Do espaço para a tela
| Foto:

Não que acredite em disco voador, cujo nome, aliás, já foi devidamente incorporado aos dicionários (nave espacial extraterrestre), mas professor Afronsius não resistiu e, dias atrás, levou para casa o número 234 da revista UFO.

– É que, indiretamente, publicou uma matéria sobre cinema. Como Hollywood foi influenciada pela CIA a usar UFOs nas telas. Isso mesmo.

E dá destaque, em texto assinado por Robbie Graham, ao filme O Dia em Que a Terra Parou, de Robert Wise, 1951. O primeiro filme, preto e branco, por supuesto, no qual surge um extraterrestre de aparência humana, o Klaatu, devidamente acompanhado do robô Gort.

Ainda da UFO: “Não é novidade que governos andam sempre de mãos dadas com a indústria cinematográfica (…) para disseminar suas agendas políticas”.

Sem maiores comentários, frisou o professor.

O que fica é uma sugestão de leitura. O filme, no original The Day The Earth Stood Still, teve no elenco Michael Rennie, Patricia Neal, Hugh Marlowe, Sam Jeffe, Billy Gray, John Carradine, Charley Grapewin. Produção da Fox.

Quem interpretou Klaatu e Gort? O mistério persiste.

No mais, yo no creo en brujas, pero que las hay, las hay. E, como os discos, escafedeu-se.

ENQUANTO ISSO…

 

 

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]