i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Mario Vitor Rodrigues

Foto de perfil de Mario Vitor Rodrigues
Ver perfil

Democratas: um exemplo a não ser seguido

  • Mario Vitor RodriguesPor Mario Vitor Rodrigues
  • 22/02/2020 21:48
Foto: TIMOTHY A. CLARY / AFP
Foto: TIMOTHY A. CLARY / AFP| Foto: AFP

Ecoou durante os últimos dias a notícia de que, segundo relatório das agências de inteligência americanas, os russos, assim como em 2016, buscam influenciar as eleições presidenciais deste ano. Furioso, o presidente Donald Trump criticou o parecer, tachando-o de teoria conspiratória. Para além do inconformismo no Salão Oval, o levantamento das agências expõe um detalhe sintomático na estratégia de Vladimir Putin em conduzir o presidente à reeleição: impulsionar o senador Bernie Sanders nas primárias democratas.

Não deveria ser difícil entender a motivação de Moscou em apoiar justo o candidato que se autoproclama “socialista democrático” à disputa pela Casa Branca. Razão e pragmatismo, contudo, são hoje conceitos estranhos ao espectro progressista nos Estados Unidos.

Embora o fator “vencer Trump” seja apontado pelas pesquisas como decisivo para a escolha do candidato, a convicção dos prepotentes pauta o caminho dos democratas. Nada parece interessar mais ao eleitor médio, especialmente em cidades de perfil liberal como Nova York, a não ser ver refletida na convenção do partido a quintessência dos valores progressistas. O encontro se dará em Milwaukee, em meados de Julho, no estado de Wisconsin.

É como se o eleitor democrata tivesse decidido copiar a receita adotada pelos republicanos para voltar ao poder: radicalizar. Não por acaso, na última sexta-feira Sanders usou a sua conta no Twitter para publicar: “Eu tenho uma novidade para o establishment Republicano. Eu tenho uma novidade para o establishment Democrata. Eles não vão conseguir nos interromper”. E ainda assim foi agraciado com uma importante vitória em Nevada.

O populismo é previsível, mas nem por isso deixa de ser eficiente. Resguardadas as particularidades em cada caso, a vitória de Trump se repetiu em diversos pleitos mundo afora, inclusive no Brasil. Os desafios que se apresentam aos democratas este ano, entretanto, tornam pouco provável a sua chance de sucesso.

A começar pelo aspecto estatístico. Até hoje, apenas cinco presidentes americanos não conseguiram se reeleger: William Taft, Hebert Hoover, Gerald Ford, Jimmy Carter e George H.W. Bush. Uma lista tão diminuta que, por si só, já daria a dimensão do favoritismo de Trump. Todavia, um detalhe relevante torna o panorama ainda menos alvissareiro para a oposição: em quatro dos cinco casos nos quais os mandatários não conseguiram permanecer na cadeira — Hoover, Ford, Carter e Bush — a economia americana passava por momentos de dificuldade ou recessão. Os Estados Unidos vivem hoje uma realidade de pleno emprego, com a menor taxa de desocupados em 50 anos.

Há também uma questão de estilo. Enquanto os candidatos democratas, em especial os senadores Bernie Sanders e Elizabeth Warren fundamentam suas mensagens nos ataques a Trump e falam para eleitores que já gravitam o ideário progressista, o presidente, sem deixar de provocar, foca em assuntos primordiais e comuns à toda sociedade: emprego, segurança e proteção das fronteiras. Não se esquece de pintar os rivais como uma ameaça à Segunda Emenda — a que resguarda o direito da população de manter e portar armas —, e espezinha um projeto de reformulação no sistema de saúde defendido por Sanders e Warren.

Sobre essa proposta — de longe o nódulo principal nas discussões do partido, já que para além de um custo na casa dos trilhões de dólares está previsto o fim dos planos de saúde privados —, não é à toa que o senador de Vermont tergiverse quando pressionado pelo ex-vice-presidente, Joe Biden, o ex-prefeito de South Bend, Pete Buttigieg, e a senadora Amy Klobuchar.

