Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Rumo
| Foto: Divulgação

Gigante da logística ferroviária nacional, a Rumo, empresa com sede em Curitiba, anunciou acordo com o governo do Mato Grosso para a construção de uma ferrovia de 730 quilômetros entre Rondonópolis (na região sul daquele estado) e Lucas do Rio Verde (porção centro-norte), com ramal ligando a via à capital Cuiabá.

De acordo com a empresa, o projeto, de grande porte, custará entre R$ 9 bilhões e R$ 11 bilhões e a previsão inicial é que o primeiro terminal opere entre 2025 e 2026. A conclusão da extensão está prevista para 2030. A Rumo indica que o contrato permitirá à empresa a gestão do trecho por 45 anos, prorrogáveis por mais 45.

A operação traz uma novidade. Diferentemente do que acontece na maior parte dos contratos deste tipo do Brasil, a construção é em regime de autorização, e não concessão. Com isso, a construção se torna totalmente privada, sem aportes ou compartilhamento de riscos com o estado.

A nova operação da empresa de logística é um complemento de um trecho que já opera, ligando Rondonópolis ao Porto de Santos. A região é um dos principais cinturões do agronegócio brasileiro.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]