i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Madeleine Lacsko

Foto de perfil de Madeleine Lacsko
Ver perfil

Reflexões sobre princípios e cidadania

“Cristofobia” ao vivo: veja as reações à existência de dekasseguis cristãos

“Que sejam corridos de lá, na ponta da katana” é o tipo de comentário a uma reportagem que descreve o cristianismo como identidade brasileira.

  • Por Madeleine Lacsko
  • 28/09/2020 16:11
“Cristofobia” ao vivo: veja as reações à existência de dekasseguis cristãos
| Foto:

Desde que o presidente Jair Bolsonaro falou o termo "cristofobia" em discurso na ONU, ele passou ao debate público. Eu sou da turma que não gosta desse termo e é sempre voto vencido nessas questões. Minha resistência a termos como "empoderamento", "homofobia" e "gordofobia" ensinou que há palavras que fazem sucesso ainda que, na minha visão, venham a servir no médio e longo prazo para o contrário do que pretendem os criadores desses termos. Tomo emprestada da matéria excelente do colega Leonardo Desideri a explicação que resume minha implicância com esses termos:

“O que é homofobia? É muito abrangente. Daqui a pouco, se eu disser que não concordo com o casamento homossexual, eu posso ser tachado como homofóbico. Se eu disser que a religião evangélica não representa a religação com Deus, daqui a pouco isso vai ser cristofóbico. Não estou dizendo que concordo com isso, mas, se a gente for usar a definição de homofobia como ponto de partida para o que é cristofobia, aí nós temos cristofobia no Brasil”, afirmou o presidente do Instituto Brasileiro de Direito e Religião, Thiago Rafael Vieira.

Por que a comparação? Porque, juridicamente, ambos os grupos são protegidos pela mesma lei. No ano passado, o STF decidiu que a Lei contra o Racismo (Lei 7716/1989) também protege o crime de homofobia. A mesma lei, não por decisão do Supremo, mas por determinação do Congresso, versa sobre preconceito religioso. É óbvio que, sob o ponto de vista legal, são punidos os casos graves cujas provas sejam concretas. Temos de reconhecer que, além dos casos em que é necessário envolver o Poder Judiciário e falar até em prisão, existem inúmeros muito menos graves.

Faço um desafio: nos comentários públicos a seguir substitua a fé religiosa pela orientação sexual. São reações a uma reportagem sobre a fé cristã dos dekasseguis, imigrantes brasileiros no Japão. Se não fossem sobre fé, mas sobre outro bem jurídico protegido pela mesma lei, como raça ou orientação sexual, qual seria a reação aos comentários?

É necessário fazer a ressalva importante de que a reportagem não conduz a nenhuma conclusão negativa, é factual e com base no estudo de um sociólogo japonês. A fé cristã é um instrumento importante de identidade dos brasileiros que vivem no Japão e também se aborda como essas instituições representam um suporte social e emocional para os dekasseguis, relatando uma multiplicidade de histórias individuais. Conclui, então, que muitos assumiram a vocação missionária, ou seja, tentam levar sua fé aos japoneses. Ainda assim, a maioria dos comentários é pejorativa e preconceituosa, já que atribui aos cristãos e àquele grupo específico, adjetivos e atos que não estão na reportagem.

É inegável que, apesar da proteção legal, a expressão do preconceito religioso é tolerada socialmente e até serve como fator de união de determinados grupos. Equiparar projetos de poder e desvios de conduta de algumas lideranças religiosas ao caráter de todos os cristãos, inclusive dos que se insurgem contra esses líderes, é um ato de intolerância por excelência. E não há o menor pudor nem qualquer inibição social para que a fina flor do preconceito religioso seja publicamente expressada no Brasil.

Se um comentário como, por exemplo, "que sejam corridos de lá na ponta da katana", fosse direcionado a outro grupo protegido pela mesma lei do Racismo, quais seriam as reações? Se estivesse falando de homossexuais ou negros, esperaríamos declarações semelhantes em público? Todos temos preconceitos, os demais é que não são obrigados a recolher diariamente o lixo emocional de visões autoritárias de mundo.

Há os que dizem que as reclamações contra machismo, homofobia, racismo e, agora, cristofobia, não passam de mimimi. Considero que mimimi possa ser traduzido como a dor do outro que não me dói. As pessoas têm direito de ter seus preconceitos internamente e acredito que a grande maioria faz o melhor para superar quando a prioridade de uma sociedade ou de um grupo é o respeito à dignidade humana.

Muitos de nós fomos educados em ambientes em que o uso de palavreado degradante para se referir a determinados grupos de pessoas era motivo até de piada. Ocorre que o mundo evolui no respeito à dignidade humana. Houve os que reclamaram e os que souberam ouvir com compaixão, reconhecer que não há por que legitimar o comportamento de quem insiste em tratar como indigno determinado grupos de seres humanos.

Porque, atualmente no Brasil, há uma patrulha rigorosa sobre as menções e o uso de palavras que possam ofender homossexuais, pessoas de determinada etnia ou mulheres mas se considera normal usar todo tipo de vocabulário ofensivo contra evangélicos? Porque a medida não é a do razoável nem a da coerência, é a aprovação do grupo. Importante não perder de vista que o risco de reagir à hostilidade pagando em dobro existe em todos os grupos.

Eu sou contrária à patrulha de linguagem, mas favorável ao avanço da humanidade tendo como norte a dignidade humana. Posso ter minha fé e minha verdade e respeito a dignidade de quem pensa diferente, levando em conta, inclusive, meus caminhos e tropeços até aqui e os que ainda me aguardam adiante. E é por isso que considero minha obrigação alertar as pessoas sobre a necessidade de respeitar a dignidade de cada um e, portanto, de todos nós.

