Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Derico e o amigo Jeff Sabbag, juntos na homenagem de saudades a Fábio Campana.
Derico e o amigo Jeff Sabbag, juntos na homenagem de saudades a Fábio Campana.| Foto: Foto: Divulgação

Retornando de compromissos em São Paulo para chegar em Curitiba exatamente no comecinho da tarde de domingo em Curitiba. E aí, o dilema: almoçar onde? Dilema, nada. Já antes de sair de lá entrei em contato e fiz reserva no Bar do Victor, da Praça da Espanha – que, aliás, para chamar corretamente, é a Praça do Victor.

Comi muito bem, como sempre se come lá, por preço bacana, como sempre se paga por lá e, na hora de ir embora, numa conversa com o Chico Urban, o proprietário da casa, ele me conta que tem novidade nesta quarta-feira: show do Derico.

Como assim? – e ele começou a me contar como seria. Àquela altura eu já estava com o texto do restaurante praticamente pronto na cabeça, pois fazia muito tempo que não ia lá, notadamente num domingo. A ideia seria começar falando da comida, dos bons vinhos e do atendimento impecável..., mas o fato novo mudou o rumo da conversa.

O novo foco é o Derico, claro, ótimo músico, baita bom caráter, que cativa o público desde os tempos do Programa do Jô (SBT e Globo) e que é um músico da primeira linha.

Então vamos aos detalhes, que é o que interessa. Será um momento de jazz, texto e MPB, em homenagem ao jornalista Fábio Campanha, infelizmente levado pela Covid-19, meses atrás.

Participarão João Frederico Sciotti, o Derico, no sax e Jeff Sabag, pianista, dono e gerente no Dizzy Café Concerto. Os dois são amigos próximos e combinaram se apresentar nesta quarta-feira (01/12), no Praça do Victor, das 18h às 21h. E ainda vão levar Ieda Godoy, que, nos intervalos de alguns clássicos mundiais apresentados, lerá pequenos textos de Campana.

O saxofonista Derico Sciotti participa de apresentação em homenagem ao jornalista Fábio Campanha, recém-falecido.
O saxofonista Derico Sciotti participa de apresentação em homenagem ao jornalista Fábio Campanha, recém-falecido. | Paloma Amorim

O evento está sendo chamado de 1ª Noite do Dizzy Café no Bar do Victor, com a recíproca já combinada de Chico Urban promover a 1ª Noite do Bar do Victor do Dizzy Café, com um prato de destaque do cardápio de seu restaurante no Dizzy por uma noite.

A apresentação está combinada para ser no agradável deck do restaurante, com direito a cardápio do UpStairs Wine Bar (que funciona no andar superior) e da Praça do Victor. Entre outros petiscos, Blinis de tapioca, Pastel, Porções de camarão, Camarões Thai e Camarões de Portugal. Com drinques, cervejas, espumantes e vinhos para beber.

Como o espaço é formidável, mas não muito grande, sugiro aos interessados que façam reserva antecipada, pois, certamente, será uma noite muito concorrida.

O almoço de domingo

Côngrio, Arroz de Siri, salada de folhas e batata-palha, do menu à la carte da Praça do Victor.
Côngrio, Arroz de Siri, salada de folhas e batata-palha, do menu à la carte da Praça do Victor. | Foto: Anacreon de Téos
No balde de gelo, um alvarinho. Não poderia faltar.
No balde de gelo, um alvarinho. Não poderia faltar. | Foto: Anacreon de Téos

Recado dado, prioridade cumprida com prazer, voltemos ao almoço deste domingo. Ao contrário do que ocorre de terça a sexta, quando também há a alternativa do Bufê (a R$ 96 o quilo) além do menu à la carte, aos sábados e domingos só mesmo no cardápio. Mas com direito a escolher entre todos os pratos clássicos dos tantos anos da casa, além de inserções mais novas, como o Arroz de siri, que foi a nossa pedida.

Foi criação da chef Eva dos Santos, que durante anos comandou a linha gastronômica do Grupo Victor e que recentemente deixou – de boa – a casa. No cardápio, estava na relação dos pratos para duas pessoas (a R$ 89) e quando pedi para o Galo – garçom e sommelier dali -, ele, bom vendedor, já me sugeriu incluir também um peixe, que poderia ser pescada membeca, côngrio, linguado ou salmão. E aí o prato sairia por R$ 164, só que, em vez de duas, serve muito bem três pessoas.

Pedimos, mas, antes, para não perder o costume, clamei por uma porção de Maionese de camarão (R$ 27 ou R$ 37, se vier com reforço), inigualável nesses tantos anos de funcionamento do estabelecimento.

Para acompanhar, na taça, um Alvarinho que aprecio muito, Varanda do Conde (R$ 138), que é trazido pela importadora Porto a Porto. Combinação perfeita e um resto de domingo em alto astral.

Maionese de camarão não pode faltar. Faz parte da historia do Bar do Victor.
Maionese de camarão não pode faltar. Faz parte da historia do Bar do Victor. | Foto: Anacreon de Téois

Do tradicional ao novo

Os cardápios do Bar do Victor (no São Lourenço, o mais antigo) e da Praça do Victor contemplam todos os padrões e atende a todos os gostos. São mínimas as diferenças entre eles, mas ali é possível encontrar tudo o que se deseja de frutos do mar.

Desde a composição original, que foca naqueles mesmos peixes a que me referi, com acompanhamentos da casa, chegando à mesa com uma porção de maionese de camarão, vinagrete de mariscos (aliás, deliciosos), camarões ensopados, arroz branco e fritas e mais duas casquinhas de siri e dois espetinhos de camarão (de R$ 209 a R$ 252, conforme o peixe, mas porções generosas, para mais de duas pessoas – que teriam apenas de dividir as casquinhas ou pedir mais (R$ 24 cada).

Mas também constam algumas criações mais recentes, que foram se incorporando com o passar dos tempos. Como o já citado Arroz de Siri, os Camarões de Portugal (lançado em 2016, confira o post aqui – R$ 145, duas pessoas), as moquecas capixabas de peixe, camarão, mista e de banana-da-terra – que podem se transformar em moquecas baianas, caso o cliente deseje, com a inclusão de azeite de dendê e leite de coco.

Ainda tem Strognoff de camarão (R$ 124) e um Bacalhau da casa (R$ 129) que é de dar água na boca, entre outros tantos. Todos pratos para duas pessoas.

Portanto, escolhas para contentar a todos os paladares. Para todos os dias e, no caso, especialmente nos fins de semana.

Mas, antes disso, reforçando, tem a noite especial na quarta-feira. Que certamente deve atrair os tantos admiradores de Fábio Campana, que não devem escapar de se emocionar.

Imperdível, não é?

Praça do Victor

Rua Saldanha Marinho, 1650 – Bigorrilho (Praça da Espanha)

Fone: (41) 3076-0720

WhatsApp: (41) 9880-33907 / 99708-0672

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=

Entre em contato com o blog:

Blog anterior: http://anacreonteos.blogspot.com/

Twitter: http://twitter.com/AnacreonDeTeos

E-mail: a-teos@uol.com.br

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]