i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Madeleine Lacsko

Foto de perfil de Madeleine Lacsko
Ver perfil

Reflexões sobre princípios e cidadania

Médicos unidos contra mudança de sexo em crianças e adolescentes

Mais de 100 especialistas contestam a validade científica da redesignação de gênero em massa, o que comparam a talidomida e lobotomia.

  • Madeleine LacskoPor Madeleine Lacsko
  • 04/03/2020 11:55
Médicos unidos contra mudança de sexo em crianças e adolescentes
| Foto:

Um grupo de 100 médicos e pesquisadores da área de saúde estão formando uma organização para investigar o uso de terapias hormonais e cirurgia de mudança de sexo em crianças e adolescentes. Ainda em fase de registro, a ONG já tem nome: SEGM, Society for Evidence Based Gender Medicine (Sociedade para Medicina de Gênero com Base em Evidências).

A preocupação dos especialistas é com a absoluta falta de dados científicos que embasem o crescimento astronômico de terapias hormonais e até cirurgias de redesignação sexual em crianças e adolescentes. O gráfico, que tem como base os dados da Grã-Bretanha, mostra uma alta inquestionável dos atendimentos desde 2009.

Transcrevo o manifesto que está na abertura do site do grupo:

"Historicamente, os pequenos números de crianças com disforia de gênero eram predominanemente meninos pré-adolescentes. Nos anos recentes, houve um grande aumento no encaminhamento de meninas adolescentes para as clínicas de gênero. Muitas não têm uma história significativa de disforia de gênero na infância e uma parte sofre de outros problemas de saúde mental e condições de neurodesenvolvimento como autismo, hiperatividade e déficit de atenção. As razões para essas mudanças são pouco estudadas e permanecem pouco compreendidas.

Já foi demonstrado que a disforia de gênero iniciada na infância tem uma taxa alta de solução natural, com 61-98% das crianças se identificando novamente com seu sexo biológico durante a puberdade."

Médicos e pesquisadores da área de Saúde estão preocupados com o tratamento no que é chamado de "Modelo Afirmativo de Gênero", tanto pela rapidez quanto pela falta de indicação científica para mudanças de sexo em crianças e adolescentes.

"Até alguns anos, as intervenções médicas para se chegar à aparência do sexo desejado, conhecidas como modelo "afirmativo de gênero", eram reservadas primariamente para adultos com longo histórico de disforia. Mas, na Europa Oriental, América do Norte e Austrália, as intervenções hormonais e cirúrgicas estão cada vez mais se tornando a primeira linha de tratamento para adolescentes e adultos jovens com disforia de gênero, inclusive com aqueles que têm esse quadro há pouco tempo.

No passado, as intervenções médicas eram precedidas de um relacionamento prolongado com o paciente, incluindo atendimento psicológico. Agora houve uma mudança para uma "afirmação" mais automática da visão individual de quem se afirma transgênero. Assim, a provisão de intervenção médica ocorre agora com muito menos atendimento psicológico." - explica a página do SEGM, que traz uma explicação para leigos sobre qual a base científica das terapias hormonais e cirúrgicas para crianças e adolescentes.

O modelo atual de terapia afirmativa de gênero consiste em: hormônios bloqueadores da puberdade, mastectomia ou implante de mamas, remoção de ovários ou testículos, histerectomia, remoção cirúrgica ou plástica nos órgãos sexuais. Isso tem sido feito com base em UM ÚNICO ESTUDO.

A transformação sexual em massa de crianças e adolescentes tem origem em um único estudo holandês envolvendo 55 invidíduos estudados, entre os quais apenas 40 chegaram até o final. Todos tinham disforia de gênero desde a infância, ou seja, nenhum começou a ter na adolescência, como a maioria dos adolescentes e adultos jovens "tratados" hoje em dia com base nesse estudo.

Há algumas críticas dos médicos ao método científico utilizado: não havia grupo de controla, não houve avaliação física dos efeitos do tratamento na saúde, o acompanhamento dos indivíduos durou apenas um ano após a cirurgia.

Um adolescente morreu por complicações pós-operatórias e vários outros começaram a ter problemas de saúde devido aos hormônios. Muitos precisaram buscar atendimento psicológico. Entre as adolescentes a disforia de gênero e a imagem corporal muitas vezes não mudou ou piorou após ingerir hormônios bloqueadores de puberdade.

"Nós propomos que, devido à atual escassez de evidências, a aplicação do modelo para crianças, adolescentes e adultos jovens, não seja justificada fora dos projetos de pesquisa. Pacientes, familiares e clínicos não podem tomar decisões embasadas sobre saúde sem saber os eventuais benefícios e efeitos colaterais dessas várias intervenções", defende a SEGM

"A história da medicina tem muitos exemplos em que a boa intenção na busca de alívio rápido dos sintomas levou a resultados devastadores no longo prazo: por exemplo, o uso da talidomida, lobotomias e a recente epidemia de opióides. O modelo "afirmativo de gênero" compromete jovens a tratamentos médicos por toda a vida com uma atenção mínima à origem de suas condições e os fatores psicossociais que contribuíram para a disforia de gênero. Este modelo elimina a questão sobre se a terapia psicológica ajuda aliviar ou resolver disforia de gênero e impõe intervenções sem análise adequada.

