Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Consumo de vinho em moderação tem diversos benefícios à saúde.
| Foto: Bigstock

Como os franceses, brindamos com a exclamação “saúde!” (santé!) e vinho no copo. Num átimo, a mais completa simbologia do reconhecimento pelas graças recebidas e os votos de que tudo corra bem no futuro. Compartilhando no presente o prazer pela companhia dos convivas e do inigualável e benfazejo vinho.

Desse modo, entramos no ano que começa com especiais votos de boa saúde a todos. De certo modo, como na alegoria bíblica que simboliza o renascimento da vida e da civilização. A imagem de Noé, após o Dilúvio Universal, a plantar uma videira e fazer vinho assim que desembarcou em terra firme. Daí em diante, Noé procriou, a civilização sobreviveu e deu seus primeiros passos, inspirada pelo vinho e com ele ao seu lado por todos os tempos – tanto como alimento quanto como bebida de prazer e elevação.

Nada mais reconfortante do que lembrar dos efeitos benfazejos do vinho na alimentação, como demonstram as evidências da boa saúde de populações que o têm em sua dieta. Evidência confirmada hoje pela ciência, cujas pesquisas revelaram, por exemplo, que os flavonoides, substância encontrada no vinho, especialmente o resveratrol, produzem vários efeitos cardiovasculares benéficos, como antioxidante, antiplaquetário e vaso dilatador. O resveratrol também seria importante agente da melhoria da capacidade reprodutora das células, ajudando um envelhecimento mais saudável.

Os médicos recomendam, evidentemente, consumo moderado, pois o excesso da bebida – como aliás qualquer excesso – é contraindicado. Converse com seu médico sobre as doses ideais. Um ou outro excesso, inevitável de quando em quando, dado o nosso impulso natural, cura-se no dia seguinte... e se o vinho for bom, dor de cabeça não dá, ao menos na minha experiência pessoal.

Bom, essa verdade quanto às saudáveis qualidades do vinho já havia sido proclamada por ninguém menos que Louis Pasteur, o célebre químico e microbiologista francês, nascido em 1822, reconhecidamente o pai das vacinas e da microbiologia. Desfrutemos então dos vinhos, irmanando ao prazer uma vida mais saudável. De fato, nas sábias e abalizadas palavras de Pasteur, “o vinho é a mais sã das bebidas”.

Vinhos para o verão 2021

Verão é a estação ideal para vinhos mais casuais, seja pelo calor ou pelos ambientes mais descontraídos. Bom para testar vários brancos e ir adicionando as melhores descobertas na sua lista. Sem esquecer dos rótulos já consagrados ao seu paladar.

  • Rosés são um encanto, seja pela cor ou pelo sabor amigável e estimulante. Além do mais, combinam com todos os ambientes, petiscos e refeições. Também não devem nunca doer no bolso. Escolha seus preferidos, refresque-os a cerca de 8°C e seja feliz.
  • Vinho Verde branco é sempre um dos melhores vinhos para o verão. Estimulante como poucos, vivaz, não pesa e cai bem em qualquer momento.
  • Espumantes e champagnes, tintos menos pesados, como em qualquer situação, nem precisa mencionar. Dos tintos, os Pinot Noir fazem a festa.
  • Refresque os brancos e rosés entre 6°C e 9°C. Brancos de alta qualidade, entre 10°C a 14°C. Tintos para o verão por volta de 16°C.

Safra brasileira de 2020

O ano que passou foi especialmente bom para os vinhos nacionais. A natureza foi generosa e propiciou condições climáticas ótimas para a colheita. Como resultado, a qualidade dos vinhos desta safra deve ser das melhores. Os conhecedores já estão a focar suas preferências e aquisições nos rótulos brasileiros na safra 2020.

Vinho em casa

O hábito de desfrutar do vinho em casa, não apenas para acompanhar refeições do dia a dia, mas sobretudo para confraternizar à mesa com a família ou alguns amigos cresceu muito. De início forçado pelo isolamento da pandemia, tornou-se afinal numa excelente descoberta e um novo e bem vindo hábito. Uma salutar tendência que se firma e continuar mesmo após o fim da pandemia.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]