i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Madeleine Lacsko

Foto de perfil de Madeleine Lacsko
Ver perfil

Reflexões sobre princípios e cidadania

Avião não cai sozinho: o que não te contaram sobre André do Rap

Nós pagamos muito caro por uma tragédia de erros que termina em impunidade. Precisamos interromper este processo.

  • Por Madeleine Lacsko
  • 16/10/2020 14:15
Avião não cai sozinho: o que não te contaram sobre André do Rap
| Foto:

Responda com toda sinceridade: você já havia ouvido falar em André do Rap antes do julgamento no STF? Eu não havia ou não lembrava, tantos são os escândalos que se intercalam no noticiário nacional. Na era da hiperinformação e das redes sociais, somos praticamente obrigados a ter opinião sobre tudo e é uma vergonha admitir um erro ou não saber de um assunto. Fui procurar e achei a história de quando ele foi preso, numa operação da Polícia Civil de São Paulo em Angra dos Reis, Rio de Janeiro, em setembro do ano passado.

Era um domingo, o dia em que morreu o cantor Roberto Leal. A grande manchete não a prisão do tal André do Rap, mas a tentativa de desidratar o pacote anticrime de Sergio Moro. Ironia do destino, sairia daí o dispositivo legal que o soltaria. Mas esta é apenas a cereja de um bolo de confusões e omissões que transformam a tentativa de enfrentar o crime organizado em um financiamento da Universidade do Crime.

Agora, associações de juízes e promotores se mobilizam na imprensa apontando o dedo para o Congresso Nacional e para o presidente Jair Bolsonaro. Criminalizar a política está na moda faz uns anos, então a tentativa de ganhar no grito é a jogada clássica para esconder falhas e evitar a autocrítica. Não há como explicar ao cidadão brasileiro, por meio de tecnicalidades e brechas jurídicas, o fato de um traficante internacional que já estava há anos na mira da Interpol sair do presídio pela porta da frente. Mas é essencial compreender que nem sempre a culpa é de maquinações maquiavélicas do Executivo e do Legislativo. Este é um caso clássico do clichê "de boas intenções o inferno está cheio".

"Se não bastassem os tantos responsáveis pelos equívocos narrados, há quem ainda precise buscar culpados do outro lado da Praça dos Três Poderes", disse o ministro Gilmar Mendes no voto do caso André do Rap. Ele defende uma autocrítica da Justiça, processo que também é necessário para que nós, da imprensa, deixemos de colaborar com os atores de uma tragédia de erros que premia bandidos e esculacha inocentes.

A "Operação Oversea", que chegou a André Oliveira Macedo como uma ligação entre os traficantes do PCC e as máfias italianas, tem dezenas de presos, procurados e processos judiciais. O traficante também é réu em inúmeros processos, tanto na Justiça Federal quanto na Justiça Estadual de São Paulo. Caso não houvesse falhas em todos esses processos, seria impossível o resultado da soltura meses após esforços gigantescos da Polícia Civil pela captura. Houve falhas de todos no processo que foi julgado pelo Supremo Tribunal Federal e transmitido para todo o país. Mas elas não seriam suficientes para soltar o traficante caso não houvesse falhas também nos outros processos em que ele é réu.

Começo pelo processo específico que chegou ao STF e volto ao voto do ministro Gilmar Mendes: "A gravíssima situação fática subjacente a este processo deve impulsionar, ao meu ver, um exercício de autocrítica de dentro para fora do Poder Judiciário. Não hesito em afirmar que a evasão de um paciente com porte de periculosidade assustador só foi possível graças a uma convergência de falhas na inércia do Ministério Público Federal, conjugada com erros judiciários e uma patente escassez de espírito público na atuação de alguns partícipes deste processo. Avião não cai sozinho. Além da inércia do Ministério Público e do Juiz de primeiro grau, o andar trôpego do processo se iniciou ainda na sua entrada neste Supremo Tribunal Federal. O caso em tela deve servir de escola para o aprimoramento da sistemática de distribuição de processos por prevenção nesta Corte."

Qual foi a falha no STF? A cadeia de distribuição de processos. No dia 28 de maio, um outro réu da Operação Oversea, Mário Henrique Garcia Santos, entrou com pedido de habeas corpus no STF ele foi distribuído para a ministra Rosa Weber. Ocorre que o réu também era parte de outra ação em que havia um pedido de habeas corpus no STF, o de Jefferson Moreira da Silva, que já havia sido distribuído para o ministro Marco Aurélio Mello. A ministra questionou o então presidente da corte, Dias Toffoli, se estava correta a distribuição ou se ela deveria encaminhar o processo a Marco Aurélio. A resposta foi que Rosa Weber é quem cuidava de tudo relacionado à Operação Oversea.

