i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Pedro Menezes

Foto de perfil de Pedro Menezes
Ver perfil
Em alta

O liberalismo entre esquerda e direita

  • Pedro MenezesPor Pedro Menezes
  • 05/01/2021 22:01
O liberalismo entre esquerda e direita
O liberalismo entre esquerda e direita| Foto: Pixabay

O liberalismo está em alta. Quase dez anos atrás, quando comecei a me envolver com o então nascente movimento liberal, o rótulo era maldito. Poucos tinham coragem de se descrever assim. De lá pra cá, o jogo virou.

Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, criou o “Instituto Conservador Liberal”. O PPS, uma das siglas que disputava a herança do velho “Partidão”, mudou o nome para Cidadania, e trocou o socialismo pelo liberalismo como matriz ideológica. O PSDB, que historicamente rejeitou o rótulo de liberal quando esteve no governo, agora tem lideranças que se descrevem como liberais. E o DEM, que tirou a palavra “liberal” do seu nome, também quer reivindicar a mesma tradição ideológica.

Em meio a tamanha confusão, surgem diagnósticos tão enfáticos quanto incorretos, como “Fulano não é liberal, pois não existe liberal conservador” ou “Beltrano é de esquerda, portanto não pode ser liberal”. Outros argumentam que, se há liberais na esquerda e na direita, é porque a palavra “liberalismo” perdeu seu significado. Ou que o Brasil estaria entrando no caminho dos Estados Unidos, onde “a esquerda roubou o termo liberal”.

Muitas pessoas que respeito e reputo como inteligentes repetem alguma das opiniões descritas neste parágrafo – que, como pretendo demonstrar a seguir, são incorretas. Inclusive o Mercado Popular, site que editei por alguns anos, já publicou um texto argumentando que não existe liberalismo conservador. Mas existe, sim. Assim como existe liberalismo de esquerda.

Tanto o liberalismo de esquerda quanto o liberalismo conservador existem há séculos, desde a concepção do liberalismo. E existem como prática política e ideologia. Não me refiro a um episódio histórico isolado, mas a um padrão observado em vários países e vários períodos históricos diferentes.

Exemplos não faltam. Comecemos pelo início. Nenhuma instituição foi mais importante para a formação do liberalismo do que o Partido Liberal britânico. Sua história começa em 1831, quando o Parlamento britânico aprovou uma reforma que expandia o direito de voto. A reforma abalou a sociedade local, com direito a motins na rua e intenso debate no espaço público. Foi assim que três grupos políticos favoráveis à reforma – Whigs, Radicals e Peelites – começaram a se aproximar. Esses três grupos primeiro se reuniram num clube de debates, o Reform Club, e depois fundaram o Liberal Party em 1859.

O grupo era muito diferente entre si. Os Radicals foram pioneiros do que hoje chamamos de esquerda. Inclusive já usavam o vermelho como cor antes dos socialistas. Eram progressistas, reformistas e utilitaristas. Já os Whigs eram a ala mais reformista do establishment político britânico, em geral constitucionalistas e aristocratas – Edmund Burke, pai do conservadorismo moderno, era um Whig, mas morreu antes, em 1797. Fechando a tríade, os Peelites eram uma facção do Partido Conservador que se destacava pelas posições anti-protecionismo e pró-mercado.

Havia, porém, uma frouxa unidade entre os fundadores do Partido Liberal britânico. Em especial, acreditavam que um debate livre, construtivo, racional e tolerante era o melhor veículo para o progresso humano. Não por acaso, o partido foi fundado por um clube de debates. A defesa da liberdade já estava presente no discurso, mas as concepções de liberdade eram diversas desde o primeiro momento. O mesmo vale para outras ideias defendidas pelos primeiros liberais, como a democracia – uns defendiam o sufrágio universal, outros lutaram para manter restrições ao voto.

Liberais de esquerda, como os Radicals, e direita, como os Peelites e muitos Whigs, existiram desde o primeiro momento. Essa diversidade interna se manteve durante boa parte da história do Liberal Party. O partido abrigou imperialistas e anti-imperialistas, abolicionistas e escravistas, ajudou na criação do Partido Trabalhista e da NHS, mas não via problema em se aliar a conservadores.

Ainda no Reino Unido, o debate entre Hayek e Beveridge já foi tema de coluna minha aqui na Gazeta. Trata-se de mais um dos muitos debates internos que caracterizam a história do liberalismo por lá.

Essa avaliação não se limita à Inglaterra. Já que acabei de escrever sobre a origem do Liberal Party, vale a pena lembrar a origem dos termos direita e esquerda em sua acepção política. Eram os lados nos quais se sentavam os parlamentares da Assembleia Nacional francesa. Frédéric Bastiat, famoso liberal francês que até hoje é sucesso de vendas no Brasil, sentava-se à esquerda.

