Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Moscow Mule, o drinque de sucesso do momento agora chega ao mercado enlatado e pronto, lançado pela Hambre.
Moscow Mule, o drinque de sucesso do momento agora chega ao mercado enlatado e pronto, lançado pela Hambre.| Foto: Divulgação

Desde a primeira experiência, em 2019, o Hambre Gin cativou os aficionados pela icônica bebida. A partir dos prêmios, que começaram a chegar em 2020, e apesar da pandemia, a marca se expandiu, abrindo espaço para novos produtos, como o Negroni pronto e engarrafado, o Profano (confira aqui), antecipando a chegada de um novo gin, com mais ervas, mais folhas, o rótulo negro do Hambre, o Libre (escrevi na ocasião).

A destilaria teve suas instalações ampliadas, com a chegada de novos equipamentos para dobrar a produção.
A destilaria teve suas instalações ampliadas, com a chegada de novos equipamentos para dobrar a produção. | Foto: Anacreon de Téos

O crescimento das vendas e das experiências forçou a natural expansão, o que foi possível com o aluguel ao barracão situado ao lado da fábrica, em Pinhais, para que novos produtos pudessem ser criados e lançados. Como um drinque enlatado, com todo o jeito de verão, de festas e de Carnaval (que se aproxima).

Sim, pode ser novidade por aqui, mas é bem comum na Europa e, principalmente, nos EUA, onde há considerável gama de coquetéis engarrafados e em sachês (semiprontos). Tanto que os números de comercialização por lá andam em torno de US$ 8 bilhões.

drinks em lata
Latinhas de coquetéis embaladas e prontas para serem encaminhadas aos pontos de venda. | Foto: Anacreon de Téos

Os novos coquetéis da Hambre adotaram um termo na moda, entre os mais jovens, “Dale”, uma linguagem do rolê. Certo até que já existem alguns drinks em lata por aí, mas a diferença do Dale é que são feitos somente com ingredientes naturais e orgânicos. Embora tenham graduação alcoólica duas vezes maior do que o conteúdo de uma lata de cerveja, apresentam uma percepção praticamente nula de álcool no sabor.

Por enquanto há apenas duas composições de drinks em lata da Hambre no mercado: Moscow Mule e Pink Vodka Lemonade. Ambos têm a vodca como bebida destilada de fundo e, para tal, a Hambre teve de ampliar a destilaria para começar a produzir a própria vodca, que não é comercializada separadamente e serve apenas para abastecer as composições dos drinques lançados e dos que ainda virão.

O Moscow Mule é hoje um dos coquetéis mais bebidos no mundo. Criado em 1939, nos Estados Unidos, na época da “guerra fria”, para fomentar as vendas da vodca russa em território norte-americano, marcou pelo sabor de gengibre e pelo fato de ser servido em canecas de cobre. Na última década ganhou o paladar do brasileiro e se tornou o queridinho dentre os drinques clássicos apresentados pelos bartenders.

O Moscow Mule da Hambre é feito a partir de gengibre, limão e vodca e todo o gengibre utilizado na receita é processado na destilaria naturalmente.

Já a Pink Vodka Lemonade foi pensada para atingir o desejo dos apreciadores das bebidas mais doces. Tem o apelo das frutas vermelhas e acompanha a tendência mundial, a combinar morango orgânico e limão, criando um sabor específico e único.

As latinhas já foram distribuídas no mercado e podem ser encontradas em estabelecimentos como Casa Fiesta, Festval, Adega Brasil, Adega Mufs e Distribuidora Fanny.

O preço sugerido para a linha de drinks em lata é R$ 9,90 e dois novos sabores serão lançados no próximo abril: Green Apple e Citrus.

drinks em lata
Green Apple, o próximo coquetel a ser lançado no mercado pela Hambre. | Foto: Divulgação

Vesper Micro Destilaria - Hambre Gin

Rua 25 de Dezembro, 230 - Pinhais

Fone: (41) 3033-4385

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=

Entre em contato com o blog:

Blog anterior: http://anacreonteos.blogspot.com/

Twitter: http://twitter.com/AnacreonDeTeos

E-mail: a-teos@uol.com.br

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]