No dia 29 de junho deste ano, a defesa de André do Rap entrou com pedido de habeas corpus relativo ao processo da Operação Oversea e ele imediatamente foi para a ministra Rosa Weber. Aí começa a confusão. Logo após o recesso do Judiciário, em 6 de agosto, a defesa simplesmente desistiu do pedido de habeas corpus, então ele foi arquivado. Depois, a defesa entrou com outro pedido de habeas corpus, que acabou indo parar no gabinete do ministro Marco Aurélio Mello. Há uma versão famosa na imprensa de que o pedido foi feito no sábado para que o ministro o recebesse no plantão judiciário: é mentira, o plantão só existe durante o recesso, não aos finais de semana.

No dia 6 de outubro, uma terça-feira, o ministro Marco Aurélio Mello decidiu pela soltura de André do Rap e mandou a decisão para análise do Ministério Público, da Procuradoria-Geral da República. Não são necessários mais de dois parágrafos para contestar a decisão e pedir a manutenção da prisão. No entanto, o Ministério Público só fez a contestação no sábado, às 19h46, depois que a soltura já havia se concretizado.

Foi depois disso que o presidente do STF, Luiz Fux, deu decisão determinando que o réu ficasse preso. Depois, tivemos um julgamento espetacular envolvendo todos os ministros do Supremo Tribunal Federal. Nossos olhos ficam atentos ao que é mais transparente, mas me pergunto quantos são os casos semelhantes e como a nossa Justiça lida com as pessoas que não têm o mesmo fôlego financeiro de um traficante internacional para contratar advogados de primeira linha.

Gostamos de pensar que tudo é problema dos políticos e que a solução de todas as nossas aflições está a uma canetada de distância. Associações de promotores e juízes ganham espaço na mídia defendendo que o presidente Bolsonaro só concordou com a revisão de prisões a cada 90 dias para proteger apaniguados. Dizem que o Congresso Nacional está cheio de corruptos interessados nessa regra. Corruptos presos são menos de 1% do sistema carcerário. Se todas as autoridades da Justiça trabalhassem direito, a regra não teria efeito para soltar corruptos e nem para soltar o tal André do Rap.

André do Rap, um velho conhecido da Justiça

Só depois de ser preso, em setembro do ano passado, André do Rap contratou uma defesa à altura de seu status financeiro. Mas ele tem uma longa ficha de processos tanto na Justiça Federal quanto na Justiça Estadual de São Paulo. O mais antigo é de 2004, em que ele passou dois anos preso e acabou liberado por "completa nulidade da ação penal".

O problema de 14 anos atrás era o mesmo de agora, o excesso de prazo na formação de culpa. Na época, André do Rap era processado por tráfico de drogas junto com dois outros réus. Um deles, que ostenta diversas condenações de prisão e de penas alternativas, acionou a Justiça reclamando da demora na demonstração da culpa dos 3 réus presos. Em 11 de abril de 2006, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo declarou que a ação era nula desde a denúncia criminal. O acórdão foi publicado no Diário Oficial de 27 de outubro de 2006, determinando a soltura de todos os réus, inclusive André do Rap.

Até então não se tratava de um grande traficante nem de um líder de facção criminosa. Fica sempre o questionamento: como um detento sobrevive em uma penitenciária brasileira sem se relacionar com uma facção criminosa? Atualmente, 30% dos presidiários do Brasil não foram julgados nem em primeira instância e 41% não foram julgados na segunda instância. Todos eles estão sob o jugo de organizações que atualmente se expandem internacionalmente.

Depois de solto, André do Rap fez apresentações musicais sofríveis e operações criminais que renderam outros processos judiciais. É curioso que, mesmo depois da primeira liberação, o Ministério Público de São Paulo tenha concordado que ele respondesse em liberdade pelos crimes que cometeu. A acusação demorou 12 anos, veja bem, DOZE ANOS, para informar ao juiz que se tratava de réu perigoso. Só o fez depois que o caso ganhou as manchetes pela decisão do ministro Marco Aurélio Mello no STF. Caso a advertência tivesse sido feita antes, seria levada em conta na decisão final.