No Brasil, também tivemos um Partido Liberal no século 19. Talvez o leitor saiba que liberais brasileiros lideraram o movimento abolicionista no Brasil. Mas uma observação mais atenta mostra que também haviam liberais escravistas, que inclusive – qualquer semelhança não é mera coincidência – denunciavam os liberais abolicionistas como socialistas envergonhados. O mesmo ocorria em debates como a reforma agrária, defendida por muitos liberais abolicionistas, e que de fato se tornou uma grande bandeira dos socialistas brasileiros no século 20.

Roberto Campos e Anísio Teixeira podem ser descritos da mesma forma: liberais brasileiros do século 20, fortemente influenciados pelo liberalismo americano do século 20. Anísio era filiado à tradição de John Dewey, um dos pais do liberalismo de esquerda nos Estados Unidos, pensador que via a escola pública como símbolo da liberdade. Já Roberto Campos aprendeu com liberismo dos grandes economistas de Chicago e com o anticomunismo de intelectuais do Partido Republicano. Anísio foi um homem de esquerda, ministro de Jango. Roberto Campos esteve na direita, ministro de Castello Branco. A descrição só é comum por conta da diversidade interna dos liberalismos brasileiro e americano.

Saindo dos exemplos políticos para o campo intelectual, o famoso guia de José Guilherme Merquior sobre o liberalismo, antigo e moderno, deixa explícita a existência de liberalismos conservadores e de esquerda. Merquior destaca a tradição do liberalismo de esquerda nos Estados Unidos, com pensadores de peso como Rawls, Dworkin, Dewey e muitos outros.

Não é que a esquerda tenha roubado o termo “liberal” nos Estados Unidos. Seria menos impreciso escrever que o liberalismo roubou a esquerda americana. Por décadas, Estados Unidos e Canadá se destacaram por serem raras democracias onde o liberalismo era majoritário. Na América Latina e Europa, influências marxistas e trabalhistas costumam predominar.

Reconheço que, nos Estados Unidos dos últimos anos, a ala socialista tem crescido dentro do Partido Democrata. Alguns desses socialistas fazem questão do rótulo correto e rejeitam o liberalismo explicitamente. Outros, porém, ainda são descritos como liberais. Também reconheço que a apropriação do liberalismo também se dá na direita brasileira. O exemplo do instituto de Eduardo Bolsonaro, que abre esse texto, é bastante didático. Até o discurso de posse de Paulo Guedes, em janeiro de 2019, sabe que o bolsonarismo não tem nada de liberal.

Decidi o tema desta coluna justamente por causa dessa onda de fiscalização do liberalismo alheio. Concordo que as intenções são nobres, mas é importante evitar que a crítica aos falsos liberais se transforme em distorção histórica. Muita gente escreveu corretamente que Eduardo Bolsonaro não é liberal, mas emendou com o erro de que não existe conservadorismo liberal, como sugere o nome de seu instituto. A história da política e do pensamento mostra que essa tradição ideológica evidentemente existe. Esquecer que existem vários liberalismos é esquecer o que diferencia o liberalismo.

Na abertura do texto, listei quatro opiniões que considero incorretas. Já argumentei contra três delas: argumentei que existe liberalismo conservador e esquerdista, além de ter defendido que o liberalismo da esquerda americana é muito mais que um nome roubado. Faltou uma última: a de que o liberalismo perde seu significado ao descrever esquerdistas, centristas e direitistas.

Concluo a coluna com esse último problema, particularmente importante. Os exemplos que dei acima, em diversos países e séculos, mostram que o liberalismo tem representantes na esquerda, direita e centro desde a sua concepção. A diversidade e o debate internos sempre caracterizaram o liberalismo e o diferenciam dos seus rivais mais famosos, como conservadorismo, socialismo e trabalhismo.

É até natural que os liberais, defensores do debate democrático e da persuasão racional como motores da sociedade, admitam dentro do próprio campo uma diversidade ideológica maior do que o comum. De tanto valorizar a liberdade de consciência e associação do indivíduo, o liberalismo transformou a diversidade de pensamento e o respeito à divergência em princípios basilares. Por isso, é normal que o liberal complemente o rótulo com “conservador” ou “progressista” ao descrever o que pensa.

O liberalismo não perde seu significado ao abrigar cabeças distintas. A verdade é precisamente o contrário: a tradição liberal se descaracteriza se for homogênea, se ficar restrita à direita ou à esquerda. A diversidade liberal não é fruto de uma confusão histórica contemporânea. Como dizem os jovens: não é bug, é feature. O desejo de monopolizar o liberalismo é, no fim das contas, o desejo de destruí-lo.

