanáticos não tivessem se posto a destruir as fontes. No que tange à beleza dos templos greco-romanos, a devastação foi monstruosa.

Um dos pontos mais fortes do livro está no desmonte da ideia de que os oficiais romanos eram, na sua maioria, uns tarados pelo sangue inocente cristão.

A análise dos autos em que oficiais romanos tentavam salvar cristãos fanáticos do martírio é excelente. Muito distante da falsa imagem que parte da história oficial do cristianismo e o cinema construíram, a maioria dos oficiais romanos era gente razoável que estava muito longe de querer "rolo" com um bando de fanáticos.

E aqui, vem, a meu ver, o coração da tese da autora. Descrevendo um desses oficiais romanos encarregados de lidar com a sanha fanática dos mártires malucos, Nixey diz algo assim: "Como membro da elite romana, e de toda elite, era um homem bem educado o bastante para não crer na religião, qualquer que fosse ela, mas, também, era bem formado o bastante para não desdenhar de nenhuma delas".

Aqui reside toda a diferença de uma verdadeira atitude culta em relação às religiões: se, por um lado, a adesão a elas revela uma certa pobreza de espírito, o desprezo para com elas, revela uma certa pobreza de alma. Desdenhar das religiões é um atestado de fraqueza intelectual.

26 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 26 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • A

    AlexandreAlexandre Silva

    ± 19 dias

    SOU SEU FÃ PONDÉ

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • Á

    Álvaro Rui Ferreira Neves

    ± 51 dias

    Chamaria essa revolução cultural de romana, não cristã......a cristã vai ressurgir com John Huss....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    Giovani Domiciano Formenton

    ± 77 dias

    nas opções de "como se sentiu com este conteúdo" deveria ter uma opção: Desafiado. Muito interessante, em especial porque de teses estamos cheios. E é só isso que a historiologia nos reserva. E isso é fantástico. Estes mesmos cristãos padres do deserto tem uma quantidade incrível de textos sobre como amar. E isso é fato histórico também. Realmente fiquei com vontade de ler o livro.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    jose pasini

    ± 78 dias

    Cultura e filosofia são coisas deste mundo. Cristianismo fala de vida eterna. Apesar disso, foi onde o Cristianismo se estabeleceu que mais floresceu a cultura e a civilizaçao, basta olhar o mapa mundi. O Cristianismo soube aproveitar o que tinha de bom a filosofia grega e o direito romano. Quem fala do contrário é um bobinho revoltado que acha que o mundo poderia ser aquilo que pensa sua imaginação rasa.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    ProfGeraldinho

    ± 78 dias

    L.F. Pondé quer se mostrar equidistante dos extremos, indiferente, altivo, Blasé mesmo, mas não consegue disfarçar seu ateísmo militante. Como se diz em Minas: a capivara pode esconder o rastro, mas não consegue apagar o cheiro.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    ProfGeraldinho

    ± 78 dias

    L.F. Pondé quer se mostrar equidistante dos extremos, indiferente, altivo, Blasé mesmo, mas não consegue disfarçar seu ateísmo militante. Como se diz em Minas: a capivara pode esconder o rastro, mas não consegue apaga o cheiro.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    RICARDO DUQUE DE ALMEIDA

    ± 78 dias

    O texto é uma lamentável apologia ao ateísmo recheada com toques de sarcasmo e mau gosto. Ser ateu seria uma opção de pessoas educadas e inteligentes, e ser crente seria a opção de pessoas fanáticas, intolerantes e incultas. Uma verdadeira ofensa aos cristãos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    Gustavo Nielsen

    ± 78 dias

    O Imperador Constantino, o primeiro imperador cristão, saalvou o Império Romano do colapso para o qual estava indo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marco Antônio Raia Nigro

    ± 79 dias

    Nenhuma religião monoteísta começou sem sangue. A destruição faz parte do estabelecimento na nova ordem . As pessoas têm dificuldade de aceitar mudança, a força ajuda e esse talvez seja um preço alto para pagar. Daí o ateísmo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luiz Alfredo Viganó

    ± 79 dias

    "Desdenhar das religiões é um atestado de fraqueza intelectual." Essa foi no centro do porta dos fundos do greg e do porchat... Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/vozes/luiz-felipe-ponde/a-revolucao-cultural-crista/ Copyright © 2019, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    Glauber Barros

    ± 79 dias

    Ok, me convenceu a comprar o livro.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luiz

