i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Paraná S.A

Foto de perfil de Paraná S.A
Ver perfil
Emprego e renda

Em meio à pandemia, cooperativa vai contratar 2,2 mil pessoas

  • Por Célio Yano
  • 04/05/2020 09:30
C.Vale
Cooperativa fará contratações para as cidades de Umuarama e Assis Chateaubriand| Foto: C.Vale/Divulgação

Mesmo no cenário de incertezas provocado pela pandemia do novo coronavírus, a cooperativa paranaense C.Vale anunciou que manterá o plano de investimentos e abrirá 2,2 mil novos postos de trabalho. As contratações, para as cidades de Umuarama, no Noroeste do Paraná, e Assis Chateaubriand, no Oeste, devem ocorrer até o fim do ano.

RECEBA notícias do Paraná pelo WhatsApp

“Nesses tempos de coronavírus, a primeira preocupação das pessoas é com a saúde”, diz o presidente da cooperativa, Alfredo Lang. “A segunda é com a manutenção de sua fonte de renda”, completou, ao anunciar as contratações em uma mensagem divulgada a colaboradores e associados na sexta-feira (1º) por ocasião do Dia do Trabalho.

Em Umuarama, a cooperativa pretende contratar cerca de duas mil pessoas a partir de julho. Os postos serão criados com a reativação de em um frigorífico da extinta Averama, arrendado por uma joint-venture da C.Vale com a Pluma Alimentos.

De acordo com a cooperativa, a maior parte dos cargos será operacional, para atuação em linha de produção, estocagem, expedição, processamento de frango e outras áreas.

Já em Assis Chateaubriand, a C.Vale pretende inaugurar ainda em 2020 um hipermercado cujas obras tiveram início no ano passado. Entre os 200 profissionais que serão contratados estão operadores de caixa, repositores, açougueiros e padeiros, entre outros.

5 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 5 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • E

    EDUARDO SABEDOTTI BREDA

    ± 21 horas

    Essa Cooperativa gera muitos empregos, diretos e indiretos, e está se expandindo fortemente por vários Estados. Sorte que desenvolve atividade com intenso uso de mão-de-obra.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Maquiavel

    ± 1 dias

    Enquanto isso os Nutella ficam em casa com medo de ficar doentinhos...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Neto

    ± 1 dias

    A Gazeta poderia mostrar os setores do país que não pararam com a pandemia, como agroindústria, construção civil, energia e telecomunicações, logística, etc. Graças a Deus a campanha de pânico e terror não atingiu em cheio as pessoas que trabalham nesses setores. Muitas vezes me sinto privilegiado, sem dúvida, nas de certo modo envergonhado de ficar trancado em casa quando poderia estar contribuindo como essas pessoas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • E

      EDUARDO SABEDOTTI BREDA

      ± 21 horas

      Faça como muitos, saia de casa protegido e toque a vida.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Mário Kume

    ± 1 dias

    Gostei da reportagem. Assim deveremos seguir gerando empregos. É um grande exemplo...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.