Este é somente um caso das centenas que acabaram este ano no Supremo Tribunal Federal com pedidos de habeas corpus. Quantos "Andrés do Rap" existem no Brasil e não se tornaram famosos porque não servem interesses de categorias poderosas? Se é possível tirar uma lição dessa tragédia, que seja a de não piorarmos o que já está ruim.

Colocamos nosso foco, como cidadãos, no Governo Federal, no Congresso Nacional e no Supremo Tribunal Federal. Mas não é porque os problemas estejam lá ou porque eles realmente possam resolver, é porque eles são os mais transparentes, têm falhas que podemos ver. Sozinhas, as cúpulas dos Poderes não produziriam um "André do Rap". Está na hora de cobrar dos que apontam o dedo sem mover um dedo para que nossa realidade mude.

26 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 26 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • 2

    200048

    ± 6 dias

    Parabéns, Madeleine! Jornalista que pesquisa e trata o tema com seriedade nos dá informações confiáveis! Uma missão difícil, analisar e divulgar situações que preocupam os leitores! Obrigada!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Carvalhaes

    ± 8 dias

    A jornalista insiste na sua infelicidade semântica: advogados bons; advogados de primeira linha!!! Não! Não são bons nem de primeira linha! Simplesmente conhecem as entranhas dos tribunais, seus funcionários corruptos, as falhas do sistema, regramentos e desregramentos internos, disso se aproveitando para distorcer os princípios de direito em proveito próprio! Na verdade, são advogados ruins, de última linha!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Darcy

    ± 8 dias

    Nós, cidadãos comuns pagadores de impostos, ainda estamos no tempo do regime do feudalismo! Alguns, e não são poucos, fazem parte da realeza, e nós apenas temos o direito de trabalhar para sustentá-los. Somente uma revolução sangrenta para acabar com esta situação, e como isso não será possível, continuaremos vegetando!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Darcy

    ± 8 dias

    Nós, cidadãos comuns pagadores de impostos, ainda estamos no tempo do regime do feudalismo! Alguns, e não são poucos, fazem parte da realeza, e nós apenas temos o direito de trabalhar para sustentá-los. Somente uma revolução sangrenta para acabar com esta situação, e como isso não será possível, continuaremos vegetando!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JOSMAR PORTUGAL VAZ

    ± 8 dias

    Marquinho defendeu os seus interesses . Quanto Marquinho ganhou para fazer esta sacanagem com o Brasil ? Deve ter sido muita , muita.........bem isto fica pra depois das eleições. No Brasil , ninguém tem medo da justiça. Exceção: só quem é honesto..

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JOSMAR PORTUGAL VAZ

    ± 8 dias

    Marquinho defendeu os seus interesses . Quanto Marquinho ganhou para fazer esta sacanagem com o Brasil ? Deve ter sido muita , muita.........bem isto fica pra depois das eleições. No Brasil , ninguém tem medo da justiça. Exceção: só quem é honesto..

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luciana Amaral

    ± 9 dias

    A sua excelência Gilmar Mendes fará também sua autocrítica ou só serve para todos os outro.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Raquel Utz

    ± 9 dias

    Ótima análise.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    salcutrim

    ± 9 dias

    Brilhante. Isso mesmo. O judiciário Brasileiro é mais caro do que o da Alemanha e dos EUA, países ricos. Juízes e promotores com salários altíssimos, todo tipo de privilégio, como férias de 60 dias, aposentadoria integral , auxílio moraria, paletó, transporte e os cambaus. Precisa haver uma reforma nesse sistema. É o mais caro e o que menos entrega ao cidadão.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo

    ± 9 dias

    A soltura de Andre do Rap pelo dirceu borboleta, digo Narco Aurelio, ops... Marco Aurelio não tem equivoco nenhum... a intenção de liberar especificamente o traficante é patente. A única dúvida é quanto custou.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    Henry Jr

    ± 10 dias

    STF virou Big Brother e os ministros celebridades. Foi triste ver a discussão entre aquele bando de velho gagá que vive em um mundo paralelo, cheio de requintes e luxos pagos pelo povo miserável. Desmoralização total do judiciário!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Lionel Junior de Arruda

