Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

story
Enkontra.com
PUBLICIDADE

Mais rigor

Teste de colisão: Golf é o carro mais seguro do país; veja top 10

Volkswagen Golf é o primeiro modelo a obter nota máxima após o Latin NCap adotar critérios mais rigorosos para avaliar a segurança dos carros

O Latin NCap adotou critérios mais rigorosos para avaliar a segurança dos carros. E o Volkswagen Golf é o primeiro a obter nota máxima após as mudanças. | Divulgação
O Latin NCap adotou critérios mais rigorosos para avaliar a segurança dos carros. E o Volkswagen Golf é o primeiro a obter nota máxima após as mudanças. Divulgação
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Você já ouviu falar do Programa de Avaliação de Veículos Novos para América Latina e Caribe da Latin NCap? Se não, saiba que desde 2010 ele passou a ser um balizamento de segurança para os carros vendidos no Brasil.

De lá pra cá, mais de 50 modelos já foram analisados em testes de colisão e nível de equipamentos de proteção. Isso possibilitou a criação de um ranking, no qual os veículos são classificados por estrelas (máximo de cinco) e pontuações.

LEIA MAIS: Confira os 20 carros flex mais gastões do Brasil

Desde o ano passado, o sistema ficou mais rigoroso para a obtenção da nota máxima, que passou a ter valores mais altos no quesito proteção de adulto (leia mais) .

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/03/20/Automoveis/Imagens/Vivo/VW Golf.jpg
Volkswagen Golf recebeu nota máxima no crash test do Latin NCap.

CONFIRA O RANKING DOS CARROS AVALIADOS

E o primeiro carro a receber 5 estrelas após vigorar os novos protocolos do Latin NCap foi o Volkswagen Golf, feito no Brasil. O hatch médio foi testado na versão de entrada Comfortline, que já possui 7 airbags e controle de estabilidade, e atendeu a todos os requisitos.

Até o momento, apenas quatro modelos vendidos no mercado nacional foram submetidos ao programa após a mudança - além do Golf, também Fiat Novo Palio, Peugeot 208 e Ford Ranger .

Listamos a seguir os modelos mais seguros, segundo o programa do Latin NCap:

1.º VOLKSWAGEN GOLF

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/03/20/Automoveis/Imagens/Vivo/Volkswagen Golf.jpg

Fabricado em São José dos Pinhais, é o único da lista com 7 airbags (duplo frontal, dois laterais, dois de cortina e um de joelho para o motorista). Também foi o primeiro a receber nota máxima após encarar o rigor dos novos protocolos de avaliação, aplicados desde o ano passado.

A sétima geração do Golf vem ainda com controles de estabilidade e de tração e sistema Multicollision Brake, que freia o veículo após detectar uma colisão, diminuindo os danos. Como opcional, traz o o controle de cruzeiro adaptativo (ACC), que freia e acelera o veículo automaticamente.

Preço: a partir de R$ 74.990.

2.º HONDA HR-V

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/03/20/Automoveis/Imagens/Vivo/Honda HR-V.jpg

Líder de vendas entre os utilitários esportivos/ crossovers, o HR-V oferece controles de estabilidade e de tração, airbags laterais na versão topo ELX (R$ 101.400) e o sistema ESS (Emergency Stop Signal), que aciona o pisca alerta três vezes ao pisar fortemente no pedal de freio. Assim como o Golf, traz de série o assistente de partida em subida.

Avaliado ainda sob os critérios antigos, foi ligeiramente melhor na proteção para adultos do que o Golf, com menos danos nos bonecos de teste. Porém, pesou a pontuação para crianças, mais baixa que a do hatch da Volks.

Preços: a partir de R$ 79.900.

3.º TOYOTA HILUX

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/03/20/Automoveis/Imagens/Vivo/Toyota Hilux.jpg

A picape média feita na Argentina foi melhor na proteção de crianças devido aos novos Sistemas de Retenção Infantil (SRI). A unidade testada trazia três airbags, cinto de três pontos para todos os ocupantes e ancoragens Isofix.

É a picape mais segura do país, com 5 estrelas no cuidado a adultos e crianças - o modelo não passou ainda pelas novas regras de avaliação. A Ford Ranger é a que mais se aproxima da Hilux, com 3 estrelas para adulto e 4 para crianças.

Preços: a partir de R$ 112.150.

4.º JEEP RENEGADE

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/03/20/Automoveis/Imagens/Vivo/Jeep Renegade.jpg

Completa o quarteto com 5 estrelas. Também vem com os controles de estabilidade e de tração e assistente de partida em rampa. Traz ainda o controle de descida na versão a diesel (R$ 115.990).

Como diferencial, há o Panic Brake Assist, que ‘pressiona’ o freio ao máximo nas rodas em uma situação de emergência, mesmo que condutor não tenha pisado tão forte no pedal.

O Renegade protegeu bem motorista, melhor até que a Hilux, mas teve uma leve derrapagem no quesito infantil, reduzindo sua média e ficando abaixo do Toyota.

Preços: a partir de R$ 80.790.

5.º HONDA CITY

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/03/20/Automoveis/Imagens/Vivo/Honda City 1.jpg

O primeiro da relação a perder uma estrela na proteção às crianças (no adulto permanecem as cinco estrelas). O sedã vem com airbags laterais e de cortina na versão topo ELX (R$ 81.400). A presença do sensor de ré com câmera multivisão, a partir da EX (R$ 75.700), auxilia na segurança.