Tente dizer, em um grupo que cala diante de uma agressão aos evangélicos que isso não é adequado ao mundo de hoje ou que você considera falta de respeito a colocação. Eu já tentei em grupos progressistas e identitários e, na imensa maioria das vezes, há uma pronta recusa em reconhecer como ser pensante qualquer pessoa que se posicione como evangélica. Às vezes, um ou outro herói vem dizer que nem todo evangélico se chama Silas Malafaia e que evangélicos são seres humanos. Corre grande risco de ser ridicularizado.

Se nem toda ofensa termina em violência, toda violência tem origem no verbo, na palavra. A elite brasileira, cultural e intelectual, tem exagerado na permissividade às manifestações mais legítimas de preconceito religioso contra cristãos. Ocorre que os cristãos são 90% da sociedade e, na maioria, de grupos que os progressistas dizem proteger, como mulheres negras e habitantes das periferias. Eles não precisam de "proteção" porque não são menos, como quer a intelligentsia tupiniquim, precisam só do respeito que é devido mesmo pelos que se consideram mais que os outros.

16 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 16 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • E

    Eduardo Prestes

    ± 2 dias

    Eu tenho preconceito com esquerdistas, essas pessoas sim adotaram valores e crenças equivocadas, intolerantes e cruéis. Sou ateu, mas admiro muito os valores cristãos. A contribuição dos cristãos para a sociedade é enorme, vai muito além dos seus valores morais. Hospitais, escolas, orfanatos, asilos, universidades, são incontáveis instituições criadas e operadas por ordens religiosas. A religião humaniza as pessoas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • A

      Alan S

      ± 2 dias

      Cuidado! É bem capaz que esquerdofobia e esquerdorracismo virem lei antes de cristofobia.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • S

      Sérgio Guerra

      ± 2 dias

      Só não mencione a inquisição

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Sérgio Guerra

    ± 2 dias

    A sociedade do carimbo é muito chata. Discutir estas coisas ou eleger como assuntos relevantes é discutir o sexo dos anjos. Ou se o bispo Edir mais cedo é Gay. Ou se o papa xiquinho é um ****** ( que na minha opinião é). Vão lavar roupa no tanque

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Fernando Cortopassi de Oliveira

    ± 2 dias

    Em tempos de dualidade generalizada, parabéns pelo paralelo comparativo que nos faz pensar sobre aqueles preconceitos arraigados internamente que nos falam sem palavras.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Fernando

    ± 2 dias

    Belíssimo texto que contém uma reflexão profunda. Obrigado Madeleine.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    FERNANDO A. O. PRIETO

    ± 2 dias

    Parabéns à articulista! Todo o apoio a quem denuncia a perseguição aos cristãos, perante a qual a "grande" mídia hipocritamente se omite! Mas gostaria de registrar que não acho apropriado o termo "cristofobia", nem "islamofobia", nem "homofobia" e outros assim, embora já tenham caído no uso corrente...¨Isto porque "fobos" significa medo ou pavor (infundados e irracionais), e, por exemplo, um "cristofóbico" não tem medo de Cristo, mas sim aversão por ele ou pelo que representa. Um afixo mais apropriado seria "mis" (como por exemplo, misantropo, misógino,..) em que o prefixo "mis" indica aversão.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Jr

    ± 2 dias

    Como foi bom ler esse texto! Até que enfim alguém escreveu sobre como é horrível rotular e maltratar as pessoas por sua escolha de fé.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MARCIO ROGERIO DAVID

    ± 2 dias

    Obrigada Madeleine. Lucidez, equilibrio, sensatez. Estamos precisando disso em todas as esferas de nossa sociedade.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Edivaldo S

    ± 3 dias

    Madeleine. Parabéns pela clareza de seu artigo m VC foi simplesmente fantástica.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    José

    ± 3 dias

    Vc acha que a maioria dos brasileiros acreditam em Deus? Se sim, é crível supor que a cada ataque aos cristãos em suas várias vertentes causa o efeito de aumentar solidariedade entre todos os criacionistas. Quando Bolsonaro falou na ONU sobre perseguição aos cristãos, foi muito inteligente pois em todos os continentes existem casos de intolerância acontecendo, e ele foi o único líder mundial a falar no assunto. Deve ter conquistado muitos corações. Quem pensa que pode tripudiar da fé das pessoas impunemente é um alienado. Vive em uma bolha.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Dimas N

    ± 3 dias

    Fantástica coluna, sabedoria nas expressões.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    LEONARDO RIBAS GOMES

    ± 3 dias

    Madeleine, e quando católicos, cristãos e evangélicas se sentem ofendidos e tentam calar um jesus gay, ou quando ateus sofrem xingamentos e são mandados ao inferno (!). o preconceito religioso é igual e tão forte no sentido contrário. Mas a Gazeta é católica né, aqui só jornalista católico. Tudo por causa do amigo imaginário

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • K

      Kátia Fraga

      ± 2 dias

      Eu sou ateia e nunca fui mandada ao inferno, simplesmente porque não tento impõr minha visão de mundo, muito menos.ofende a fé alheia ou menosprezo quem pensa diferente de mim. Talvez o problema esteja em você, não nós outros.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • N

      Neto

      ± 3 dias

      Você é novo e cheio de si, poderoso. Quando ficar mais velho, quando a saúde começar a falhar, ficará mais humilde e verá as besteiras que falou e fez.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    DENISSON HONORIO DA SILVA

    ± 3 dias

    Madeleine, o que me irrita é que somente vocês da Gazeta, buscam compreender o lado oposto do que mainstream midiatico coloco. Concordo plenamente com você. Obrigado.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.