i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Você, amanhã

Foto de perfil de Você, amanhã
Ver perfil

Um guia de navegação para o futuro em um mundo exponencial e em transformação

Modelos de gestão

Liberdade e responsabilidade: lições da Netflix para empresas do século 21

  • Allan CostaPor Allan Costa
  • 15/09/2020 08:00
Liberdade e responsabilidade: lições da Netflix para empresas do século 21
| Foto: Reprodução/Netflix

Foi lançado oficialmente o primeiro livro escrito pelo fundador da Netflix, Reed Hastings, chamado A regra é não ter regras. As lições de gestão de Hastings vão além de ensinar a respeito de um produto que se tornou onipresente. São, sem dúvidas, algumas das premissas mais importantes para empreendedores e líderes deste século.

Embora seja natural associar Hastings à Netflix, a história do empreendedor não é somente a gigante do streaming. Formado em matemática antes de fundar a Netflix, Hastings abriu a Pure Software, que acabou sendo vendida para outra empresa de software em 1997. Muitos dos aprendizados do CEO à frente da Pure Software serviram para que ele tivesse tanto sucesso com o empreendimento que criaria em seguida.

Conforme a Pure Software crescia, Hastings conta que diversas burocracias e entraves apareciam. De forma geral, isso acabou minando a capacidade da empresa em inovar. Porém, inspirou-o, mais tarde, na hora de construir a cultura da Netflix. Decidiu baseá-la em dois princípios fundamentais: liberdade e responsabilidade.

Para Hastings, as pessoas devem estar acima dos processos. Apenas quando os profissionais têm liberdade é que uma verdadeira cultura de inovação floresce. Mas uma cultura baseada na liberdade individual não nasce e não progride do nada. É necessário que o ambiente empresarial sirva como um impulsionador para que isso aconteça. Uma coisa é dizer aos funcionários que todo mundo pode trazer novas ideias para mudar processos. Criar redes de segurança para que eles realmente façam isso sem que tenham medo de serem julgados ou demitidos é outra.

E aí, entra o outro pilar da cultura propagada por Reed Hastings: responsabilidade.

Muita liberdade no ambiente corporativo pode parecer incrível no papel, mas está a um passo de um desastre completo. Um ambiente livre não pode ser confundido com permissividade. Enquanto liberdade pode ser transformadora, excessos terminam em caos, em que a performance geral é prejudicada.

Por essa razão que a responsabilidade é tão importante. A cultura da Netflix é baseada em empoderar as pessoas, para que elas compreendam que seu trabalho afeta a marca como um todo e é parte direta dos resultados. “Nós apenas contratamos adultos e deixamos que eles trabalhem”, dizem algumas pessoas da organização.

O modelo de gestão de Hastings adotado na Netflix é, com certeza, útil para empresas do século 21, em que organizações ainda tentam equilibrar resultados com o bem-estar e a liberdade criativa de profissionais.

Importante lembrar que a Netflix é uma empresa que lida com ativos diretamente ligados à criatividade, como filmes, séries e animações. Portanto, pensar uma cultura de liberdade e responsabilidade para uma empresa como essa é diferente do que seria desenhar o pensamento dentro de organizações de outros setores, como saúde ou educação. Mesmo assim, a trajetória da Netflix e as ideias originais de Hastings são bases ricas para o futuro do trabalho. Vale ficar de olho.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 3 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • C

    Cesar Tiossi

    ± 7 dias

    LacraFlix. Estou fora. #cancelNetflix

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Shayman

    ± 7 dias

    até parece que esse lixo propagandista de esquerda que é a Netflixo defende algum tipo de liberdade. defendem é lavagem cerebral em massa! #defundfneflix

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • B

    Barbara Binder

    ± 7 dias

    Sua liberdade está no mesmo nível da sua responsabilidade. Quanto mais responsável vc é, mais liberdade vc tem.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.