i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Paraná S.A

Foto de perfil de Paraná S.A
Ver perfil
Privatização

Saiba quais empresas estão na briga para comprar a Repar, em Araucária

  • 22/09/2020 16:11
Refinaria Presidente Getúlio Vargas, em Araucária
Refinaria Presidente Getúlio Vargas, em Araucária| Foto: Ivonaldo Alexandre/Arquivo/Gazeta do Povo

A Petrobras informou, nesta terça-feira (22), que três empresas estão na fase vinculante (uma das mais avançadas no processo, em que as propostas são feitas de fato) para a compra da Refinaria Presidente Getúlio Vargas, a Repar, em Araucária. De acordo com a estatal, seguem no trâmite a Ultrapar Participações S.A., um consórcio liderado pela Raízen S.A. e a China Petroleum & Chemical Corporation (Sinopec).

LEIA MAIS sobre empresas paranaenses

A Raízen é a maior produtora de etanol e cana-de-açúcar no país. Brasileira, ela foi formada da união entre o braço no país da fabricante e distribuidora holandesa de combustíveis Shell e um fundo brasileiro chamado Cosan. Também brasileira, a Ultrapar atua nos setor energético e é mais conhecida pelas marcas Ipiranga (dos postos de combustíveis) e Ultragaz.

Única estrangeira na disputa, a também bilionária Sinopec atua com produtos químicos e derivados de petróleo, fabricando combustíveis e gás. A chinesa tem atuação no Brasil desde 2004.

Segundo a Petrobras, duas dessas empresas enviaram propostas de valor próximo para a compra da Repar e que, por isso, “fará uma nova rodada de recebimento de propostas vinculantes, com amparo na Sistemática de Desinvestimentos da Petrobras”.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 2 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • M

    Maquiavel

    ± 0 minutos

    Chinesada comunista?? Tá loco meu!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Afonso Celso Frega Beraldi

    ± 2 horas

    Pelo amor dos meus anzois. Nos livrem da empresa chinesa. Nao a Sinopec! Freiar a China eh imprescindivel para o mundo (ainda) livre. Quem vai torcer pela chinesa será o Rodrigo Maia, capacho deles.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.