Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Begônia maculata: conheça a famosa planta estilosa
| Foto: Pinterest/Reprodução

A begônia maculata já se tornou febre no mundo dos apaixonados por plantas e foi muito cobiçada nas lojas há pouco tempo. Hoje, mesmo passados os efeitos da novidade, a planta ainda impressiona e chama a atenção de quem a vê. São suas bolinhas brancas que parecem pintadas à mão em suas folhas verdes escuras com o verso bem avermelhado que marcam presença em qualquer ambiente. Se você ainda não estava apaixonado, se prepare porque depois deste artigo será impossível não se encantar por elas!

A begônia tão famosa, que faz sucesso na internet e nas lojas de plantas, chama-se begônia maculata wightii, uma cultivar da begônia maculata “original” encontrada na natureza, nativa do estado do Rio de Janeiro. Uma cultivar é uma planta criada a partir de outra com características específicas, e pode acontecer naturalmente ou de forma induzida em laboratórios. Infelizmente, por ser muito explorada de forma irregular, a begônia maculata endêmica do estado carioca se tornou uma planta em risco de extinção.

| Sophia Louise Karl / Clorofila

Dicas de cuidados com sua begônia maculata

Regas

As begônias preferem regas frequentes, cerca de duas a três vezes por semana. Mas, lembre-se sempre que rega não tem regra, e é preciso observar o substrato antes de regar suas plantas. As begônias podem ser um pouco dramáticas e acabar “desmaiando” caso esteja faltando água em suas raízes. Para que se recuperem, basta regá-las novamente. Outro sinal de que você pode estar errando na frequência das regas é a queda de folhas, que também pode indicar falta de água. Por outro lado, caule amarelado e amolecido, com aspecto apodrecido, significa água demais! Verifique se não ficou água parada dentro do vaso, cachepô ou pratinho e retire-a.

Luz

Apesar de não gostarem de sol pleno, as begônias precisam de luz intensa! Mantenha-as em locais de sombra ou meia-sombra, com algumas horas de sol fraco da manhã ou do fim da tarde, como por exemplo, perto de uma janela.

Pets e crianças pequenas

É preciso ter cuidado com o acesso de crianças e/ou pets à begônia maculata, pois ela é uma planta tóxica, caso ingerida.

| Sophia Louise Karl / Clorofila

Umidade e temperatura

As begônias são nativas de florestas tropicais com alta umidade no ar, porém não gostam de água diretamente em suas folhas! Por isso, borrife água em volta da sua begônia maculata, sem deixar suas folhas com água acumulada. O contato com a água por longos períodos pode facilitar o aparecimento de fungos nas folhas.

Um problema comum são pontinhas secas nas folhas das begônias, e isto pode indicar ar muito seco, com baixa umidade. Quanto à temperatura, as begônias apreciam altas temperaturas, e podem entrar em períodos de dormência durante o inverno, somente diminuindo seu crescimento ou até perdendo suas folhas. Caso isso aconteça, não se desespere! Mantenha os cuidados e espere os dias mais amenos e quentes da primavera.

Tutor

Conforme vão crescendo, as begônias podem ficar bastante altas, podendo atingir cerca de 80 a 100 cm de altura. Por isso, pode ser necessário inserir um tutor de madeira ou de musgo sphagnum no vaso para ajudar no apoio da planta.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]