Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Qual é o seu track record hoje?
Qual é o seu track record hoje?| Foto: Unsplash, Chris Liverani/Reprodução

Para muitos leitores este título pode soar como uma provocação. Mas na verdade, meu intuito aqui é provocar sim, mas uma reflexão honesta e desprovida de ego e vaidade. Eu já quebrei na vida e essa não é uma frase nada fácil de dizer. Sinceramente, em alguns momentos, sequer de pensar a respeito.

Acredito ainda que na verdade é o grande medo da maioria dos empreendedores. Mas entenda, o mais importante não é o que você vai fazer se quebrar, e sim o que vai fazer depois que quebrar.

Por mais desagradável e frustrante que essa experiência possa ser (e eu sei que é), o fato é que só quebra quem está tentando fazer algo, quem arrisca e sai da zona de conforto, quem tirar suas ideias do papel e corre atrás de um propósito, um objetivo. Logo, nada mais possível e até mesmo esperado do que cometer alguns erros no meio do caminho e sim, as vezes perder tudo ou parte do que investiu.

Pensando no pós-queda, digamos assim, quer se recuperar mais rápido? A minha dica é essa: revise suas habilidades e competências e foque nisso. Não fique tentando inventar a roda, porque isso só vai piorar tudo. Você é bom escrevendo, editando, se comunicando? Ótimo! Como você pode fazer pra rentabilizar isso?

Empreendedores são incomodados e insatisfeitos por natureza e isso dá a chance de se reinventar quase que diariamente, de buscar novos caminhos, de usar sua criatividade e coragem para recomeçar quantas vezes forem necessárias.

Por tudo isso, minha dica hoje para você que está lendo este artigo é: esteja sempre aberto as oportunidades. Se não der certo, pivote, mude a direção rapidamente e siga avançando rumo a superar cada obstáculo. De novo, só erra quem faz alguma coisa tentando acertar.

Além disso, são as suas experiências que vão te fazer um dia ser a pessoa que deseja. Qual é o seu track record hoje? Errar menos e acertar mais parece uma frase óbvia, mas o óbvio também precisa ser dito! Eu já errei, já cai em furadas, mas no final do dia, isso me fez querer buscar mais acertos e estudar melhor a terra antes de pisar.

Tudo é uma questão de perspectiva, e posso te garantir que se sentir um fracassado em nada vai ajudar no seu processo de recuperação e escalada. Olhe para cima, olhe para o alto, foque e vai.

A minha definição de track record: seu histórico de erros e acertos ao longo da sua trajetória. A ideia aqui, não é acertar sempre, aliás, isso é impossível! Mas no longo prazo, trata-se de não cometer erros velhos, mas sim aprender com eles. E na equação final, para alcançar sucesso que almeja, os seus acertos precisam ser maiores que os erros.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]