i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Polzonoff

Foto de perfil de Polzonoff
Ver perfil

"Para nós, há apenas o tentar. O resto não é da nossa conta". TS Eliot.

Um chopinho com Tom Hanks

  • 23/01/2021 20:56
As celebridas do esporte, da cultura e da política se reduziram a meros personagens. Será possível encontrar algo de minimamente humano e espontâneo nelas?
As celebridas do esporte, da cultura e da política se reduziram a meros personagens. Será possível encontrar algo de minimamente humano e espontâneo nelas?| Foto: Reprodução/ IMDB

Não aprendo. Assisto a um filme com Tom Hanks e, numa cena especialmente insossa, me pego imaginando um chopinho com o ator. Tom Hanks chega sozinho e, no bar, ninguém o reconhece. Ou, se reconhece, faz que não – ocupados que estão em falar sobre o tempo e a eterna promessa de neve em Curitiba. E ele se senta e começamos a discutir religião, política e futebol. E rimos de nossas opiniões que não mudam nada, mas, ah, tão divertidos os trocadilhos!

Na minha imaginação, e só porque quero, estamos no Stuart. O garçom vai logo servindo o chope e uma porção de testículos de touro. De repente, começa a tradicional rifa de porções do bar. “Vai correr! Vai correr!”, grita o garçom. Eu e Hanquinho compramos as rifas. Ele o número 3 e eu o 17. Perdemos os dois. Brindamos à derrota. Pedimos uma porção de lambari frito.

Nada poderia ser mais distante da realidade. Nem que seja da realidade imaginada, por assim dizer. E isso não tem a ver com o fato de Tom Hanks ser uma supercelebridade e eu ser eu imaginando coisas. Diz minha experiência que os homens famosos (mas não necessariamente notáveis) são insuportavelmente desinteressantes quando diante de um estranho. Por mais curioso e sincero que esse estranho seja.

Lembro-me, por exemplo, de um jantar-entrevista que tive há muitos anos com um escritor cuja sensação de autoimportância era inversamente proporcional à quantidade de livros por ele vendidos. Primeiro, duas semanas de negociação com assessores de imprensa enfadados. Daí a escolha do local. Depois o jantar em si, marcado por monossílabos de quem não queria se comprometer nem nunca, jamais, se mostrar vulnerável – o que, convenhamos, é bastante esquisito para um escritor.

O que aconteceu aos nossos homens públicos? Talvez abdicar da própria natureza, da tridimensionalidade, das incongruências e arestas seja o preço que eles pagam por serem públicos. Por se transformarem, não!, se reduzirem a personagens dignos de admiração ou rejeição alheia. Ou talvez eles se vejam mesmo como semideuses incapazes de comungar na pequenez dos mortais.

Penso aqui no efeito que esse distanciamento causa no homem comum. A celebridade, seja ela do esporte, da cultura ou da política, de repente se transforma num objetivo inalcançável – e por isso mesmo desejável. Mas por que desejar ser um receptáculo vazio, admirado ou não por características grosseiramente pintadas por um diretor de arte qualquer? A lógica me escapa.

Mas não a consequência. Hoje nos sentimos cada vez menos identificados com as celebridades que por algum motivo dizemos admirar. Como se as lutas e os triunfos delas fizessem parte de um universo distante, sem relação com o nosso. O amor que o cantor sertanejo canta não é o amor que se sente na vida real. É um amor robótico, uma palavra esvaziada de sentido, duas notas musicais imersas num caldo melódico frio.

O mesmo serve para as celebridades políticas, de cuja sinceridade desconfiamos porque conseguimos ver nessas pessoas o militante ou candidato, mas nunca o ser humano emocionalmente engajado com a causa – seja ela qual for. A gente pode até se enganar e se convencer de que, por trás dos libelos apaixonados, há um ser humano com uma história interessantíssima que o pôs no caminho certo. Mas no fundo sabemos que o que há ali é personagem, cenário e narrativa ideológica.

Queria tomar um chopinho, por exemplo, com Rodrigo Maia. Ou com Sergio Moro. Ou com um ministro do Supremo. Ou até mesmo com um deputado do baixo clero. Queria saber se eles mastigam com a boca aberta. Queria avisar que o senhor está com um pedacinho de alface no dente, ministro. Queria ouvi-los contando suas memórias tolas de infância e suas tolices memoráveis de adolescente. Queria vê-los engolir com um chope a angústia de não ter a menor ideia do que estão fazendo.

Mas, repetindo o que escrevi no primeiro parágrafo: não aprendo. Muito mais provável é que Rodrigo Maia ficasse repetindo platitudes e Sergio Moro ficasse fazendo referências às muitas leis da vigilância sanitária que o bar estaria descumprindo. E Tom Hanks. Bom, tenho o Hanquinho em alta conta – não que isso faça diferença para ele. Então prefiro imaginá-lo como agora: virando amigo de infância também do Altair e do Tavares. Que, da mesa ao lado, acumulam vitórias sucessivas na rifa do Stuart. Por sinal, como é que se fala “xunxo” em inglês?

