Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
As plantas e a chegada do outono
| Foto: Jeremy Thomas/Unsplash

O outono chega de forma discreta, transitando entre as chuvas de verão e as baixas temperaturas do inverno. Aos poucos, começamos a perceber em pequenos detalhes da nossa rotina as mudanças que esta estação traz: o sol que se põe mais cedo e nasce mais tarde, a umidade do ar mais baixa, as temperaturas caindo, o céu azul sem nuvens e, claro, as folhas amarelas e avermelhadas que começam a cair das árvores, cena característica desta estação.

Esta transformação gradativa nas cores das folhas de algumas árvores marca o começo do outono. Isto acontece por conta de pigmentos que estão presentes nas plantas, que resultam em tons de verde, amarelo, laranja, vermelho e até roxo. São três pigmentos: a clorofila (que fornece o tom verde), os carotenóides (tons de amarelo e laranja) e as antocianinas (tons vermelhos e arroxeados).

| Ricardo Gomez Angel/Unsplash

Com o fim do verão e começo do outono, os dias ficam mais curtos e as plantas recebem menos horas de luz por dia e, consequentemente, diminuem suas atividades metabólicas. Desta forma, as plantas entendem que precisam poupar sua energia para os próximos meses e suas folhas acabam morrendo. Neste processo de degradação, os pigmentos carotenóides e antocianinas permanecem por mais tempo na planta, conferindo a coloração amarelada e avermelhada das folhas nesta estação.

Claro, nem todas as plantas têm esse comportamento e perdem suas folhas. Mas, de modo geral, todas as plantas passam por mudanças em seu metabolismo durante os meses de transição para o inverno. Por isso, é preciso ter alguns cuidados durante essa época do ano com suas plantas, dentro e fora de casa.

  • Verifique a luminosidade dos ambientes. Durante o outono, observe a posição da luz e dos raios solares e adeque suas plantas para que captem a maior intensidade de luz possível.
| Kaufmann Mercantile/Unsplash
  • Sempre antes de regar, cheque o substrato dos vasos e ajuste a frequência das regas. Com a temperatura mais baixa, o substrato permanece úmido por mais tempo. Por isso, pode ser necessário reduzir a frequência de regas, para não acumular água nos vasos e acabar apodrecendo as raízes das plantas.
  • Encaixe os cuidados com as plantas em sua rotina e priorize regá-las e borrifar as folhas no período da manhã. Desta forma, a água pode evaporar mais facilmente ao longo do dia, o que evita o aparecimento de fungos nas folhas e raízes.
| Annie Spratt/Unsplash
  • Faça a aeração (lembre-se, aerar é oxigenar o solo, ou seja, abrir espaço para que as raízes façam as trocas gasosas necessárias) do substrato das suas plantas, evitando que a água fique acumulada em vasos e jardins. Para vasos pequenos, utilize palitos de churrasco ou hashis para perfurar cuidadosamente o substrato, melhorando a drenagem dos vasos. Em jardins ou vasos grandes, utilize ferramentas como os ancinhos, por exemplo.
  • Fazer adubações é essencial para o crescimento e desenvolvimento das plantas. Nesta época do ano, é importante prepará-las para as alterações climáticas do inverno. Por isso, utilize adubos com maiores concentrações de potássio (é o nutriente K do adubo N-P-K), que irá aumentar a resistência ao frio e ao ataque de pragas e doenças, fortalecendo a planta. Evite utilizar adubos com altas concentrações de nitrogênio (o nutriente N do adubo N-P-K), para não estimular novas brotações nesta época, uma vez que a planta precisa poupar sua energia.
| Severin Candrian/Unsplash
  • Faça somente podas de limpeza nas plantas que apresentam essa necessidade. Retire ramos secos, mortos ou danificados, para arejar as plantas e permitir maior entrada de luz nas folhas.

Cuidar de plantas é aprender a observar seus sinais. Por isso, conecte-se com o processo e atente-se às mudanças que elas apresentam ao longo dos dias e das estações. Assim, suas plantas permanecerão saudáveis e bonitas em cada fase. Além dos cuidados importantes para esse período do ano, a dedicação e carinho para com as plantas é fundamental o ano todo!

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]