Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Loja física do V1, app de aluguel e assinatura de carros,mostrando carros à frente e logo ao fundo.
Aluguel dos carros pelo V1 poderá ser feito em estações espalhadas pela cidade.| Foto: Divulgação/Ebraim Martini

Aproveitando o crescimento dos segmentos de aluguel e assinatura de veículos, a VIX Logística, empresa capixaba que trabalha há 50 anos com gestão de frotas, fretamento, aluguel de carros e logística automotiva e dedicada, decidiu investir R$ 15 milhões para trazer para Curitiba o V1, aplicativo de mobilidade voltado para o aluguel e a assinatura de veículos.

O app, que será lançado oficialmente no dia 10 de novembro, permite que trâmites das duas operações sejam feitos de forma digital, facilitando e agilizando os processos. No caso do aluguel, ele vai funcionar como as plataformas de compartilhamento de bicicletas, com estações espalhadas pela cidade. Já para a assinatura, haverá uma loja específica para que os usuários busquem os veículos.

O investimento anunciado corresponde apenas ao início da operação, que envolve uma frota de 150 veículos de diversas categorias, além da loja com atendimento presencial e duas estações de aluguel localizadas em postos de combustíveis. “No primeiro mês, entramos com esse investimento e com uma empregabilidade inicial de 20 pessoas. Se percebermos que o negócio deu certo, pretendemos potencializar o investimento nos próximos meses”, conta o gerente de operações e inovação da VIX Logística e do V1, Leonardo Ballestrassi.

O objetivo, conforme o porta-voz, é esgotar o estoque de carros por assinatura até o fim do ano e chegar a 10 estações de aluguel nos primeiros meses de operação. Para isso, novas parcerias estão em negociação, como uma com a Urbs, para que um dos pontos de aluguel fique dentro da Rodoviária de Curitiba, e outra com a rede Condor, para que outros sejam instalados no estacionamento de algumas lojas da rede.

O foco da operação em Curitiba é nos moradores da cidade ou visitantes. Contudo, Ballestrassi entende que a capital paranaense pode funcionar como base para negócios com usuários de outras localidades, já que os veículos não precisam circular apenas dentro dos limites do município.

Como funciona

Tanto para alugar quanto para usar o serviço de assinatura, o usuário deverá baixar o aplicativo e fazer um cadastro, que será analisado pela empresa.

No caso do aluguel, em poucos minutos o cliente já estará habilitado para retirar o carro escolhido em uma das estações. Isso é feito liberando o veículo com o QR-Code aplicado nele. A devolução também é feita nas estações. Quem preferir poderá usar um serviço de leva e traz para retirar e devolver o carro alugado.

Além da digitalização da operação, o aplicativo permite que os usuários aluguem o carro por 12 horas. Em geral, o período mínimo é uma diária completa, o que, por vezes, acaba sendo mais do que o usuário precisa. “Em Vitória, onde já operamos, a meia diária corresponde a 40% do que temos vendido”, diz Ballestrassi.

O serviço de assinatura, por sua vez, terá duração mínima de 12 meses e máxima de 24. Os trâmites para liberar o carro podem durar em torno de três dias. Quando a assinatura estiver aprovada, o cliente deverá se dirigir à loja do V1, localizada no Shopping Estação, onde vai receber as chaves e ser orientado sobre o contrato e o próprio veículo.

| Divulgação/Ebraim Martini
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]