Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Estreia neste mês

Fiat começa a revelar o novo hatch Argo, que traz detalhes da Toro; veja vídeo

Modelo que irá substituir de uma só vez Punto e Bravo trará luz diurna com o mesmo design ao da picape, pelo menos na versão Sporting

  • Renyere Trovão
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Depois de confirmar o nome por meio de protótipos circulando pelas ruas com a hashtag #DescubraArgo, a Fiat agora apresenta o primeiro teaser do seu novo hatch que será lançado no dia 31 de maio. O Argo (projeto X6H), com produção em Betim (MG), irá substituir de uma só vez Punto e Bravo, além das versões mais caras do Palio.

A novidade surge no vídeo intitulado “Descubra as primeiras linhas do Fiat Argo”. Na verdade, ele aparece num ambiente escurecido, com jogo de luzes ‘descobrindo’ partes do carro.

LEIA MAIS: Conheça o Virtus, o novo sedã da Volks com espaço de médio e preço de compacto

É possível perceber vincos acentuados na lateral e no teto. Nota-se que a parte central do capô é bem destacada e se prolonga pelo teto.

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/05/02/Automoveis/Imagens/Vivo/Fiat Argo 10_Raphael Panaro Ali Studio.JPG
Protótipos circulando pelas ruas com a hashtag #DescubraArgo revelaram o nome do projeto X6H.Raphael Panaro /Ali Studio

Porém o que mais chama a atenção são as luzes diurnas em led (DRLs), com a assinatura que remete à da Fiat Toro. É uma das diferença do modelo em relação ao Tipo europeu, no qual se inspirou. No hatch gringo, a luz diurna fica na base dos faróis.

Outros detalhes possíveis de observar são a saída de escape quadrada, o ronco mais grave do motor e o conta-giros com design esportivo. Ou seja, a versão usada na peça publicitária é a Sporting, que trará o motor 1.8 E.torQ Evo, possivelmente de 132 cv, e não de 139 cv como Renegade, associado à caixa automática de seis velocidades.

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/05/02/Automoveis/Imagens/Vivo/Fiat Argo projecao_João Kleber Amaral.jpg
João Kleber Amaral/Projeção

Os outros motores seriam o 1.0 FireFly 3-cilindros, de 77 cv, adotado pela versão de entrada do Argo (que entra no lugar do Palio topo de linha) e que usaria a transmissão manual de 5 marchas; e o 1.3 FireFly , de 4 cilindros, ajustado para render até 109 cv, com possibilidade de vir administrado pelo novo câmbio automatizado da Fiat, chamado de GSR.

Também fala-se de uma versão turbo do 1.3 com potência que chegaria a 160 cv.

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/05/02/Automoveis/Imagens/Vivo/Fiat Argo 1 projecao_João Kleber Amaral.jpg
João Kleber Amaral/Projeção

No vídeo ainda é possível perceber que a lanterna traseira será de led, pelo menos na configuração Sporting, e os nichos de faróis de neblina e a grade dianteira (aparentemente em colmeia) terão apelo esportivo.

Interior da picape Toro

Apesar de não revelar as configurações, a Fiat deverá adotar equipamentos disponíveis em sua gama. Por exemplo, o lançamento virá com direção elétrica e função City (melhor a assistência em 50%, facilitando as manobras, principalmente na hora de estacionar), sistema stop/start (desliga e liga o motor em paradas rápidas no trânsito), controle de estabilidade e assistência de partida em rampa.

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/05/02/Automoveis/Imagens/Vivo/Fiat_X6H_Interior_Prata.jpg
João Kleber Amaral/Projeção

O painel será exclusivo, com destaque para as três saídas de ar circulares no meio do painel e a tela de 7 polegadas sensível ao toque do sistema multimídia.

As versões mais caras trarão componentes em comum com os da picape Toro, como quadro de instrumentos e controles do ar-condicionado.

Na versão Sporting, ele terá faróis com máscara negra e grade superior e inferior pintadas de preto. Os faróis auxiliares são integrados à grade inferior. Haverá ainda a grafia Speedometer e do Tachometer no velocímetro e no conta-giros, respectivamente.

LEIA MAIS: Dê folga ao pé esquerdo! Confira os dez carros automáticos mais baratos no Brasil

Sedã no lugar do Grand Siena

O Argo também terá uma versão sedã previamente batizada de X6S. Ela irá ocupar o lugar do Grand Siena e do Linea, mas a produção ficará na Argentina, chegando ao Brasil no último trimestre de 2017. A Fiat ainda não divulgou ser usará o mesmo nome do hatch ou receberá outro batismo.

A dupla é a grande aposta da marca para voltar a dar as cartas no segmento compacto, uma vez que não apresentou grandes novidades nos últimos tempos, salvo o inédito Mobi e a reestilização e novos motores do Uno.

LEIA MAIS: Fiat, Ford e GM são acusadas de fazer propaganda enganosa

Nova picape e SUV

A Fiat prepara um novo modelo para substituir a Strada, a X6P, que chegaria em 2018 com um porte superior ao da campeã de vendas entre os comerciais leves.

O grupo FCA, da qual a Fiat faz parte, prepara um novo SUV, que será feito em Minas com o logotipo da Jeep. O utilitário é para o início de 2019.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Automóveis

PUBLICIDADE