30 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 30 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • D

    Denis

    25/01/2021 16:25:15

    Gostei da referência ao amor na música sertaneja. De fato, aquilo é de outro universo. Pelo menos para mim, amor implica questões complexas, de bons momentos, de limites, de escolhas, de renúncias, de sofrimentos, de dúvidas vividas solitariamente (se compartilhar dúvidas com a pessoa amada, a coisa não acaba bem...), de enfrentar o desconhecimento diariamente. Acho que é a vida real, da qual nunca falamos

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • D

      Denis

      25/01/2021 15:55:48

      Muito bom, como sempre! Fiquei pensando no quanto perdemos desde que a manifestação "politicamente correta" se estabeleceu. Lembro do Nelson Piquet nas entrevistas e atitudes. Era muito divertido. Mas, hoje, tudo ficou sem graça. Qualquer desportista é sem graça. Na política, fiquei pensando no antagonismo Bolsonaro/Doria. Bolsonaro, a meu ver, fica mais interessante porque parece um tosco sincero. Doria, parece um ator canastrão em frente às câmeras.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      1 Respostas
      • G

        Gabriel Quireza

        25/01/2021 16:52:10

        Bolsonaro e Dória são exatamente isso aí... rs

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

    • G

      Guilherme Casotti Ignacio dos Santos

      25/01/2021 14:24:14

      Que show Paulo, suas crônicas são um alento em meio a tanta noticia triste. Obrigado por este momento de alegria!!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • J

        J. MOACIR

        25/01/2021 13:47:50

        PP , como sempre seus textos nos fazem pensar e rir...Mas nos comentários sempre tem coisas muito engraçadas como a idéa de um Talk Show seu gravado no Bar do Alemão : " Três Submarinos com o Paulão " Imagina o Bolsonaro depois de 3 submarinos...KKK

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        1 Respostas
        • P

          Polzonoff

          25/01/2021 14:03:30

          Oi, J. No tocante a isso, não sei o que responder, talquei? :-) Abraço!

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

      • R

        Ricardo Ribamar

        25/01/2021 12:50:47

        Até que enfim uma matéria sem falar besteira. Mas sempre com um toque do seu espírito comunista.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        1 Respostas
        • P

          Polzonoff

          25/01/2021 13:08:22

          Oi, Ricardo. Não se deixe enganar pelo meu sobrenome russo. Abraço.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

      • B

        Bruno Coelho Leuenroth

        25/01/2021 10:24:27

        Realmente o uso indiscriminado do "No tocante" é um problema sério do presidente! hahahahahaha

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • M

          Marçal

          24/01/2021 23:31:30

          Caro Paulo, passo agora a tê-lo em alta conta, mesmo discordado de 99,9999% de seus argumentos e textos. Pelo simples fato de se imaginar tomando um chopp no Stuart com o Tom Hanks, rachando uma porção de testículos de touro. Inclusive pelo Moro e Maia que valeriam o mesmo cardápio. Sendo que, aposto, o primeiro dividiria a conta, os últimos, deixariam para pagarmos.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          1 Respostas
          • P

            Polzonoff

            25/01/2021 13:07:11

            Oi, Marçal. O negócio é focar no 0,0001%. Abraço.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

        • L

          LSB

          24/01/2021 20:37:09

          Parabéns pelo texto. Acho que muita gente já se perdeu nesse devaneio!!

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • G

            Giba12

            24/01/2021 20:14:34

            Se for xunxo a tradução é xunxie ,se for chuncho é chunchie. As duas estão corretas, mas prefiro "chuncho", derivada de chuchu. Rss

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • J

              Joviana Cavaliere Lorentz

              24/01/2021 17:39:51

              Parece que o Tom não é tão limpinho assim.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • B

                BP

                24/01/2021 14:26:39

                Escândalos e vazamentos da vida privada de muitas dessas "personalidades" do nosso tempo nos mostram que elas são pessoas com virtudes e defeitos como todos nós, e que as imagens que temos delas tendem para miragens criadas por profissionais de marketing da moda, "politicamente corretos". Realmente, "... no fundo sabemos que o que há ali é personagem, cenário e narrativa ideológica [por vezes forjada]."

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • M

                  MARCO

                  24/01/2021 14:20:50

                  Kkkkk. Me imaginei lendo seu artigo e escutando Caetano Veloso. Ótimo!

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  1 Respostas
                  • P

                    Polzonoff

                    25/01/2021 13:05:56

                    Oi, Marco. Circuladô de Fulô? Abraço.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                • R

                  Renata de Paula Xavier Moro

                  24/01/2021 14:13:05

                  Decepção com os ídolos é praticamente regra. Nós os idealizamos, daí, quando os conhecemos, descobrimos que eles são... gente. Sem graça, malcheirosos, bebuns, antipáticos, tímidos, grosseiros, tolos, humanos enfim. Por outro lado, frequentemente venho sentindo vontade de tomar um chopinho com vários colunistas da Gazeta que admiro. Depois da pandemia, claro!

