i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Você, amanhã

Foto de perfil de Você, amanhã
Ver perfil

Um guia de navegação para o futuro em um mundo exponencial e em transformação

Decisões de carreira

Uma metodologia não-óbvia para tomadas de decisão

  • Allan CostaPor Allan Costa
  • 23/02/2021 08:00
Uma metodologia não-óbvia para tomadas de decisão
| Foto: Unsplash

Encontrar o nosso propósito, missão, caminho — ou seja lá como você chame — é uma das mais árduas tarefas que iremos encarar. Eu mesmo demorei décadas para descobrir o que realmente fazia meu coração pulsar e até hoje ainda me faço essa mesma pergunta todos os dias.

Esse tipo de indecisão não está presente apenas quando nos perguntamos sobre nosso propósito de vida, mas também quando temos que escolher qual próximo curso iremos fazer, qual faculdade iremos cursar, qual oferta de emprego iremos aceitar e assim por diante.

A verdade é: mesmo as pessoas mais decididas que você conhece muitas vezes também não têm tanta certeza do caminho que estão trilhando. E não existe nada de errado com isso. O mundo é um lugar muito mais complexo do que somos capazes de conceber e, por isso, qualquer plano de longo prazo pode não ser nada mais do que um devaneio.

Não estou defendendo que você não estabeleça metas e tenha visão de longo prazo. Isso é fundamental para o sucesso — seja lá o que sucesso signifique para você. A questão é: existem muitas variáveis no caminho, o que torna nossa missão de querer dizer com exatidão onde estaremos, o que seremos e como estaremos em um determinado período de tempo quase impossível.

Quando não tenho certeza de qual caminho devo tomar, gosto de pensar naquilo que não devo fazer. Parece uma ideia contraintuitiva e, de fato, ela é. Não é sempre que pensamos qual faculdade não queremos fazer. Ou qual emprego não queremos ter. Elaboramos nossos objetivos de forma positiva — eu quero —, não de forma negativa — eu não quero. A segunda forma, contudo, é tão importante quanto a primeira.

Saber com clareza aquilo que você não quer é uma ótima forma de descobrir aquilo que você quer. Eliminar algumas respostas e alternativas pode te dar muito mais clareza mental para, então, pensar no que você quer e tomar melhores decisões.

Em determinado momento da minha carreira eu sabia, por exemplo, que não queria mais continuar sendo um executivo no lugar onde eu estava. Eu não tinha clareza do que eu queria e saí em uma jornada de descoberta para encontrar essas respostas, mas partindo do pressuposto de que eu sabia o que não queria naquele momento.

Essas respostas não precisam ser definitivas, é claro. O que uma pessoa de 20 anos não quer pode fazer todo sentido para uma de 45.

Da próxima vez que você tiver que tomar uma decisão, tente pensar na resposta de outra forma. Busque responder em primeiro lugar aquilo que você não quer. Qual tipo de trabalho você não quer ter? Com qual tipo de chefe você não quer trabalhar? Como a cultura da sua empresa não pode ser? Qual tipo de legado você não quer deixar?

Após ter essas respostas muito claras você pode começar a sua jornada de descoberta para buscar aquilo que você, de fato, quer.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.