    ± 79 dias

    Há um livro de Christopher Dawson - chamado A criação do Ocidente, que contraria essa tese de que o cristianismos destruiu o mundo Classico - Cobre o período que vai da queda do Império Romano do Ocidente até o fim da Idade Média. Mostra que, em vez de fatores seculares e econômicos, foi a religião que permitiu a um pequeno grupo de povos da Europa Ocidental adquirir poder para transformar o mundo e emancipar a humanidade de uma dependência imemorial da natureza, levando-a a inevitáveis estágios crescentes de progresso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • L

      Luiz

      ± 78 dias

      geraldinho corrêa: Verdade é um ótimo livro - da uma outra perspectiva do cristianismo - comumente as referencias que temos do período medieval são negativas o livro mostra o contrario.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • P

      ProfGeraldinho

      ± 78 dias

      Excelente indicação, Luiz! Me lembrava do livro enquanto lia o texto de Pondé. Um livro bem escrito (fontes, fundamentação teórica, método). Também recomendo a leitura. obrigado por postar. Ah, e L.F . Pondé quer se mostrar distante, indiferente (Blasé mesmo), mas não consegue disfarçar seu ateísmo militante.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Admar Luiz

    ± 79 dias

    O cristianismo foi deturpado, mal interpretado, mal compreendido ao longo dos séculos. Jesus não fundou religião nenhuma. É obra de homens. Não erigiu igrejas. Ensinava nas casas humildes. Sua doutrina era, ame a Deus acima de tudo, e o próximo como a ti mesmo. Suas palavras calam fundo nos corações. Seu influxo moral é sentido até hoje. Suas palavras foram usadas, infelizmente, para converter-matar em nome de Deus. Religiões ainda são necessárias hodiernamente porque ainda jornadeamos num planeta ainda atrasado moral/espiritual. Qual a melhor religião? Aquela que te faz melhor como ser humano em todos os aspectos. Religião sem reforma intima é mera exteriorização. Simples assim.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • D

      DAGOBERTO GOLTZ

      ± 79 dias

      O verdadeiro cristianismo não é religião. Cristianismo transformado em religião deixa de ser cristianismo.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • A

      Adenilson

      ± 79 dias

      Quando alguém afirma que Jesus não fundou uma religião, pergunto-me se esse é um ignorante do tema ou um cínico ideólogo! Quando se fala da época "clássica" ou cultura clássica, em detrimento da cultura cristã, sinto cheiro de um verdadeiro cego, como os doutores que produzem absurdidades mas dentro das normas técnicas, com vasta bibliografia, que não se leu, se leu não entendeu, se entendeu porque não leu bons livros para um bom contrapeso! Em suma, os semelhantes se apoiam em meio a tanta superficialidade! Tá na moda...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Francisco

    ± 79 dias

    Existem críticas severas ao livro feitas por historiadores com produção acadêmica consolidada. Bola fora do Pondé nessa.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Leonardo Schwinden

    ± 79 dias

    Escorregadio. Não quer ficar mal nem com os ateus nem com os cristãos. Morde e assopra.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    Viva

    ± 79 dias

    O texto é patético e o livro do qual fala não poderia ser diferente. O cúmulo da covardia: nem aceita e nem rejeita qualquer religião. Me poupe!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • I

    Ivo

    ± 79 dias

    Texto de um ateu sobre outro ateu. Cheio de opiniões e fatos escolhidos, quiçá distorcidos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    LUIS MARIO TEIXEIRA

    ± 79 dias

    https://www.nationalreview.com/2018/08/book-review-the-darkening-age-catherine-nixey-christians-and-antiquity/

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • F

      Flávio Duarte

      ± 79 dias

      Fui verificar... Muita desonestidade da autora.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JOSÉ IVALDO

    ± 79 dias

    Até parece que nos séculos 4º e 6º d.C. era tudo tão pacífico que apenas os "fanáticos cristãos" destruíram a "cultura clássica". Esta super bem documentada com livros e videos aulas de Sêneca no youtube. Também acho essa declaração muito esclarecedora da visão de mundo da autora: "Como membro da elite romana, era um homem bem educado o bastante para não crer na religião". Ela exclui a possibilidade de pessoas religiosas serem bem educadas, faz troça da religião, com arzinho de superior.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • P

      ProfGeraldinho

      ± 78 dias

      L. F. Pondé quer se mostrar distante, indiferente (Blasé mesmo), mas não consegue disfarçar seu ateísmo militante.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • V

      Viva

      ± 79 dias

      É bem isso. Resume-se como a descrição do mínimo para ser um i.d.i.o.t.a perfeito da atualidade, aceito no clube dos pseudo intelectuais.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]