Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Peperômias: fáceis de cuidar e ideais para ambientes internos
| Foto: Sophia Louise Karl/Quero Clorofila

As Peperômias nos encantam pela variedade de cores, tamanhos e formatos de suas folhas! Podemos montar diversas composições somente com elas, e ainda assim ter uma riqueza de volumes, alturas e texturas diferentes, tornando o ambiente ainda mais bonito e agradável.

O gênero Peperomia pertence à família Piperaceae, que também engloba o gênero Piper, onde estão as pimentas que conhecemos e utilizamos em nossas cozinhas. Portanto, as peperômias ornamentais que usamos para decorar nossas casas são primas da pimenta-do-reino! Legal, não é?

As Peperômias são plantas tropicais e subtropicais e nativas da América do Sul, especialmente da Mata Atlântica. Em seu habitat natural, vivem em locais com alta umidade no ar, temperaturas amenas e sob luz difusa, embaixo das copas das árvores. Justamente por possuir essas características de cultivo, as peperômias são excelentes opções para termos em ambientes internos, desde que a gente consiga suprir suas necessidades, claro!

As Peperômias são plantas suculentas, ou seja, armazenam água em suas folhas e caules, o que nos indica que é preciso cuidado com as regas para não apodrecerem.

Conheça abaixo quatro espécies do gênero das Peperômias, para você encontrar um local perfeito na sua casa e deixá-la ainda mais bonita.

Peperomia scandens

É a mais famosa das peperômias, também conhecida como Peperômia-filodendro, por crescer de forma pendente e exuberante. Suas folhas possuem coloração verde-claro com manchas de cor creme, que a tornam tão charmosa e delicada.

| Sophia Louise Karl/Quero Clorofila

As regas podem ser moderadas, sempre verificando o substrato antes para não deixá-lo encharcado. Borrife suas folhas com água frequentemente, já que as Peperomias scandens adoram umidade do ar alta. Caso encontre pontinhas pretas e secas nas folhas, é um indicativo de baixa umidade no ar!

As Peperomias scandens ficam lindas em prateleiras ou estantes como plantas pendentes e volumosas.

Peperomia caperata

Com folhas enrugadas e cheias de textura, a peperômia-caperata chama atenção com suas diferentes cores, que vão desde o verde escuro a cinza metálico, e até roxo e cobre.

Também é uma planta ótima para ambientes internos, compondo muito bem com outras plantas de alturas e cores diferentes.

| Sophia Louise Karl/Quero Clorofila

Na primavera e no verão, quando estão bem supridas de luz, as Peperomias caperata podem florescer, com pequenas espigas de cor clara.

Apesar de apreciarem alta umidade no ar, estas Peperômias não gostam que borrifem água diretamente em suas folhas. Por conta da textura e dos vincos existentes nas folhas, a água pode acumular facilmente no local e apodrecê-las. Por isso, para manter a umidade mais alta, é possível utilizar umidificadores de ar ou manter outras plantas perto, para que criem um microclima com mais umidade.

Peperomia obtusifolia

O formato das folhas dá o nome a esta espécie de Peperômia: obtusifolia significa folhas arredondadas. E é justamente essa característica que torna essa planta tão elegante e versátil para compor os ambientes. Com folhas brilhosas verde escuras, verde-limão ou com manchas brancas na versão variegata, a Peperomia obtusifolia fica ótima em mesas de centro ou em aparadores, em composições com outras plantas ou mesmo sozinha.

Os cuidados também são parecidos aos com a Peperomia scandens: regas moderadas sem deixar o substrato encharcado e umidade no ar alta. Então, borrife suas folhas com água para mantê-las saudáveis e bonitas.

| Sophia Louise Karl/Quero Clorofila

Para que mantenham o formato de suas folhas e do caule, é preciso fornecer bastante luz filtrada para a Peperomia obtusifolia. Caso contrário, a planta pode ficar estiolada, o que significa que irá crescer de forma mais alongada em busca da luz. Então, um local de meia-sombra é o ideal. Assim como as demais Peperômias, a Peperomia obtusifolia também pode florescer na primavera e verão, caso receba luz suficiente. Suas flores são pequenas espigas de cor clara.

Peperômia-Melancia

Uma das plantas que mais chama atenção nos ambientes! A Peperômia-Melancia possui folhas largas e arredondadas com desenhos que se assemelham a pequenas melancias, por isso recebeu essa nomenclatura! Seu nome científico é Peperomia argyreia e é uma planta volumosa que traz bastante presença aos ambientes.

| Sophia Louise Karl/Quero Clorofila

Assim como a Peperomia obtusifolia, a Peperômia-Melancia gosta de regas moderadas e que borrifem água em suas folhas, para que seja mantida a umidade do ar mais alta.

Cultive-a em locais com luz filtrada e intensa, de sombra ou meia-sombra. A presença de folhas pequenas ou deformadas na Peperômia-Melancia pode ser um indicativo de luz insuficiente para sua planta!

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]