Pedimos aos clínicos e pesquisadores para deter esse experimento descontrolado na juventude e substituí-lo por uma estrutura de apoio de pesquisa que gere evidências úteis sobre a origem da disforia de gênero e os benefícios e malefícios das várias intervenções." - pedem os médicos.

Para os especialistas em saúde que formaram a SEGM, há 3 questões que ainda não foram respondidas e que precisam ser antes de indicar qualquer tipo de tratamento para disforia de gênero:

  1. Que fatores contribuem para o desenvolvimento da disforia de gênero?
  2. Quais são as intervenções mais efetivas em disforia de gênero?
  3. Quais são os efeitos de longo prazo dessas intervenções?

Milhares de cirurgias radicais de mudança de sexo em crianças e adolescentes têm sido feitas no mundo inteiro sem que ninguém saiba essas respostas. Não é à toa que a Organização Não-Governamental já está arrecadando milhares de dólares de cidadãos que a apóiam mesmo que ainda esteja no processo de formalização.

É a primeira vez em que médicos se unem contra a recente onda de cirurgias de mudança de gênero e bloqueio hormonal em crianças e adolescentes. Dessa vez, nomes estrelados da área de saúde resolveram colocar a própria reputação em jogo para deter o processo de experimentação em massa. O Conselho da SEGM é formado por:

William Malone, endocrinologista graduado pela universidade de Stanford com complemento na New York University Medical School. É professor universitário de Endocrinologia e diretor médico de um hospital endócrino.

Julia Mason é uma das principais vozes médicas contra o "boom" da redesignação sexual de crianças e adolescentes. Pediatra filiada à Academia Americana de Pediatria, tem contato direto com pacientes que alegam ter disforia de gênero.

Marcus Evans tem mais de 40 anos de experiência em psicoterapia e foi diretor clínico do serviço de adultos e adolescentes da clícina Tavistock, um dos mais famosos centros de estudos de disforia de gênero no mundo. Também atuou no governo do Reino Unido na área de políticas sobre disforia de gênero.

Trata-se de algo alarmante. Será que, em pleno século XX, estamos submetendo milhares de crianças e adolescentes a um tratamento que obriga a ser dependende de cuidados médicos a vida inteira sem ter nenhuma base que justifique isso? É uma impressão que muitos tinham e que os médicos confirmam. Resta saber se as providências serão tão rápidas quanto deveriam.

30 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 30 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • R

    RoCS

    ± 1 horas

    Se precisarem ofereço escadas para descerem de cima do muro. A propósito, quando vão se manifestar acerca de um homem dizer que é mulher? Isso também é um sério transtorno. Não é normal e muito menos natural.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Sidney F Costa

    ± 2 horas

    Finalmente um grupo médico marcou posição em relação a essa questão. Essas crianças e adolescente são muitas vezes vitimas de um ativismo panfletário e irresponsável por parte de grupos LGBTs e grande parte da mídia que abraça qualquer bobagem que pretenssamente busca proteger as pessoas que sofrem com a disforia de gênero ! Acredito que o mesmo deverá ser feito em relação a homens trans nos esportes invadindo espaço de mulheres. Não é um caminho fácil porque qualquer pessoa que apresente opinião contrária logo é taxada de facista pelo ativismo panfletário e por parte da mídia ! Parabéns pela texto!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Soraia Valeria Bubniak

    ± 3 horas

    Esses profissionais me representam. Que possam ser ouvidos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Arnaldo Bittencourt Filho

    ± 3 horas

    Este tema é enquadrado no currículo da Teratologia, o estudo das monstruosidades. É difícil aceitar que existam pessoas defendendo a violação da infância/adolescência, em perfeita sintonia com o absurdo moral.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcello Machado e Dias

    ± 3 horas

    Machos têm células com cromossomos XY. Fêmeas, com XX. Logo, não dá para fazer um macho virar fêmea, ou vice-versa (o que talvez se almeje com essas cirurgias e procedimentos radicais), não há como remover, ou acrescentar, cromossomos de todas as células de uma pessoa. Entretanto, o não-uso de tais procedimentos não deveria impedir que machos que têm características femininas, ou fêmeas, que têm características masculinas, fosse aceitos pela sociedade (da forma como são), que convivam com quem quiserem, e que busquem a sua felicidade. Abusca por esse procedimentos radicais seria decorrente de marketing nos meios de comunicação, necessidade interior da pessoa ou para ser aceito pela sociedad?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Roseilton Porto de Aguiar

    ± 4 horas

    Eu acredito que o principal desse tema é ver que as pessoas que se submeteram a esse procedimento pós procedimento não se sentem realizadas como pessoa. Muitas precisaram de acompanhamento psicológico. Então, trata-se de uma solução efêmera. E o que é pior, sem esperança, causando mais transtornos e sofrimentos as pessoas que buscam resolvê-los por esse método. Os médicos e psicólogos precisam intervir com firmeza para que esse método não venha consolidar-se como procedimento padrão.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Fernando Colli