    ± 10 dias

    Esqueceu de citar que o André do RAP já foi condenado 2 vezes em segunda instancia, deveria ficar detido. O Stf deveria voltar a manter preso condenados em segunda instancia, mas deixou de fazer em razão do Lula Safado ladrão. STF envergonha nossa nação, concordo com o ministro louco que deveriam eles mesmos ir presos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    José Vicente bittencourt

    ± 10 dias

    O poder judiciário e o poder legislativo no Brasil estão "podres". Espero que este *********, criminoso André "do rap" vá para a Bolívia. - Por que, Bolívia? Em 1908, dois criminosos dos E.U.A., fugiram para a Bolívia. Lá, Butch Cassidy e Sundance Kid foram metralhados. Em 1967, o guerrilheiro "Che" Guevara foi metralhado na Bolívia. Em 2019, um assassino italiano, fugitivo da Itália, que foi hospedado no Brasil pelos governos Lula e Dilma, fugiu para a Bolívia. É que o Bolsonaro assumira o governo e mandou caçá-lo. Cesare Battisti foi preso na Bolívia e retornou á Itália. Cumpre pena de prisão perpétua, lá. Ainda em 2019, o Exército Boliviano e o povo forçaram o Evo Morales a renunciar.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • W

    Waldemir R T Melo

    ± 10 dias

    Lendo esse negócio aqui, a impressão que dá é que juízes e promotores controlam nossa imprensa, e não existe opinião critica dos próprios jornalistas quanto às mazelas dos políticos do executivo e legislativo. Passar pano pro Gilmar até entendo, já trabalhou com ele, más pro Bolsonaro é uma incógnita. O fato dos corruptos do congresso nunca serem atingidos não tem nada a ver com a imunidade parlamentar ou o foro dos privilegiados né? O fato também de o STF não estar vocacionado para os crimes comuns más só os referentes às inconstitucionalidades também não tem nada ver com isso, né?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • W

    Waldemir R T Melo

    ± 10 dias

    Lendo esse negócio aqui, a impressão que dá é que juízes e promotores controlam nossa imprensa, e não existe opinião critica dos próprios jornalistas quanto às mazelas dos políticos do executivo e legislativo. Passar pano pro Gilmar até entendo, já trabalhou com ele, más pro Bolsonaro é uma incógnita. O fato dos corruptos do congresso nunca serem atingidos não tem nada a ver com a imunidade parlamentar ou o foro dos privilegiados né? O fato também de o STF não estar vocacionado para os crimes comuns más só os referentes às inconstitucionalidades também não tem nada ver com isso, né?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    marco Aurelio Bittencourt

    ± 10 dias

    parabens pelo artigo. Fez um trabalho sério e bem feito.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    D. L. Paiva

    ± 10 dias

    A folha noticiou que tem um acordo de 3 milhões que facilitou muita coisa. Nada de lei, só grana mesmo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • H

      Humberto

      ± 10 dias

      Elementar meu caro Watson!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Carlos Silva

    ± 10 dias

    Como sempre, Madeleine fez uma análise perfeita da situação. Há muitos culpados e é preciso um trabalho urgente de consolidação desta montanha de leis, portarias, resoluções... Há que ter seriedade e cuidado nas coisas que dizem respeito a todos os brasileiros, à sua segurança e sua paz. Mais informação, menos política suja.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Célio Oppezzo

    ± 10 dias

    Os furos em todos os procedimentos não justificam a boa vontade do ministro Marco Aurélio Melo em soltar um criminoso. Ele foi conivente.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • H

      Humberto

      ± 10 dias

      Essa,Sherlock tiraria de letra...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • R

      Renato Dutra de Oliveira

      ± 10 dias

      Conivente, não, foi o autor.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Stanislau Surek

    ± 10 dias

    Mas realmente transformaram, no congresso, o pacote anti-corrupção em pacote pró-corrupção e Bolsonaro sancionou. TODO$$$ ERRARAM$$$! Bolsonaro é Centrão e centrão é mulher da vida, mas sempre mandaram nas coisas. Aonde está a nova política?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    roberto gomes

    ± 10 dias

    Cara Madeleine eu não tenho estomago para ler essas verdades desse noss país de BRINCADEIRA. Me repulsa,asco, nojo eu quero vomitar. STF HIPÓCRITA querem CARIMBAR suas MERDAS no Presidente. Pulhas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • R

      Renato Dutra de Oliveira

      ± 10 dias

      Dólares. Muitos.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MICHAEL GUSTAV ADOLF MULL

    ± 10 dias

    Há algo no ar além de aviões.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.