i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Luta Livre

Foto de perfil de Luta Livre
Ver perfil

Saiba quanto ganham os brasileiros mais bem pagos do UFC

  • PorFernando Rudnick
  • [14/03/2018] [18:19]
Saiba quanto ganham os brasileiros mais bem pagos do UFC
| Foto:

Você sabe quem são os lutadores brasileiros mais bem pagos do UFC na atualidade? Listamos abaixo, com dados do site MMA Manifesto, o top 10 de salários dos nossos representantes entre 2017 e março de 2018.

A conta engloba apenas o show money, o valor garantido para cada luta. Nem o win bonus (bônus por vitória), nem qualquer outro valor extra, como a quantia paga pela patrocinadora Reebok e/ou bônus por desempenho distribuído pelo Ultimate, está contabilizado nos números abaixo.

Participações em venda de pacotes de pay-per-view (PPV) também ficam fora do cálculo. Para entender com detalhes como funciona o sistema de pagamento do UFC, leia essa matéria sobre o assunto.

Junior Cigano

Cumprindo suspensão por doping, o catarinense é o líder da lista. Em sua última luta, em maio do ano passado, ele recebeu US$ 800 mil — cerca de R$ 2,6 milhões — para enfrentar Stipe Miocic pelo cinturão dos pesados (até 120 kg).

Anderson Silva

O ex-campeão dos médios (até 84 kg) é outro que também está suspenso por doping. O veterano de 42 anos, no entanto, embolsou US$ 600 mil, aproximadamente R$1,95 milhão, quando derrotou Derek Brunson por decisão dividida em fevereiro de 2017.

O salário total do Spider, na verdade, é significativamente maior por causa da porcentagem relativa ao PPV.

Cris Cyborg

Campeã peso-pena (até 66 kg), a curitibana recebe bolsa fixa de US$ 500 mil, cerca de R$ 1,25 milhão, por combate. No contrato da lutadora, inclusive, não existe adicional por vitória.

Nos últimos quatro meses, Cyborg recebeu US$ 1 milhão para enfrentar Holly Holm e Yana Kunitskaya, de acordo com dados divulgados pela Comissão Atlética de Nevada.

Fabrício Werdum ataca Marcin Tybura no UFC Sydney

Foto: Instagram/UFC

Fabrício Werdum

Atualmente, o gaúcho recebe US$ 300 mil, algo em torno de R$ 975 mil, somente para entrar no ringue. Quando era campeão dos pesados, em 2016, o veterano recebeu aproximadamente US$ 500 mil para colocar o cinturão em jogo.

Vitor Belfort

O carioca é um dos mais bem pagos da história do UFC e continua com um belo salário mesmo em fim de carreira. Hoje, ele não sobe no octógono por menos de US$ 300 mil (R$ 975 mil).

José Aldo

Após perder o cinturão dos penas para Max Holloway, no ano passado, o amazonense viu seu salário fixo diminuir pela metade na revanche.

O lutador, que recebia US$ 400 mil, levou para casa R$ 200 mil (R$ 650 mil) no segundo confronto com o havaiano. Fora, claro, a participação em PPV e outros possíveis bônus.

UFC Mauricio Shogun Rua

Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

Mauricio Shogun

O curitibano, ex-campeão dos meio-pesados (até 93 kg), ainda é bastante valorizado pelo UFC. Seu salário fixo por luta está na casa de US$ 190 mil, cerca de R$ 617 mil.

Ronaldo Jacaré

Entre os melhores pesos-médios do mundo, o amazonense recebeu bolsa de US$ 155 mil, aproximadamente R$ 503 mil, para encarar Derek Brunson em janeiro de 2018.

Amanda Nunes

A baiana, dona do cinturão peso-galo (até 61 kg), levou US$ 105 mil (R$ 341 mil) como salário para enfrentar Valentina Shevchencko em setembro de 2017.

Edson Barboza

O peso-leve (até 70 kg) carioca recebeu bolsa de US$ 75 mil, cerca de R$ 243 mil, quando enfrentou o russo Khabib Nurmagomedov, em dezembro de 2017.

Saiba quem são os cinco lutadores mais bem pagos do UFC

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.