i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Roberto Indech

Foto de perfil de Roberto Indech
Ver perfil
Vozes

O que virá em 2020 e por que o cenário é favorável para as ações

  • PorRoberto Indech
  • 16/12/2019 18:40
O que virá em 2020 e por que o cenário é favorável para as ações
| Foto: Michael Nagle/Bloomberg

Conforme comentei no texto da semana passada, neste momento nos aproximamos daquele timing de mercado em que há uma série de previsões e perspectivas para o ano que entra. Eu não seria diferente dos demais e também acho importante fazer esse tipo de reflexão. Como o mundo dos investimentos é parte do meu dia a dia, sinto-me na obrigação de escrever sobre situações possíveis, de acordo com o cenário econômico esperado. Não posso me furtar de trazer informações sobre praticamente todos os segmentos, como mercado de ações, renda fixa, fundos imobiliários e fundos de investimento. Dessa forma, também considero necessário separar o joio do trigo e neste artigo vou me ater ao segmento de renda variável.

Dadas as expectativas econômicas para 2020 (que preveem um cenário desafiador diante da desaceleração global decorrente da guerra comercial, em especial entre EUA e China), o que já vimos e deveremos continuar a assistir é um mundo mais protecionista - o que, sem dúvida, terá consequências diretas nos resultados do comércio mundial. Como principal fator de risco, além deste, está a eleição norte-americana para a presidência, cujos desdobramentos ainda são imprevisíveis e poderão impactar o Brasil.

Já no cenário doméstico, teremos um ano de eleições municipais pelo país, o que diminui o tempo disponível para discussões relevantes no Congresso Nacional. Por outro lado, há a perspectiva de continuidade da melhora na economia nacional, com possibilidades de crescer cerca de 2,3% em 2020 - um número muito acima do observado nos últimos anos.

Sendo assim, o Brasil ganha tração, ainda mais se considerarmos uma inflação controlada abaixo da meta, que é de 4%, e com taxa de juros podendo sofrer mais um ou dois cortes de 0,25 p.p., caminhando assim para algo antes inimaginável: Selic em 4% ao ano. Neste quadro, há ainda perspectivas de o segmento de crédito reagir aos cortes consecutivos da taxa de juros e de as concessões de infraestrutura ganharem mais projeção após um bom 2019, o que estimularia novos investimentos no país. Também de olho nesse resultado é possível sonhar com mais sinais positivos vindos das agências de risco, que recentemente fizeram revisões da situação do país.

Feita a leitura de cenário e das suas expectativas (numa análise chamada top-down, onde começamos pela conjuntura mais ampla, passando a fechar a avaliação, indo, então, para cada setor e assim por diante), chegamos ao mercado de ações. E aqui surge o principal questionamento: com a alta do Ibovespa de quase 30% até aqui em 2019 e de 150% nos últimos 4 anos, será que ainda tem espaço para novas altas? Na minha visão, sim, mas é necessário olhar caso a caso.

Diante de um cenário global mais desafiador, como o colocado acima, e de perspectivas mais positivas para a economia nacional, a recomendação é olhar com mais carinho para ações que podem se privilegiar deste momento do Brasil. Empresas ligadas ao segmento de varejo, consumo (como shopping centers) podem ser boas indicações neste cenário. Em retrospecto, como colocado há um ano, empresas ligadas ao governo brasileiro eram destaque e, de fato, apresentaram ótimos retornos (como Eletrobras e Petrobras, que registraram performances próximas de 40% no ano). Agora, estamos em outro momento e isso não quer dizer que essas companhias estejam descartadas, mas os olhos do mercado passaram a se voltar para outros setores.

Teremos ruídos no curto prazo que podem impactar diretamente nos preços das ações, mas se forem com objetivos definidos e disciplina, a tendência é de se obter bons resultados. Sempre teremos boas oportunidades na bolsa de valores, independentemente do momento, mas elas dependem de uma leitura correta, para que os riscos sejam minimizados e os ganhos, maximizados.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 2 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • F

    fpaulo

    ± 23 horas

    Boa. Iniciando na Bolsa agora. Momento de aprender e escolher os ativos certos para uma carteira de longo prazo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • F

      FERNANDO LUIZ POZZOBON

      ± 1 dias

      Boa análise. Otimismo mas com prudência e pragmatismo.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      Fim dos comentários.