26 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 26 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • J

    JOAQUIM DIAS

    ± 0 minutos

    Tenho acompanhado com regularidade os textos do articulista Pedro Menezes e os reputo de alta qualidade. O texto sobre o qual agora faço referência se dá sobre a questão do liberalismo, partidos e tendências políticas. O artigo, em minha opinião, foi de uma felicidade ímpar ao demonstrar e comprovar o engano de muitos quanto ao liberalismo e outras tendências políticas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • R

      Rômulo Viel

      10/01/2021 15:03:50

      Bom texto... Elucidativo.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • M

        Mauricio Conde

        06/01/2021 17:20:15

        Na pauta identitária atualmente toda a esquerda é Liberal. Na pauta econômica somente a esquerda social democrata é Liberal. A esquerda marxista sempre foi anti-liberal e anti-mercado.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        2 Respostas
        • M

          Mauricio Conde

          07/01/2021 16:25:00

          Prezado, na Social Democracia a elevada carga tributária é sobre PF e não sobre empresas. E o número de regulamentações sobre empreendedores depende de um país para outro. Há países liberais mais liberais na economia que outros também liberais.. Não existe Marxismo Light. O Marxismo é radical sempre. Na Rússia comunista os sociais democratas foram perseguidos pelo Partido Comunista. Os países escandinavos são exemplos de países de bem estar social mas com altíssimo grau de Liberdade Econômica. Não sou social democrata. Sou Conservador, mas rejeito extremos de ambos os lados. Espero ter ajudado.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

        • L

          LSB

          06/01/2021 18:40:02

          Social democracia é “marxismo” light!!! Como esconder o brócolis debaixo do arroz para a criança comer sem ver... não se é liberal qdo se coloca alta carga tributária (para financiar o Estado de Bem Estar Social) e um infinidade crescente (desculpem-me a aparente contradição) de regulamentações, regras, proibições, etc. (tudo em nome do bem comum, mas tolhendo a liberdade)... enfim, essa coca é fanta...

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

      • E

        Eden Lopes Feldman

        06/01/2021 14:52:49

        Sempre acreditei mais fácil enquadrar sob dois ângulos. O primeiro, a diferença entre a pauta de tradições que define progressistas e conservadores. A segunda, o entendimento da atuação do estado que separa o socialismo do capitalismo. Uma forma mais simplificada e objetiva. E aí sempre acreditei que o liberalismo está mais presente na parte política e econômica, sem interferir na pauta de tradições. Pois o liberal não deve interferir. Mas na área política e econômica, o liberal defende o estado mínimo. Pelo menos se entendermos Adam Smith. Portanto, não acredito que um socialista possa ser liberal. Pois apregoa o domínio do estado sobre a sociedade. Inclusive na pauta de costumes.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • F

          Fabiano

          06/01/2021 14:49:02

          Esse comentário foi removido pelo usuário

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • E

            Eudo

            06/01/2021 13:44:06

            Também não entendi muito bem o texto do autor. Se o conceito de liberalismo é a de se manter a liberdade individual, nos campos econômico, político, religioso e intelectual, contra as ingerências e atitudes coercitivas do poder estatal, a própria definição não é aderente ao que prega os governos de esquerda. Sugiro então buscar outro substantivo para descrever o que o autor quer descrever como sendo algo de esquerda ou direita.....

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • R

              RoblesAC

              06/01/2021 13:13:28

              Autor só deixou claro que desconhece o assunto.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • B

                BP

                06/01/2021 13:08:27

                No cap. 7 (Nossa Linguagem Envenenada) de OS ERROS FATAIS DO SOCIALISMO, Friedrich A. Hayek tratou expressamente da apropriação de conceitos pelos "reformadores" ou "socialistas" como forma de "converter pessoas com mais facilidade às suas convicções". Foi assim que "democracia", por exemplo, tornou-se um termo tão ambíguo que o seu significado é completamente diferente dependendo da base teórica de quem o menciona (veja que todas as ditaduras socialistas eram e são "democráticas"). O texto trata diretamente das diferentes acepções de "liberalismo" na Inglaterra e nos EUA, que viraram a "salada" do artigo. Outro texto interessante sobre o tema é POR QUE NAO SOU CONSERVADOR, do mesmo autor.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • L

                  Leonardo Alves

                  06/01/2021 12:39:26

                  Acredito que o " liberal progressista" esteja mais associado a pautas de costumes que econômicas. Na economia, propriamente dita, um liberal nunca vai ter uma posição de esquerda, que representa o oposto ao que o liberal prega, que é a centralização econômica .

