Assinaturas Classificados
Seções
Anteriores
Publicidade

Bola no Corpo

Quem faz o blog
Seções
Defesa arrojada
É disso que o pop gosta
Foi o Vaterlô
Já fui bom nisso
Minha planilha que não falha
Olha o chute do garoto
Por dentro dos fatos
Posts
Um abraço para o contexto
Vai com Deus, guri
Vai ganhar o Motorádio
Enviado por admin, 20/08/12 11:31:00 AM

Os próximos passos para o Atlético fazer do Ecoestádio o seu caldeirão


Arquibancada do Ecoestádio no jogo contra o Toledo, no Paranaense: torcida a favor do Atlético.

A segunda-feira será decisiva para o Atlético conseguir transferir os jogos sob seu mando de Paranaguá para Curitiba, no Ecoestádio Janguito Malucelli.

A única ponta totalmente acertada é com o J. Malucelli. O presidente de honra Joel Malucelli acertou a cessão do estádio pelo mesmo valor do Campeonato Paranaense. Os borderôs dos jogos do Atlético no Ecoestádio pelo Estadual apontam R$ 20 mil como o custo do aluguel. Pessoas de dentro do Atlético, contudo, falam em um valor não superior a R$ 10 mil.

Para hoje, o Atlético espera conseguir o aval formal da CBF e da TV. Ambas já acenaram informalmente com um sim. Para a CBF, a necessidade é de que haja 10 mil lugares sentados. No caso da TV, não haveria impasse nem mesmo nas partidas de dia de semana, que teriam de ser disputadas à tarde: estes jogos seriam transmitidos apenas no pay-per-view.

Depois de conseguir estas primeiras autorizações, o Atlético vai para o estágio seguinte, que é instalar as arquibancadas tubulares que aumentem a capacidade para 10 mil pessoas. Somente depois da instalação, claro, será possível a vistoria do Corpo de Bombeiros para verificar a segurança das tubulares e se há saídas de emergência adequadas.

A Polícia Rodoviária Federal é outro personagem importante na história. No início do ano, a PRF se opôs à realização de jogos no Janguito por questões de segurança. A nova passarela para a travessia de pedestres na BR-277, em tese, resolveu o problema. Falta verificar se não será feita outra exigência com um público de 10 mil pessoas por jogo.

A ideia do Atlético é se mudar para o Ecoestádio já a partir do duelo com o Joinville, terça-feira que vem. Mas o clube admite a possibilidade de conseguir ajeitar e liberar o estádio somente para a outra semana, contra o Boa.

A pretensão do clube é transformar o Ecoestádio em um pequeno caldeirão, com a torcida bufando na nuca do adversário o tempo todo. Pela proximidade do campo e as tubulares, lembraria, inclusive, a Baixada da época do acesso de 1995.

De volta do Uruguai, Mario Celso Petraglia tomou frente da questão do estádio, com auxílio direto do diretor de Marketing Mauro Holzmann.

Seguem os jogos com mando do Atlético no returno que já têm data confirmada e o horário original. Os três primeiros seriam antecipados para o período da tarde

28/8 (terça-feira) 19h30 Atlético x Joinville

4/9 (terça-feira) 19h30 Atlético x Boa

11/9 (terça-feira) 19h30 Atlético x CRB

22/9 (sábado) 16 h Atlético x Ceará

*****

Mudando de estádio para técnico. Ricardo Drubscky não será formalmente efetivado, mas continuará no comando do time. O entendimento é de que Drubscky é um funcionário do clube que foi remanejado para uma função diferente (de técnico do sub-23 para técnico do time principal). Assim, no caso de necessidade de troca, Drubscky voltaria normalmente para sua função original e evitaria-se o desgaste de oficialmente substituir mais um técnico.

Fatores que contribuem para a aposta em Drubscky: os resultados, a nítida confiança do elenco nele, a falta de opções boas e a um bom custo no mercado e a confiança de Petraglia em Drubscky.

Este é um espaço público de debate de idéias. A Gazeta do Povo não se responsabiliza pelos artigos e comentários aqui colocados pelos autores e usuários do blog. O conteúdo das mensagens é de única e exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.
      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      Marco | 20/08/2012 | 22:28

      Discordo de quem falou que faltou jogo de cintura para dialogar com Coritiba e Paraná, a verdade é que nenhum dos dois nunca teve nenhuma intenção de ceder, faziram o que for possível para atrapalhar, e agiram várias vezes de maneira desonesta. No caso do Coritiba foram todas as vezes, parte inveja e parte medo. A solução do ecoestádio é a melhor, e logo Curitiba, que hoje não tem nenhum estádio decente voltará a ter um, e só um: a nova Arena. Couto e Vila são estádios serie b, como seus times.

