Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
A unidade da DB em São José dos Pinhais tem 7.400 m² de área construída e funciona 24 horas. Na planta, foram investidos R$ 20 milhões.
A unidade da DB em São José dos Pinhais tem 7.400 m² de área construída e funciona 24 horas. Na planta, foram investidos R$ 20 milhões.| Foto: Camila Machado.

Inaugurou nesta quarta-feira (4) o mega laboratório Diagnósticos do Brasil (DB), em São José dos Pinhais. A empresa, que começou no Paraná, tem oito anos e é a líder brasileira no quesito laboratório exclusivo de apoio - o que significa dizer que não atende o consumidor final mas, sim, é especialista em prestar serviços de terceirização de exames de análises clínicas.

Na cartela de clientes, são mais de 5 mil laboratórios. A unidade recém-inaugurada na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) tem capacidade para processar 5 milhões de exames por mês, em um ano, são 60 milhões.

"No momento, estamos processando 3,5 milhões de exames/mês nesta unidade, abaixo da nossa capacidade total. No entanto, somando as outras sedes que temos no país, são 7 milhões, o que já nós faz líderes no mercado nacional", explica Deivis Junior Paludo, gerente de relacionamentos do Diagnósticos do Brasil.

Capilarização

A DB concentra seus serviços em três unidades técnicas. Além do Paraná, está presente também em São Paulo, em Sorocaba, e em Pernambuco, no Recife. Em São Paulo também estão a DB molecular e a DB Patologia. Há ainda 40 unidades regionais de atendimento distribuídas em diferentes estados.

Além da estrutura física, o laboratório conta com uma logística exclusiva, com mais de 400 rotas que atendem, aproximadamente, 1.800 cidades. A empresa tem 400 carros adaptados para o transporte de amostras biológicas nas condições ideais de resfriamento ou congelamento, como pedem as normas da RDC 20 e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A capilarização tem um motivo: aumentar a eficiência na entrega dos resultados. "Estamos lidando com a saúde das pessoas. A rapidez nos nossos processos e no transporte dos exames - por isso a proximidade do Aeroporto Afonso Pena - é essencial. Além disso, menos tempo também significa maior preservação da amostra, trazendo ainda mais confiabilidade aos resultados", explica Paludo.

Estrutura

A unidade da DB em São José dos Pinhais tem 7.400 m² de área construída, funciona 24 horas e tem sua estrutura operacional espelhada às unidades de Sorocaba e Recife. Na planta, foram investidos R$ 20 milhões. Atualmente, a unidade emprega 500 funcionários, mais planeja dobrar este número.

O alto nível de automação no local - a linha de produção one way - possibilita que os exames fiquem prontos em um prazo de 2 a 4 horas - tempo do TAT da unidade (tempo de atendimento total).

Expansão

Além dos investimentos no Paraná, as unidades técnicas de Sorocaba e Recife irão passar por ampliações nos próximos meses. Para completar, o DB está iniciando as obras de sua unidade especializada em exames de toxicologia, espaço com mais de 3.500m² que receberá um investimento de R$ 30 milhões.

No total, 1.200 funcionários trabalham para a DB em todo o Brasil.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]