Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Mesa SP
Nova edição do Mesa SP discute os caminhos da produção alimentar no mundo frente aos desafios da crise climática.| Foto: Bigstock

Você vai? Eu vou. Vamos todos? É necessário. A proposta da edição do Mesa SP 2021 é urgente e exige nossa reflexão e ação. Será nos dias 18, 19 e 20 de novembro.

“Faremos com muito esforço e esperança, mas com pouquíssimos recursos, o Mesa SP 2021, o mais relevante evento da nossa área”, é o recado dos organizadores. “Este com certeza foi o ano mais desafiador que já enfrentamos, inclusive para a cultura e soberania alimentar dos brasileiros”, dizem num desabafo.

O Mesa SP vem há 18 anos construindo a história da gastronomia brasileira. Tivemos várias edições históricas.

O convite é para juntos com eles celebrar a resiliência do setor, camaradagem em tempos difíceis e a união para ajudarmos o Brasil a encontrar um melhor caminho, mais limpo e justo em todos sentidos.

Serão três dias de programação do Mesa Tendências, que este ano acontecerá no palco do Auditório Simón Bolívar no Memorial da América Latina.

Destaques

A abertura do evento na manhã desta quinta (18) marca um momento histórico para toda a produção artesanal do estado de São Paulo e do Brasil.

“Após um esforço coletivo que envolveu todos os interessados, aprovamos em 60 dias a mais moderna e inclusiva Lei de Produtos Artesanais de Origem Animal do Brasil. Essa lei transformará a cena gastronômica de São Paulo em uma potência da dimensão de uma Itália ou Portugal tanto na qualidade como na diversidade de produtos”, conta Georges Schnyder, um dos organizadores do evento.

Nos três dias do Mesa serão recebidos mais de 100 produtores artesanais que vão expor seus produtos no saguão do auditório. Será o maior e mais diverso encontro da produção artesanal de qualidade em um só local, garantem. O acesso ao Empório MESA é gratuito.

No dia 19, sexta-feira, teremos no meio do dia, no Mesa Tendências, o Painel Marco Zero, por um sistema alimentar que regenere Gaia.

Frei Betto (o fim da fome), Carlos Nobre (o ponto de virada da Amazônia e a crise climática), Carlos Monteiro(o paradigma da nutrição e dos ultraprocessados), Ale Luglio (ativismo vegano), Alex Atala (o que a gastronomia pode fazer pelo planeta) vão apresentar e dialogar mostrando caminhos para regenerar Gaia e nos integrarmos à natureza.

Pautas

Mais de 60 pautas da revista Prazeres da Mesa vão ser desenvolvidas como aulas no Mesa Ao Vivo montado no prédio do CBEAL, anexo ao Auditório.

“Estarão conosco muitos chefs, teremos degustações e oficinas com os melhores profissionais do Brasil”, convoca para participar de todo o evento Schneider.

Mesa Tendências conta com três dias de ricas palestras e debates envolvendo chefs, pesquisadores e estudiosos do Brasil e do mundo. Esta seleção de especialistas traz à público as novidades do cenário gastronômico mundial, além de caminhos e soluções para a alimentação humana e sua relação com a biodiversidade, a ancestralidade cultural, a criatividade e a tecnologia.

A programação inclui nomes como: Jefferson e Janaína Rueda, Alex Atala, Rodolfo Vilar, Frei Betto, Alê Luglio entre outros.

Serviço:
Mesa SP 2021
De 18 a 20 de novembro, das 10h às 18, no Memorial da América Latina: Auditório Simón Bolívar.
Transmissão ao vivo pelo
site do evento.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]