A proteção de adultos foi considerada “bom” e “adequado”, no entanto observou-se danos ao acompanhante, o que puxou a nota para baixo.

Preços: a partir de R$ 60.900.

6.º TOYOTA COROLLA

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/03/20/Automoveis/Imagens/Vivo/Toyota Corolla.jpg

O modelo avaliado é a linha anterior que ainda vinha equipado de série com cinco airbags (duplo frontal, dois laterais e para o joelho do motorista).Curiosamente, o modelo avaliado no programa trazia apenas três (sem os laterais). O novo Corolla reestilizado, que chegou às lojas no último dia 17, vem de série com 7 airbags.

A unidade testada também não oferecia controles de estabilidade e de tração, ausentes em toda a linha até então. Com a a atualização do sedã, tais dispositivos foram acrescentados em toda a linha, como também ganhou assistente de saída em rampa. A próxima avaliação do carro certamente o fará brigar pelos primeiros lugares no ranking.

Preços: a partir de R$ 69.690 (frotistas e portadores de necessidade especiais) e R$ 90.990.

7.º HONDA FIT

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/03/20/Automoveis/Imagens/Vivo/Honda Fit.jpg

É outro que oferece airbags laterais dianteiros para motorista e passageiro, porém apenas na versão topo EXL (R$ 78.900), que não foi a configuração testada. A câmera de ré multivisão está no pacote de fábrica a partir da EX (R$ 73.800). Há até um pino de segurança para o tapete do condutor.

Apesar de compartilhar a plataforma do City, o Fit apresentou alguns problemas na proteção para crianças que pesaram na nota. Por exemplo, houve dificuldade de instalação de algumas cadeiras infantis em determinadas posições.

Preços: a partir de R$ 57.700.

8.º VOLKSWAGEN UP!

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/03/20/Automoveis/Imagens/Vivo/VW up!.jpg

É o único modelo ‘de entrada’ a figurar no ranking dos ‘10 mais’. Assim como o HR-V, o hatch compacto também oferece o sistema ESS (Emergency Stop Signal).

De série, dispõe de alerta visual e sonoro de não utilização do cinto de segurança e do sistema Isofix, ainda incomum nos carros mais acessíveis. Sensor de ré está disponível a partir da versão move up! (R$ 44.470).

Só não vem com o botão para desativar o airbag do passageiro, embora tenha um aviso, o que significa que não é possível instalar uma cadeirinha infantil no banco da frente (do carona).

Preços: a partir de R$ 35.190 (2 portas) e R$ 37.590 (4 portas).

9.º FORD FOCUS HATCH

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/03/20/Automoveis/Imagens/Vivo/Ford Focus-918.jpg

Vem equipado de série com os controles de estabilidade e de tração, auxiliado pelo Sistema de Estabilidade Preventivo, que prevê e evita uma situação de risco considerando a velocidade do carro e o giro do volante.

A versão topo Titanium Plus (R$ 109.400) oferece a frenagem autônoma, que freia automaticamente o carro ao perceber que ele se aproxima rapidamente do veículo à frente, e sistema de estacionamento automático.

Ficaria entre os seis primeiros se fosse considerado somente a proteção a adultos. Porém ganhou uma advertência em relação ao airbag do carona, não atendendo plenamente os critérios do Latin NCap.

Preços: a partir de R$ 76.200.

10.º VOLKSWAGEN JETTA

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/03/20/Automoveis/Imagens/Vivo/VW Jetta.jpg

A versão testada é a intermediária Comfortline (R$ 98.852), que já vem com dois airbags laterais, sensor de estacionamento (dianteiro e traseiro) e Isofix. Lembrando que o modelo avaliado é anterior à última atualização feita em 2015.

A topo Highline (R$ 114.569) adiciona os airbags de cortina, além de controles de estabilidade e de tração, bloqueio eletrônico do diferencial e assistente de partida na subida.

A proteção para adultos foi classificada como ‘boa’ e ‘adequada’, assim como a fixação das cadeirinhas infantis. No entanto, as instruções sobre a instalação do assento para crianças no banco do carona não eram suficientes para atender os critérios do Latin NCap.

Preços: a partir de R$ 85.656.

Critérios mais rigorosos na avaliação

A partir de 2016, o Latin NCap passou a ser mais criterioso na avaliação, exigindo a presença dos controles de tração e estabilidade para a obtenção da nota máxima, além de aumentar o peso das notas com a presença de airbags complementares e sistema de fixação da cadeira infantil.

Para obter a nota máxima, o veículo passa por um teste de colisão lateral. O impacto acontece por meio de uma barreira deformável montada em um carro padronizado de 850 kg, que se desloca a 50 km/h. Até 2015, esse teste era opcional. Agora, ele inclui também bonecos crianças e os respectivos suportes de proteção.

LEIA MAIS: Confira os carros menos seguros do país

Soma-se ainda a presença do controle eletrônico de estabilidade e o impacto em poste (a 29 km/h). Se sair bem nestes quesitos e também na colisão frontal (a 64 km/h) e no nível de equipamentos de segurança, o veículo poderá receber avaliação máxima.

O programa leva em conta os riscos de lesões fatais que apresentam em caso de acidente, tanto para o motorista e passageiro adultos que vão à frente quanto para crianças de 1 ano e meio a 3 anos de idade que ficam atrás nas cadeirinhas infantis.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Automóveis

PUBLICIDADE