i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Paraná S.A

Foto de perfil de Paraná S.A
Ver perfil
Em mais de 50 cidades

Aplicativo de startup paranaense permite renovar cartão de estacionamento pelo celular

  • PorIara Maggioni, especial para a Gazeta do Povo
  • 08/01/2020 10:34
Aplicativo de startup paranaense permite renovar cartão de estacionamento pelo celular
| Foto: Divulgação

Colocar em prática o conceito de Cidades Inteligentes a partir da digitalização do serviço de Estacionamento Rotativo. Essa é a proposta da Startup paranaense Estar Digital, que nasceu em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, e hoje está presente em mais de 50 cidades do Brasil, sendo quatro no Paraná.

O serviço básico da empresa moderniza o controle de espaços públicos onde motoristas precisam pagar para estacionar. São os chamados Estacionamentos Rotativos – em Curitiba, o conhecido Estar. A empresa oferece aos municípios uma série de opções para modernizar não só uso do Estar, como também a fiscalização dos agentes de trânsito, a produção de relatórios financeiros, entre outros serviços.

Para os motoristas, a principal vantagem é ter, no celular, a opção de pagar o estacionamento rotativo, de quitar eventuais dívidas com a prefeitura ou mesmo de renovar o período de serviço. As funções estão disponíveis em um aplicativo, que pode ser baixado nas lojas Google Play e Apple Store. Com uso de cartão de crédito ou débito, o condutor do veículo faz o pagamento. Tudo sem precisar usar os conhecidos “bloquinhos de papel”.

Para o CEO da Estar Digital, Antônio Carlos Domingues de Sá, a comodidade é a principal vantagem ao consumidor. Ele explica que quando um motorista precisa estender o tempo de estacionamento devido a uma reunião, por exemplo, pode solicitar mais uma hora de uso sem precisar correr para trocar o cartão físico do estar – fazendo tudo pelo celular.

Outra vantagem do aplicativo é que ele pode ser programado para atender outras demandas.  É possível, por exemplo, que a plataforma também notifique a existência de multas junto a órgãos de trânsito, informe sobre necessidade de pagamento do IPVA (Imposto sobre Propriedade Veicular Automotiva), entre outras funções.

Fim do bloquinho?

À primeira vista, pode-se imaginar que a automatização do serviço de Estacionamento Rotativo visa exterminar o uso dos bloquinhos de papel para controle do espaço público. No entanto, Antônio Carlos explica que é possível que as duas formas de controle e cobrança coexistam.

O CEO conta que muitas prefeituras veem a necessidade de manter os dois produtos, especialmente para não prejudicar cidadãos não habituados com a tecnologia. Apesar dessa possibilidade, a startup sugere a substituição gradativa do papel.

A solução estaria, então, em unir esforços com o comércio local. “Os comerciantes podem ativar as vagas sob demanda do motorista que não tem aplicativo”, explica o CEO da Startup. A sugestão é que, em cada quadra onde há estacionamento regulamentado, exista um estabelecimento comercial que ofereça o serviço aos cidadãos, através de um equipamento do Estar Digital – semelhante às máquinas de cartão de débito ou crédito.

Em contrapartida, o comerciante pode utilizar esses equipamentos para vender seus próprios produtos, sem custo algum. Ou seja, o empresário usa o dispositivo para desbloquear vagas aos motoristas que não têm smartphones e pode vender balas, livros, sanduíches ou quaisquer outros produtos. O comerciante paga apenas as taxas de débito e crédito, sem cobrança extra pela utilização da máquina.

Atualmente, a cidade de Ponta Grossa é 100% digital para o serviço de estacionamento regulamentado. Desde o fim do ano passado (2019), há uma rede de pontos de venda que está apta para prestar o serviço à população. Ponta Grossa já utiliza o Estar Digital há dois anos e meio. Foi o primeiro município a contratar a empresa.

Fiscalização mais eficaz

Mas as vantagens não são apenas para os motoristas. O poder público ganha em eficiência e economia de recursos. O Estar Digital permite, segundo o CEO da empresa, aumentar a produtividade de um agente de trânsito em 25 vezes.

A explicação está em um equipamento acoplado a câmeras e que fica instalado em cima de um veículo oficial. A tecnologia possibilita que o equipamento faça leitura da placa de todos os carros estacionados e também daqueles que estão na pista de rolamento. Basta que o veículo oficial mantenha, no máximo, velocidade de 55 km/h.

O sistema, então, verifica que há carros estacionados irregularmente, bem como se automóveis em circulação são fruto de roubo ou estão com pendências junto a órgãos de trânsito. “Eu consigo sofisticar e turbinar o elemento fiscalizatório. Além disso, consigo fazer rastreamento de veículos da pista de rolamento – tendo um subproduto voltado à segurança e ao trânsito – uma vez que verifico carros com IPVAs vencidos, roubados, furtados, que podem ser disponibilizados em sistemas de segurança urbana”, explica Domingues de Sá.

O CEO da Estar Digital afirma que esse conjunto de possibilidades mostra que o conceito de Cidades Inteligentes não é papo furado e pode ser colocado em prática. “É muita conversa abstrata e pouca mão na massa. Mas a gente enxergou no Estar Digital um hub de possibilidades, de funcionalidades, para que a partir dele consigamos chegar até o cidadão”, completa.

O negócio

Atualmente, a empresa desenvolve soluções para 56 cidades. Algumas estão em fase de implementação do sistema, outras, como Ponta Grossa, já aderiram a todas as funcionalidades.

A Estar Digital está em 11 estados do país. No Paraná, são 1,2 milhão de pessoas com acesso à plataforma. Além de Ponta Grossa, a empresa está presente em Guarapuava, região centro sul do estado, Araucária e Campo Largo, que ficam na Região Metropolitana. A Startup também tem sede operacional em Curitiba e está chegando também em São Paulo.

Atualmente, a empresa participou do Edital de Credenciamento promovido pela prefeitura de Curitiba para analisar empresas que fazem a automatização de processos do Estacionamento Regulamentado. De acordo com Antônio Carlos, ainda não há uma data para que a Urbanização de Curitiba (Urbs) dê um posicionamento aos interessados no negócio.

4 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 4 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • ██

    ± 0 minutos

    E pensar...que em curitiba,,,vc precisa dormir na fila para tirar um simples RG.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Eduardo

    ± 17 horas

    Startup??? Essa ideia funciona há alguns anos aqui em Chapecó.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    Guilherme Pereira

    ± 20 horas

    Curitiba nunca irá se utilizar da modernidade do Estar Digital pelo simples fato que a Prefeitura lucra rios de dinheiro sem eles pq todo o mundo não iria mais ter que sair correndo para procurar estar e quando voltar uma multa no carro! Os prefeitos adoram quando mais arcaico for melhor para eles, mais multas para o povo! 10 anos que existe este sistema digital e Curitiba na contra mão!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.