      Carlos | 20/08/2012 | 20:56

      Concordo com o Paulo Cesar, o correto seria equipar o Ecoestádio com iluminação. Resulveria o problema de todos os envolvidos.

      gherman maia de siqueira | 20/08/2012 | 19:35

      agora quero ver quem segura nosso furacão ,o caldeirão de bariqui vai ferver ,é o melhor lugar para jogar ,sem ajudar os quebrados os coxinhas e os gralhas ,agora vai ser assim sempre furacão voltou.

      Juka Riva Bem | 20/08/2012 | 19:19

      Agora teremos que lotar o Janguitão até o último lugar. Fazer dele nosso novo caldeirão, até a nova e grandiosa Arena ficar pronta.!!!!

      Orival Moraes | 20/08/2012 | 18:15

      -Nada mais bucólico do que um estádio pequeno que favorece a equipe, pois, o apóio da torcida é fundamental. Salve o Atlético.

      Fer | 20/08/2012 | 17:23

      Infelizmente só vai privilegiar os piás de prédio que nao trabalham....

      Andre | 20/08/2012 | 17:23

      Bela iniciativa! Bem, já que vai aumentar a capacidade do "Janguitão", porque não aumentar a capacidade do estádio dentro do CT do Caju? Creio que a CBF poderia facilitar tal iniciativa, simplesmente argumentando que o Atlético já se sacrificou demais pela ausência da Arena nesta reformulação pela Copa. Faz um Caldeirão dentro do CT e explora o marketing do Melhor CT do Hemisfério Sul!

      alexandre | 20/08/2012 | 17:22

      é Sr Sergio é em "CURURITA" mesmo seus jogos, acho bem engraçado a postura de alguns torcedores do segundo ( ou terceiro) do estado, poder aquisitivo maior, dinheiro, somos 10 anos luz a frente de qualquer um etc..blá blá, que papinho de quem usa qsj publico em favor proprio...

      ubirajara manoel moreira carneiro | 20/08/2012 | 16:45

      Parabens presidente M.C.P., pela medida acertada, pois nao vamos engordar porco magro (coxas e Paranistas), vamos prestigiar o Janguito Malucelli

      Marcelo | 20/08/2012 | 16:42

      Decisão acertada...não me venham com essa de reclamar que os jogos serão à tarde e aí não podem ir...garanto que são os mesmos que não foram a nenhum jogo em Paranaguá...concordo com o comentário do colega Marcus aí embaixo, o pessoal reclama de tudo. É hora da torcida (verdadeira) empurrar esse time. O Janguito vai ferver!!!!

      joao de brito | 20/08/2012 | 16:29

      para um administrador de empresa que se dis bem susedido eu não entendo como que o atletico esta nessa situaçao elem disso ele foi acredita na palavra de presidente dos outros dois clubes da capital que alugarias seu estadios,sendo que na verdade o sonho deles é ver o atletico na quarta divisão só de inveja porque os jogos da copa vai ser na arena só o nosso presidente que fica acreditando na palavra [coirmão]

      Paulo Cesar | 20/08/2012 | 16:10

      Para mim se resume em meia solução. Pois a saida de Paranaguá é primordial para nossas intenções de retornar a série A, mas o horário da tarde irá complicar um pouco a bilheteria. O correto era acertar os holofotes pelo custo do aluguel e os jogos serem a noite, ai sim estaremos dando uma dentro.

      sergio antonio de oliveira | 20/08/2012 | 16:08

      parabens pela otima noticia de volltarmos a jogar em cururita avante furaçao

      Marcus | 20/08/2012 | 15:49

      Tem gente que reclama demais, meu Deus! Reclama que joga na vila capanema, reclama de jogar em paranaguá, e agora que a diretoria ta se mexendo vai reclamar que o jogo é dia de semana a tarde. Agora é época de esforcos de todos os lados, e nunca dá pra conseguir tudo que a gente quer. Tranquilos que esse sacrifício vai valer a pena, em um ano vamos ter o estádio mais moderno do estado e seda da copa do mundo, enquanto os outros dois co-irmaos seguem com suas velharias caindo aos pedacos.

      Marcelo Petschow | 20/08/2012 | 15:35

      o Vanderlei, aproveita e muda de time, atleticano que é atleticano não abandona nunca

      Leonir Bianchini | 20/08/2012 | 15:31

      Acho que esse é o momento para o Atlético deslanchar no campeonato, pois jogando em Curitiba, seja aonde for, desde que seja na Capital é muito favorável, mesmo que não coloque 10 mil na semana, mais terá o sábado para lotar. Desta vez o clube fez o certo, baixou a crista e aceitou a opinião da torcida, que tinha muita dificuldade de viajar 200 km (entre ida e volta) para assistir jogos em Paranaguá. Espero que no 2 ou 3 jogo do 2 turno o atlético já esteja no G4.

