i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Madeleine Lacsko

Foto de perfil de Madeleine Lacsko
Ver perfil

Reflexões sobre princípios e cidadania

São Paulo pode criar hoje o “Dia Municipal da Maconha Terapêutica”

A data seria comemorada todo dia 27 de novembro, de acordo com o projeto do vereador Eduardo Suplicy, a ser votado hoje.

  • Por Madeleine Lacsko
  • [05/08/2020] [10:21]
São Paulo pode criar hoje o “Dia Municipal da Maconha Terapêutica”
| Foto: Unsplash

Está pautado para votação hoje na Câmara Municipal de São Paulo o projeto de lei 817/2019, de autoria do vereador Eduardo Suplicy, que "altera a lei 14.485, de 19 de julho de 2007, para incluir no calendário oficial de eventos da cidade de São Paulo o 'Dia Municipal da Maconha Terapêutica', a ser celebrado atualmente no dia 27 de novembro, e dá outras providências".

São Paulo é a cidade onde cresci, me formei, fiz minha vida profissional e a que escolhi para que meu filho nascesse. A pandemia de coronavírus virou São Paulo do avesso. Já não conheço mais a minha cidade, muitos lugares que fazem parte da nossa história se foram, pedaços de chão onde milhares de nós faziam a correria diária hoje são um enfileirado de casas com placa de aluga-se. Se São Paulo parou, no meio dessa tragédia, para analisar o projeto, é algo importante. Por isso, decidi ir a fundo para entender o documento.

O projeto foi apresentado antes da pandemia, em 27 de novembro do ano passado. Foi lido em plenário pela primeira vez em 10 de março deste ano, quando já havia casos de coronavírus em São Paulo, mas antes da decretação da quarentena. Então, seguiu a tramitação normal da casa, sendo submetido às comissões. Foi submetido à Comissão de Educação, Cultura e Esportes e passou também pelas duas comissões obrigatórias para todos os projetos, Comissão de Finanças e Orçamento e Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa. No último dia 30 de julho, elas emitiram um parecer favorável, ou seja, de que o projeto atende os requisitos para ser votado em plenário. E ele está na pauta de hoje.

Além de estabelecer o dia 27 de novembro oficialmente como o "Dia Municipal da Maconha Terapêutica", o projeto prevê que "poderão ser desenvolvidas durante o mês de novembro atividades de disseminação de informações sobre os benefícios terapêuticos do uso de maconha e pela mudança legislativa sobre o tema".

O calendário oficial de eventos da cidade de São Paulo tem muitas datas interessantes, como a falecida Semana da Happy Hour, marcada para a primeira semana do horário de verão, que foi cancelado no país inteiro. Temos outras em vigor, mas interessantes ainda. Dia 20 de janeiro, por exemplo, é Dia do Fusca e Dia do Anão. Tive o cuidado de ler o calendário todo, todos os feriados e datas comemorativas. Descobri que São Paulo comemora duas vezes por ano o dia do enólogo. Ayrton Senna tem duas semanas, um dia e uma maratona.

Por mais pitoresca que a lista pareça, ela tem um norte: criar datas festivas, educativas e culturais que justifiquem eventos na cidade. São homenagens a datas, locais, instituições e personagens históricos da nossa cidade. Também temos as datas e semanas de conscientização sobre saúde, educação e cidadania. E ainda as datas esportivas, comerciais, religiosas e eventos culturais.

O "Dia Municipal da Maconha Terapêutica" seria a primeira data do calendário oficial de São Paulo dedicada a militar por uma mudança legislativa no nível federal. É curiosa a ideia do Poder Público institucionalizar a militância por mudanças legislativas. Criatividade não nos falta.

Todo projeto de lei tem uma justificativa, é o nome técnico que se dá à parte do documento em que se fundamenta a necessidade, a legalidade e a pertinência daquela peça legal. A justificativa do vereador Eduardo Suplicy explica que "nos últimos tempos, temos visto a intensa disseminação de informações e de evidências científicas que mostram inúmeros benefícios terapêuticos no uso de produtos extraídos da maconha. Os extratos têm garantido respostas muito positivas para o tratamento de doenças como autismo, epilepsia refratária, dores crônicas, esclerose múltipla, fibromialgia, transtornos de ansiedade, depressão, entre outras doenças".

