PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Pecuária
  3. Pente-fino: EUA aumenta fiscalização de carne importada do Brasil
carne fraca

Pente-fino: EUA aumenta fiscalização de carne importada do Brasil

Apesar da fiscalização maior, exportações continuam permitidas para os norte-americanos

JONATHAN CAMPOS/GAZETA DO POVO Autoridades do governo dos EUA estão testando toda a carne in natura e produtos processados importados do Brasil para identificar possíveis agentes patogênicos. | JONATHAN CAMPOS/GAZETA DO POVO

Autoridades do governo dos EUA estão testando toda a carne in natura e produtos processados importados do Brasil para identificar possíveis agentes patogênicos.

  • Estadão Conteúdo Web

O Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) informou nesta segunda-feira (20) que está ampliando o alcance das fiscalizações de carne bovina importada do Brasil, em decorrência das irregularidades reveladas pela Operação Carne Fraca, da Polícia Federal.

Autoridades do governo dos EUA estão testando toda a carne in natura e produtos processados importados do Brasil para identificar possíveis agentes patogênicos, e realizando exames mais detalhados nesses produtos, de acordo com o USDA.

Até agora, China, Chile, Coreia do Sul e Egito suspenderam a compra de carne do Brasil, enquanto aguardam mais informações do governo brasileiro. Já a União Europeia suspendeu a compra de carne dos 21 estabelecimentos alvos da Operação Carne Fraca.

Siga o Agronegócio Gazeta do Povo

VOLTAR AO TOPO

NOTÍCIAS POR CULTURA