i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Ricardo Amorim

Foto de perfil de Ricardo Amorim
Ver perfil

Precisamos reduzir os custos para os negócios se formalizarem e gerarem mais riqueza

  • PorRicardo Amorim
  • 18/12/2018 11:54


A economia brasileira, pelo menos o setor formal dela, é a 9ª maior do mundo. Mas o setor informal brasileiro é o 3º maior do mundo. Proporcionalmente, o setor informal no Brasil é muito maior do que nas maiores economias mundiais. Aliás, entre as cem maiores economias mundiais, apenas cinco países têm o setor informal maior que o nosso, proporcionalmente ao impacto no PIB, e são todos países muito pouco desenvolvidos: Nigéria, Bolívia, Tailândia, Ucrânia e Peru. O Brasil aparece na sequência: 36,5% da economia brasileira está no setor informal, apontam estimativas. Por que isso acontece? O custo de estar formalizado no Brasil é muito alto, mas ficar na informalidade limita o crescimento e, consequentemente, de geração de riqueza. O governo precisa desburocratizar, reduzir carga tributária e simplificar o processo tributário.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.