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • L

                    Luiz

                    24/01/2021 13:13:49

                    Me pergunto, como seria então uma conversinha intima com um Lewan, com um Felipe Neto, com um Átila, ou então um Dória? Putz, tinha esquecido do Luciano Huck, bah! Sabe de uma coisa, prezado Polzonoff, nada de Hanquinho, para esse interlóquio, chame o "Bozo"Garanto que terá boas surpresas. Será mais - digamos, autêntico -pelo menos dará muita risada. O simplório Bolsonaro pelo menos não é hipócrita, né não?

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    1 Respostas
                    • P

                      Polzonoff

                      25/01/2021 13:05:34

                      Oi, Luiz. São todos personagens e, como personagens, interessam pouco. Mas queria realmente saber quem são essas pessoas quando ninguém está olhando - para evocar a sabedoria de almanaque. :-) Abraço.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                  • D

                    DENISSON HONORIO DA SILVA

                    24/01/2021 13:06:50

                    Nem sempre foi assim, Polzonoff. Lembro ainda criança de um dos brasileiros geniais que este país já teve:Glauber Rocha. Disparava contra tudo e todos. E cunhou aquela célebre frase:Não me exijam coerência, sou um artista. Eu tinha apenas treze anos quando eu o vi na antiga TV Tupi. Era impressionante sua inteligência. O que seria considerado hoje uma heresia, disse que o General Golbery era o gênio da raça. Imagine hoje elogiar um militar ainda por cima que estava no governo.Terra em transe, seu filme mais espetacular ainda hoje causa arrepios na esquerda. Mas eu mesmo assisti-o mais de uma vez e não consegui entendê-lo. Pena termos perdido tão cedo.Ele destroçaria todos esses demagogos

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    3 Respostas
                    • D

                      DENISSON HONORIO DA SILVA

                      25/01/2021 13:40:16

                      Sou suspeito para falar. Quando eu o vi fazendo o programa chamado Reabertura, na extinta TV Tupi, era impossível fica indiferente. Os seus filmes são obra de gênio. Vale a pena conhecer sua obra. Abraços, Polzonoff.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                    • P

                      Polzonoff

                      25/01/2021 13:04:36

                      Oi, Denisson. Glauber desperta paixões. Há quem ame e quem odeie. Eu, feliz ou infelizmente, nunca me interessei muito. É uma lacuna na minha formação. Abraço!

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                    • L

                      LSB

                      24/01/2021 20:34:15

                      Glauber também foi o autor/criador da expressão “patrulha ideológica”. De qq forma, confesso minha ignorância e digo que não conheço praticamente nada da obra dele (não é da minha época e não tive estímulo suficiente para ir procurar). Mas sim, houve épocas bem mais inteligentes..

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                  • E

                    Eden Lopes Feldman

                    24/01/2021 12:12:09

                    A cada dia Polzonoff consegue me surpreender positivamente com sua percepção aguçada da vida. Inteligente brincadeira com os devaneios dos mortais sobre os famosos.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • R

                      Roberto A Barros Jr

                      24/01/2021 4:42:31

                      Há tempos imagino que seria muito bacana um programa de pessoas comuns (de verdade!) participando de uma conversa (sincera!) com os personagens que o PP cita. Não se trata de um reality show ou coisa do tipo. Mas uma mínima tentativa de trazer pra realidade seres que se convenceram pertencer ao Olimpo. E quem sabe extrair dali, alguma verdade.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • W

                        WILSON ZETI

                        24/01/2021 2:10:06

                        Oi PP, gostei do devaneio, como você falou do amor cantado pelos sertanejos, gostaria de perguntar, reparou que até outro dia eles só cantavam sobre festas, bebedeiras, mulherada, desprezo pelas próprias mulheres, ameaça de mudar pro bar, agora só cantam reclamações e tristezas por terem sido abandonados pelas namoradas, esposas e amantes?

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        1 Respostas
                        • P

                          Polzonoff

                          25/01/2021 13:03:11

                          Oi, Wilson. Se eu tivesse vocação acadêmica já teria escrito umas dez teses sobre música sertaneja. Nada foi mais influentes e devastados pra cultura brasileira nos últimos 30 anos. Abraço.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                      • M

                        Mirtão

                        24/01/2021 1:05:03

                        Eu preferiria tomar um chopinho com Robert Plant.

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        1 Respostas
                        • L

                          L. Luz

                          24/01/2021 15:35:34

                          Perfeito! Em lugar de bbquices como “De frente com Gabi”, “Encontro com Fátima”, “Conversa com Bial” e obsolescências do gênero, sugiro ao Polzonoff arrumar uma mesa no Bar do Alemão e lançar o programa “Três Submarinos com o Paulão”. Talvez consiga extrair alguma sinceridade do entrevistado após o 3º caneco ;-)

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                      Fim dos comentários.