O sucesso de Donald Trump na última eleição deixou claro que na política tudo é possível. Sem entrar no mérito das nuances ideológicas e de modelos de governo que o termo abarca, quem sabe não estamos às vésperas de testemunhar o primeiro presidente americano socialista?

A maioria das pesquisas, hoje, aponta para derrotas do presidente contra qualquer um dos principais candidatos democratas. Por outro lado, vale lembrar que a disputa presidencial no sistema eleitoral americano não se resume ao voto popular: Trump perdeu por uma diferença de quase  três milhões de votos em 2016 e mesmo assim foi eleito.

Ainda no campo das consultas, uma recente, do instituto Gallup, revelou que apenas 47% disseram que votariam em um socialista para assumir a Casa Branca. Para termos de comparação, além de ser menos da metade, a hipótese perde para um presidente ateu (60%), um gay ou uma lésbica (76%), um judeu (93%), uma mulher (94%) ou um negro (96%).

É compreensível que esses cenários desanimem quem gostaria de ver uma mudança de rumos no comando de um governo americano, porém nada deveria incomodar mais do que a incapacidade dos democratas, e da esquerda americana em geral, em se conectar com quem discorda de sua visão de mundo.

Não que o Kremlin esteja reclamando.

11 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 11 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • L

    Luigi Tenco

    ± 13 horas

    Socialismo destruiu Cuba, Venezuela, Grécia... vai destruir os EUA também? Bernie é pereba de vaca, não pode ser presidente!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    VBSB

    ± 16 horas

    Pesquisa que Trump perde só do Instituto Lula! Patético esse FD.PT !!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    VBSB

    ± 16 horas

    Pesquisa que Trump perde só di Instituto Lula! Patético esse FD.PT !!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    marcelo bergerson

    ± 18 horas

    Alguém, por favor, avisa o gênio jornalista que o Trump já está reeleito sem subir no palanque. Pleno emprego e economia bombando, o resto é resto.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcos Ctba

    ± 18 horas

    Nao sei mas a pesquisa que Trump esta perdendo nas pesquisas deve ter sido a ibope folha e na porta dos democratas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Admar Luiz

    ± 22 horas

    Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcos Marcelo dos Santos

    ± 22 horas

    Meu querido, comece a aceitar que vai doer menos: É Trump 2020 e Bolsonaro 2022. Sem mais!!!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Carlos

    ± 24 horas

    Aceita que dói menos, meu amigo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • I

    IvoHM

    ± 24 horas

    Nesta coluna, Mario Vitor demonstra estar totalmente antenado, ligadão nas tendências mesmo. Ainda bem que temos o neto desgosto do avô Nelson Rodrigues para nos avisar que todas as pesquisas eleitorais, assim como há quatro anos, dão de barato que o Trump perde para qualquer candidato democrata. É o novo Caio Blind, o novo Jorge Atrasado, o novo Gugudada Lacra, a nova Carol *** Cementi, o novo Diogonista Mainardi, isto para ficar só nos correspondentes estrangeiros. E ainda tem o Arruinaldo Azedo. Todos eles agarantchiram que a Hillary ganhava de lavada. E também que o Bolsonaro perdia pra qualquer um no segundo turno. Cara você desbancou todos eles... PARE A DE PASSQAR VERGONHA, GAZETA!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    GUSTAVO_RJ_70

    ± 1 dias

    O comunista, opsss, o colunista para não variar distorce e omite. Vamos lá: o termo liberal nos EUA foi cooptado pela esquerda para facilitar a implantação do socialismo. De liberal mesmo não tem nada. Outra. Os tais 3 milhões de votos a mais dos demos em 2016 não contam porque nos EUA o que vale são os votos em colégios eleitorais. E mesmo assim, após pedido de recontagem pelos demos, viram que a conta começava a pender pro Trump, aí cancelaram o pedido. Ps. NÃO LIGO

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • I

    Ivan S Ruppell Jr

    ± 1 dias

    Até que enfim lemos um texto coerente e consequente em seus aspectos e conteúdos. Não que haja alguma preocupação com a incoerência da Esquerda, né...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.