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • J

                    João Paulo Brunelo Miguel

                    06/01/2021 12:35:53

                    É comum constatar que os que mais ficam numa militância sectária do liberalismo geralmente desconhecem análises como o do José Guilherme Merquior. A vontade de taxar e segregar é tanta que fica evidente a cegueira ideológica desses "liberais" que só consideram o que é liberalismo o que seja do seu próprio gosto... e sem ao menos colocar a sua própria intolerância (no fundo, ignorância) em questão.. Neste sentido, o autor do artigo mandou bem e deu exemplo que faz parte do Liberalismo a pluralidade e a leitura de suas diversas referências, e não apenas as próprias preferências. Pra se buscar a verdade tem que ter disposição com o que desagrada, senão fica a pura bolha narcisista.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • L

                      Leandro RQ

                      06/01/2021 12:15:54

                      Pedro Menezes o "liberal" que votou no Haddad. Ou seja, apoiou o PT. Se depender desse tipo de "liberal" o Brasil está morto.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      3 Respostas
                      • M

                        Mauricio Conde

                        06/01/2021 17:31:32

                        Boa Leandro . Liberal q vota em partido marxista?? Pedro é esquerdista, só não quer admitir. Liberal puro sangue ou votou contra o PT ou anulou em 2018 no segundo turno.

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                      • L

                        Leandro RQ

                        06/01/2021 14:09:05

                        Ele declarou voto no Twitter, na véspera da eleição de 2018. O maior tiro no pé que alguém pode fazer, declarar voto no PT. E agora posa de Liberal...

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                      • L

                        Leonardo Alves

                        06/01/2021 12:40:18

                        Tem certeza disso?!?

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                    • E

                      Eduardo

                      06/01/2021 11:47:00

                      Se PSDB, DEM e Cidadania fossem realmente liberais estariam massivamente engajados às pautas de Paulo Guedes, o que está longe de acontecer. O único partido genuinamente liberal deste país é o Novo.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      2 Respostas
                      • J

                        João Paulo Brunelo Miguel

                        06/01/2021 16:33:44

                        Oi. E como você avalia as ações da gestão do Zema em MG, que é do Novo, por exemplo? Dá pra se dizer que essa gestão têm princípios liberais?

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                      • L

                        Leonardo Alves

                        06/01/2021 12:40:57

                        Nem o Paulo Guedes está engajado em suas pautas liberais meu filho.....

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                    • L

                      Luiz Antonio Benfato

                      06/01/2021 10:54:26

                      tudo farinha do mesmo **** , esquerda e direita tem narrativas só que na pratica ai muda tudo

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • F

                        Fabiano

                        06/01/2021 4:01:01

                        O simples fato do colunista citar o exemplo dos liberals americanos já mostra a desinformação. Os liberals americanos nunca tiveram nada a ver com liberalismo. Liberalismo de esquerda é uma antítese pois o socialismo prevê uma intervenção do Estado em diversos níveis , o que é completamente incompatível com a liberdade de escolha, de opinião e econômica que são a base do liberalismo.

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        4 Respostas
                        • F

                          Fabiano

                          06/01/2021 14:49:58

                          Olha Santos Silva, para escrever um texto melhor que esse não está difícil não , se a GP abrir o espaço, contribuo sim, com muito prazer. Quanto ao PL inglês , não é preciso ir muito longe, uma pesquisa na Wikipédia já resolve o tema, e olha que nem é a melhor fonte. O partido era majoritariamente Whigh, governou em coalizão com os conservadores . Esquerdista sempre confunde estado de welfare com socialismo. Estado de welfare só é possível quando você tem riqueza e o socialismo não gera riqueza. Quando o PL se uniu a social-democracia em uma guinada à esquerda, ele morreu.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                        • F

                          Fabiano

                          06/01/2021 14:35:19

                          Esse comentário foi removido pelo usuário

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                        • A

                          Avlis Sotnas

                          06/01/2021 9:55:50

                          escreve um texto então e publique. refuta a história do partido liberal inglês.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                        • L

                          Luca

                          06/01/2021 9:42:35

                          O liberalismo de esquerda se refere a liberar o aborto, uso de drogas, impressão de dinheiro a toa por parte do governo, liberar assassinatos em favor da “revolução” , liberar o assalto a empreendimentos da iniacitiva privada etc. Os democratas usam a palavra liberal ou progressistas, pois soa mais bonito que revolucionários marxistas no momento atual

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                      • P

                        Paulo Roberto da Costa Brandão

                        06/01/2021 3:36:39

                        Liberal é quem defende a liberdade de escolha. Existem uns mais outros menos, mas este é o aspecto básico.

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        Fim dos comentários.