    ± 5 horas

    Que alívio constatar que a ciência está questionando a " afirmação de gênero", a psicanálise lacaniana sabe há muito tempo que não há sujeitos 100% masculinos e nem 100% femininos

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    valcirio volpato

    ± 5 horas

    Vamos dar o nome aos bois. O que se pretende é castrar pessoas, pratica medieval e banida das sociedades civilizadas a séculos. Se é para fazer a castração, que primeiro se castrem os defensores da medida, então.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Neto

    ± 6 horas

    Ponto que faltou foi mencionar que uma vez que a mudança de sexo seja efetuada, o paciente não apenas tem negado seu direito biológico de maturidade sexual (já que é interrompido) mas também seu direito de reproduzir.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Carlos

    ± 9 horas

    Parabéns pela matéria. Isso precisa ser divulgado aos 4 cantos da Terra. Isso a Globo não mostra. Mas mostra o contrário disso, crianças tendo a puberdade desacelerada com hormônios injetados, agindo contra a natureza biológica do seu corpo. Uma grande irresponsabilidade de quem apoia isso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    Henrique

    ± 13 horas

    https://site.cfp.org.br/ideologia-de-genero/

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    Henrique

    ± 13 horas

    Enquanto isso: https://site.cfp.org.br/ideologia-de-genero/

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    Henrique

    ± 13 horas

    Até ontem era transtorno de gênero, que volte a ser tratado como deve.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    Henrique

    ± 13 horas

    Religião da ideologia de gênero. Outra manobra macabra dos "progressistas".

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo Henrique

    ± 15 horas

    Que tempos são estes em que é necessário todo esse arranjo para (poder) dizer o óbvio ululante? Meus cumprimentos pela matéria, Madeleine/Gazeta.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Pzig

    ± 16 horas

    Ótima matéria sobre esse assunto que afronta toda ciência e lógica humana.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Fernando

    ± 17 horas

    Até que enfim uma abordagem séria em contraponto a esse fetiche irresponsável que criaram em cima da transexualidade. Absurdo total permitirem que uma criança ou adolescente mutile ou destrua o próprio corpo antes mesmo da total formação do cérebro. Que se sabe vai até os 22/24 anos de idade. Parabéns pela matéria.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    RICARDO DUQUE DE ALMEIDA

    ± 18 horas

    A ideologia progressista mostra seu lado mais monstruoso neste tópico, destruindo a vida de muitas crianças e adolescentes que poderiam estar muito bem resolvidos com apenas atendimento psicológico, ou simplesmente pelo passar do tempo, com o vencer a puberdade e adquirir mais maturidade. Os jovens viraram cobaias de experimentação ideológica.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • J

      jh.souza1953@uol.com.br

      ± 14 horas

      Sá neste tópico ? Apesar dos pesares,antes fossem somente nesse. Mas a realidade dos fatos mostram que a grande maioria dos militantes, das varias pautas, desta maldita "Ideologia Progressista" são idiotas úteis que sem saberem são usados como "boi de piranha" no processo de destruição dos valores morais que foram construidos nos últimos 25 séculos .

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Fernando Cavalcante

    ± 20 horas

    Falta agora deputados e senadores se unirem para aprovar leis proibindo a mudança de sexo, e a união de procuradores e juízes para perseguir e obter a punição dos responsáveis por essas tentativas de mudança.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MAURO JOSE KUMMER

    ± 20 horas

    Finalmente pessoas sérias tratando de um tema tão delicado, parabéns pela reportagem

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    DENISSON HONORIO DA SILVA

    ± 20 horas

    Madeilene, não tenho palavras para agradecer em trazer à tona este tema. Eu, como farmacêutico, abomino a ideia do uso de hormonios em crianças e adolescentes para mudança de genero. Isto, na verdade, é crime. Quero agradecer também a Gazeta do Povo por não intimidar seus jornalistas contra um modo abominável de pensar e agir.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Maria Lúcia Maranhão Bezerra

    ± 21 horas

    Espero que seja apenas o começo de uma recuperação do bom senso que , misericórdia!, anda escasso neste assunto

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Sr. Walker

    ± 22 horas

    Arre que finalmente alguém de firma seria se posiciona contra a bandalheira em que transformaram o assunto.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • B

    B

    ± 22 horas

    Adulto pode escolher ser o que quiser. Mas crianças e adolescentes fazem parte de um grupo altamente sensível e muito influenciável..

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcelo

    ± 23 horas

    Muito boa reportagem e texto. Obrigado Madeleine.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    Guajuvira

    ± 23 horas

    Madeleine, excelente matéria! Muito obrigado!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    Henrique

    ± 24 horas

    "Homem é homem, menino é menino, macaco é macaco e ***** é *****" Falcão

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    Henrique

    ± 24 horas

    Chegará o dia em que teremos que provar ao mundo que a grama é verde. G.K. Chesterton

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]