PUBLICIDADE

Bola no Corpo

Enviado por admin, 14/12/11 8:21:00 PM

Ministério Público recebe nesta quinta petição para investigar clássico mineiro


Nesta quinta-feira, o Ministério Público Federal em Belo Horizonte receberá uma petição pedindo a investigação do jogo Cruzeiro 6 x 1 Atlético Mineiro, sob suspeita de manipulação do resultado. A iniciativa interessa diretamente ao Atlético Paranaense. A péssima campanha ao longo de 37 rodadas do Brasileiro obrigou o Furacão a vencer o Atletiba e contar com derrotas de Ceará e Cruzeiro na rodada final para não cair. O Atlético venceu, o Ceará perdeu, mas o Galo não esteve nem perto de segurar a Raposa.

Um dos responsáveis pela petição é o jornalista Fabiano Angelico, torcedor do Galo, mineiro radicado em São Paulo. Em uma dessas coincidências malucas da vida, conheci o Fabiano na véspera da rodada final do Brasileiro. Meu camarada Guilherme Voitch, outro jornalista curitibano enfiado nessa fábrica de maluco chamada São Paulo, é roomate do Fabiano. E foi quem conseguiu essa entrevista, que o Fabiano me concedeu por e-mail ontem, quando a petição já contava com quase 8 mil assinaturas. Acompanhem.

A partir de que ponto você percebeu que o 6 a 1 poderia não se apenas uma derrota normal do Galo?
Vi só o primeiro tempo do jogo e achei tudo muito esquisito. Mas só comecei a dar crédito quando li alguns relatos.
Três coisas chamam a atenção:
– O filho de Ricardo Guimarães [presidente do BMG] teria dito a amigos que o jogo estava comprado;
– As apostas para o “jogo” Atlético Mineiro x Cruzeiro estavam fora do padrão: Casas de apostas pagando 4 reais pro Galo e 1,90 para o Cruzeiro?!? Sendo que no clássico do Paraná a coisa estava assim: R$ 2,75 para o Furacão e R$ 2,40 para o Coxa. No Rio (Flamengo x Vasco) e em SP (Corinthians x Palmeiras) os valores também eram próximos;
– BMG. Meus estudos sobre corrupção (sou pós-graduado em Transparência e Combate a Corrupção pela Univ de Chile e estou terminando um mestrado em Administração Pública na FGV) indicam que em ambientes pouco transparentes e muito monopolizados, a corrupção é certa. Como o BMG tem negócios com Cruzeiro e Atlético Mineiro e o dinheiro do banco tem grande influência sobre os destinos do Galo e do Cruzeiro, fica fácil supor que é grande a possibilidade de interferência indevida. Além disso, várias testemunhas relataram ter havido uma reunião entre Perrela, Kalil e RGuimarães

O grupo que está organizand.o a petição tem apenas indícios ou também provas de que houve manipulação?
Indícios. Muitos, muitos indícios. É quase impossível para nosotros, cidadãos comuns, produzir provas nesse tipo de ambiente. Daí a necessidade de órgãos do Estado fazerem as investigações.

O que faz esse 6 a 1 tão mais estranho que as derrotas por 5 a 0 do Galo para o Cruzeiro nas finais estaduais de 2008 e 2009, ou o 4 a 0 do Galo sobre o Cruzeiro na final estadual de 2007?
O Galo estava embalado, com a melhor defesa do returno. Em Minas, o time não havia perdido no returno. O Cruzeiro, ao contrário, tinha o pior ataque do returno e estava sem Montillo. Em 2008 e 2009 o time deles estava numa fase melhor do que a nossa. Eram resultados mais ou menos esperados. Agora, o problema nem é tanto o placar. Já vi o time perder feio, mas perder de maneira honrada O que aconteceu foi estranho porque o time estava totalmente apático. Um fotógrafo de campo disse ter visto jogadores do Galo comemorando os 0 x 4 no intervalo. Isso combina com um dos relatos, segundo o qual os jogadores se revoltaram com as ordens de Kalil e decidiram escancarar, para demonstrar o descontentamento.

Alguém da direção do Atlético Mineiro ou do BMG procurou vocês depois do início da mobilização para assinar a petição?
Não. A mim, pelo menos, não.

Quantas mil assinaturas são necessárias para que o MP seja obrigado a abrir investigação? Qual o trâmite para que um inquérito seja aberto?
Não há um limite de assinaturas. Qualquer pessoa pode acionar o MP, que tem como atribuição constitucional “zelar pela aplicação das leis”. Mas é claro que 8 mil assinaturas são uma arma mais poderosa do que uma iniciativa solitária.

Vocês têm sido procurados por torcedores do Atlético Paranaense? Há uma mobilização dos atleticanos do Paraná para se juntar aos atleticanos de Minas nessa busca por assinaturas?
Não fomos procurados, mas já li relatos em blogs e veículos do Paraná e vi paranaenses repercutindo o caso nas redes sociais.

Caso seja aberto um inquérito e se apure que houve manipulação, como ficará sua relação com o Galo?
A minha relação sempre foi de um torcedor, mas não fanático. Agora, estou bastante decepcionado. Já não era um grande apaixonado. A partir de agora, aumentará a distância…

*****

Como postei no início da semana, não acredito que tenha ocorrido manipulação. Um time de futebol aceitar se corromper diante do maior rival, em um jogo que a torcida encarava como final de campeonato, é demais para a minha cabeça e o meu estômago. Fora isso, repito, Cruzeiro e Galo foram irmãos na ruindade neste Brasileiro e o fato de um chegar à rodada final totalmente relaxado, diante de um rival precisando desesperadamente vencer e com um estádio inteiro fungando na sua nuca, é relevante o suficiente para desembocar em uma goleada dessas. Mas, a mobilização popular é grande e acho saudável o MP investigar. É uma boa chance de emprestar alguma lisura ao judiado futebol brasileiro.

*****

Acompanhe o Bola no Corpo no Tuíter, no Feicebuque e no Google Mais.

Este é um espaço público de debate de idéias. A Gazeta do Povo não se responsabiliza pelos artigos e comentários aqui colocados pelos autores e usuários do blog. O conteúdo das mensagens é de única e exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.
      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      Buscar no blog
      Assine a Gazeta do Povo
      • A Cobertura Mais Completa
        Gazeta do Povo

        A Cobertura Mais Completa

        Assine o plano completo da Gazeta do Povo e receba as edições impressas todos os dias da semana + acesso ilimitado no celular, computador e tablet. Tenha a cobertura mais completa do Paraná com a opinião e credibilidade dos melhores colunistas!

        Tudo isso por apenas

        12x de
        R$49,90

        Assine agora!
      • Experimente o Digital de Graça
        Gazeta do Povo

        Experimente o Digital de Graça!

        Assine agora o plano digital e tenha acesso ilimitado da Gazeta do Povo no aplicativo tablet, celular e computador. E mais: o primeiro mês é gratuito sem qualquer compromisso de continuidade!

        Após o período teste,
        você paga apenas

        R$29,90
        por mês!

        Quero Experimentar