Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Escabeche de carne feito em casa. Com finas tiras de lagarto, ideais para servir no pão (A louça é da @1832amo_ceramica.).
Escabeche de carne feito em casa. Com finas tiras de lagarto, ideais para servir no pão (A louça é da @1832amo_ceramica.).| Foto: Leticia Akemi/ Gazeta do Povo

Essa é uma daquelas receitas que marcam a infância. Especialmente dos mais antigos, pois o passar dos anos fez com que algumas referências clássicas da nossa gastronomia fossem ficando para trás.

Mas tenho certeza que muitos vão se lembrar de alguma passagem em família, da receita da avó, da tia, daquela cozinheira que sabia tudo de temperos e sabores. Para estes, a ideia é mexer com a memória gustativa e sugerir um mergulho no passado. Para os mais novos, que talvez nem tenham ouvido falar do assunto, a meta é provocar e sugerir um sabor ainda desconhecido, mas certamente dos mais atraentes.

Estamos falando de escabeche, que tanto pode ser de carne quanto de peixe (de sardinha é clássico) e tem até de berinjela. A palavra teria vindo do árabe “sicbédj”, que significa alimento com vinagre. Pois era essa a maneira que os antigos, principalmente os navegantes, encontravam para conservar os alimentos durante os longos e demorados percursos pelo mar. No vinagre.

Para os portugueses, o escabeche de sardinha está por toda parte e é comum também em parte do Brasil. Aqui mais para o Sul, especialmente no interior do Paraná, o que marcou foi o Escabeche de carne, feito com a carne bem cozida em mistura de vinagre, intercalada com um molho que combina cebola, alho, azeitonas, anchovas em conserva (aliche), louro, cheiro-verde e azeite, muito azeite.

Fácil de fazer, só exige um pouco de tempo para preparar a carne. Mas tempo é tudo o que temos nesse período de isolamento social, não é? E daí é só misturar as fatias com o preparado de cebolas, alternando camadas, e guardar na geladeira para quando quiser utilizar. Como entrada, na salada, no pão... são muitas as alternativas.

Mas primeiro é preciso fazer.

Vamos lá, então?

Escabeche de carne. Receita antiga, de família, e deliciosa.
Escabeche de carne. Receita antiga, de família, e deliciosa. | Foto: Leticia Akemi/ Gazeta do Povo

Escabeche de carne

Por Anacreon de Téos
Tempo de preparoDemorado, com o cozimento da carne.
Rendimento10 porções
PreparoMédio

Ingredientes

  • 250g de vinagre de vinho
  • 250g de água
  • 800g de lagarto em um só pedaço
  • 1½ xícara de azeite de oliva
  • 1,2 kg de cebola branca cortada em fatias
  • 4 dentes de alho picados
  • Sal
  • Pimenta branca em grão
  • 6 colheres (sopa) de cheiro-verde picado
  • 2 folhas de louro
  • 1½ xícara de azeitonas verdes sem caroço, fatiadas
  • 10 filés de anchova em conserva, picados
  1. Misture vinagre e água em uma panela e ponha a carne para cozinhar em fogo bem baixo, até secar completamente o líquido (pode ser também na panela de pressão por cerca de 30 minutos). Deixe esfriar, leve à geladeira por um dia e corte em fatias finas (de preferência em um cortador de frios).
  2. Refogue a cebola e o alho em azeite e deixe esfriar.
  3. Misture todos os demais ingredientes e tempere com sal a pimenta (observe que as azeitonas e as anchovas já são salgadas).
  4. Monte o prato com uma camada de carne e outra do molho, até finalizar.

Dicas

  • As fatias de carne devem ser cortadas bem finas, por isso a recomendação do cortador de frios. Caso encontre dificuldades no processo há a possibilidade de comprar a carne já fatiada em rotisserias, como a Saint Germain, que vende a R$ 79 o quilo do lagarto finamente fatiado. Geralmente tem nas lojas, mas se encomendar antes não precisa aguardar o tempo de fatiamento.
  • Recomenda-se utilizar cebolas brancas fatiadas e não as roxas, pois estas mancham o molho e a carne.
  • Azeite é à vontade mesmo. Depois de finalizar e empratar o escabeche dá até para regar com azeite antes de levar para a geladeira.
  • Na hora de servir sugere-se retirar com tempo do frio, para que o azeite volte ao estado líquido. Não é exigência, pois também pode servir como está que ele se estabiliza em seguida, no prato ou no sanduíche.
  • O lagarto também é conhecido como posta branca ou tatu, conforme a região do país.

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=

Entre em contato com o blog:

Blog anterior: http://anacreonteos.blogspot.com/

Twitter: http://twitter.com/AnacreonDeTeos

E-mail: a-teos@uol.com.br

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]