O projeto não foge do principal questionamento sobre ele: a maconha não é legalizada no Brasil. "Embora a maconha seja ainda uma substância proscrita no país, é muito importante que o uso terapêutico da planta, de forma séria e controlada, seja disseminado a fim de contribuir para a efetivação do direito à saúde de tantas famílias, principalmente em um cenário de que a importação de produtos ainda se mostra inviável para grande parte daqueles que necessitam", argumenta a justificativa do PL 817/2019.

Há diversos remédios legalizados no mundo que são feitos a partir de plantas consideradas fontes de drogas ilegais. Um exemplo clássico é a morfina, que vem do ópio. Existem estudos sobre medicamentos que poderiam vir de outra planta ilegal, a maconha. Não foi necessário criar o Dia Municipal do Ópio Medicinal para que os cientistas e a indústria farmacêutica fizessem seu trabalho.

Vivemos a era dos torcedores e sommeliers de remédio. Tem o da maconha, da cloroquina, da ivermectina, do ozônio e até os curiosos sommeliers de vacina, capazes de arbitrar sobre qual a melhor delas antes mesmo da conclusão dos estudos clínicos. Cada um desses grupos critica o outro como se estivesse falando o maior absurdo. Eu obviamente critico todos porque acredito apenas na ciência pura, em oração e no chá de boldo.

Do projeto todo do Dia Municipal da Maconha Terapêutica, o que mais me intrigava é entender por que 27 de novembro e não qualquer um dos outros 364 dias do ano. A explicação está no documento: "a escolha pelo dia 27 de novembro foi feita por movimentos antiproibicionistas, uma vez que neste dia também se comemora o dia de combate ao câncer". Explicado.

12 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 12 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • F

    Fabio Vilches

    ± 0 minutos

    Lamentável que estamos sustentando esse tipo de político!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    LUIZ HENRIQUE SOARES RODRIGUES

    ± 9 horas

    Empresas fechando, desemprego em alta, famílias sem ter o que comer ou saber de onde irão tirar o seu sustento, e o que fazem os políticos? Vamos lançar outro feriado, desta vez para a maconha? Esse país é inacreditável.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MARCIO ROGERIO DAVID

    ± 9 horas

    Olha o Projeto foi lançado em 27/11/2019. Será que o Suplicy ainda lembra que apresentou o tal? Ela faz uso há anos do medicamento...rs. Esse cidadão foi Senador por anos, sua maior contribuição: Viver cantando Bob Dylan no plenário. Parabéns SP. Mandamos o Tiririca pra Brasília, eles nos devolveram o excelentíssimo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    Gonzaga

    ± 11 horas

    Só mesmo a Madeleine para escancarar a maluquice de um Suplicy gagá que não deveria nem estar mais na vida pública . Ele deveria homenagear o dia do Gardenal

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Edilson francisco

    ± 12 horas

    Isso é falta de trabalho, não tem o que fazer e quando faz .faz,bobagem

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Juan Pablo da Cruz

    ± 13 horas

    Quando teu filho iniciar nas drogas com a maconha e for migrando até chegar ao craque e morar nas ruas não esqueçam de dar os devidos créditos ao PT, PSOL e etc

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    denise de sene

    ± 13 horas

    Veradores são inúteis e caros no Brasil. Quando não propoēm coisas ridículas como essa, gastam o tempo mudando o nome de ruas, praças e escolas....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MICHAEL GUSTAV ADOLF MULL

    ± 14 horas

    Aind bem que no município de SP está tudo sob controle e os vereadores , régiamente remunerados , tem tempo para votar uma bobagem do Supla...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • W

    WilsonRocker1964

    ± 14 horas

    Acho que não existe maconha terapêutica. Corrijam-me se eu estiver errado. O que utilizado nas terapias é o canabidiol que é extraído da Cannabis Sativa para fabricar medicamentos. Maconha é uma droga, ilícita, que faz mal para a saúde física e mental, feita com o THC que é extraído da mesma planta. Mas é o Suplicy, né? Está explicado.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • E

      Eduardo Oliveira

      ± 13 horas

      O THC é usado como medicamento para diversas doenças e condições, sendo o nome comercial, do fármaco mais famoso com esse ativo, Sativex.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    LABr

    ± 16 horas

    O Suplicy não tem mais o que fazer, não? Já que ele tá com esse tempo todo disponível sugiro o dia da arnica, do boldo, do capim santo, do mastruz, da beladona,da cânfora, da vinca, do alecrim e, por fim, do galho de arruda. Eita suplício!!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • E

      Eduardo Oliveira

      ± 13 horas

      Da cloroquina, da ivermectina, da xuca de ozônio, da ema, do Lair Ribeiro, da homeopatia, dos florais.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.