      Clecy | 20/08/2012 | 15:29

      Concordo plenamente com o Altair. Nós trabalhamos durante a semana numa jornada de 8 horas. Os patrões não vão nos dispensar por causa de jogos. Conclusão, não vamos poder assistir nem no estádio e nem no pay-per-view. O ideal seria os jogos em casa ser no sábado e os de fora na terça à noite.

      Altevir | 20/08/2012 | 15:27

      Gostei dos comentários, todos de bom senso. Não sou atleticano mas gosto do bom futebol e sem tanta polêmica dos dirigentes. No grito não se consegue nada. Realmente o Atlético poderia estar mandando seus jogos num estádio mais confortável em Curitiba.

      Altevir | 20/08/2012 | 15:21

      Gostei dos três comentários, todos de bom senso. Não sou atleticano mas gosto do bom futebol e sem tanta polêmica dos dirigentes. No grito não se consegue nada. Realmente o Atlético poderia estar mandando seus jogos num estádio mais confortável em Curitiba.

      Cris | 20/08/2012 | 15:16

      Salve Léo, olha só, sem querer ser chato...mas é pretens?o com "s", e n?o "pretenç?o". Mas como diz o ditado, acontece com as melhores famílias...e jornalistas também...rs. Abs RESPOSTA: Valeu, Cris. Correria normal, falta de revisão imperdoável. Já corrigido. Obrigado.

      Vanderley Jatobá | 20/08/2012 | 15:10

      Agora volta pra curitiba mais adianta o horario pra jogar a tarde então não posso ir em horario de trabalho e ainda tenho que pagar minha tv a cabo pra não assistir ai é palhaçada vo cancela tudo socio epay-per-view

      Joâo Melitão | 20/08/2012 | 15:04

      òtimo, excelente... afinal o que é mais 10 meses longe da ARENA. O sacrificio vai valer com o retorno a 1ª divisão. E nessa hora o importante é o apoio ao time. Valeu diretoria.

      Roberto | 20/08/2012 | 14:54

      A pretenç?o do clube é transformar o Ecoestádio em um pequeno caldeir?o, com a torcida bufando na nuca do adversário o tempo todo. Pela proximidade do campo e as tubulares, lembraria, inclusive, a Baixada da época do acesso de 1995. PRETENÇ?O n?o existe, seus BURROS... É PRETENSÂO.... Viu Gazeta, o que dá colocar estagiários analfabetos para esceverem ???? RESPOSTA: É, Gazeta, chega de contratar estagiário analfabeto.

      Marcus | 20/08/2012 | 14:38

      Sabemos que a torcida do atletico é a de maior poder aquisitivo. Estao todos mal acostumados com o conforto e luxo da arena, mas nao acredito que isso seria um fator pra distanciar a torcida, maior do estado. Nos ultimos jogos esse ano lá, deu casa cheia em quase todos.

      Alvaro Neto | 20/08/2012 | 14:06

      Também acho que faltou um pouco de jogo de cintura do MCP para negociar com Paraná e Coritiba, mas acho que com a atual situação o clube ganhará muito jogando ali, e digo mais, é mais um passo largo em relação ao acesso. O atual elenco não deve nada para os demais times da segunda divisão, com a força da torcida, vamos crescer.

      Altair Siqueira | 20/08/2012 | 13:45

      A mudança será boa, pois o Atlético jogará ao lado da torcida, mas por outro lado, partidas no meio de semana à tarde prejudica aqueles que não poderão ir aos jogos, e também aqueles que tem pacote de pay-per-view, como é o meu caso, afinal à tarde as pessoas trabalham, eu por exemplo vou cancelar meu pacote, pois não vou pagar para não assistir.

      Rogerio | 20/08/2012 | 13:41

      Maior pra quê ? A torcida que sempre foi fator decisivo ultimamamente mais reclama do que ajuda. Se conseguirmos 5 ou 6 mil pessoas por jogo já será um milagre. Infelizmente a maioria de nossos torcedores foram forjados nas confortáveis dependências da Arena e não gostam de sujar o jeans.

      Adriele Block | 20/08/2012 | 13:05

      Acho o Petraglia muito fera porem ele fala muita asneira. poderiamos ter conseguido um estadio maior e melhor para os jogos porem depois de tanta "polemica" causada por declarações dele é claro que nenhuma das diretorias dos clubes da capital aceitariam qualquer negociação.

      Publicidade
      Publicidade
      Publicidade
      «

      Onde e quando quiser

      Tenha a Gazeta do Povo a sua disposição com o Plano Completo de assinatura.

      Nele, você recebe o jornal em casa, tem acesso a todo conteúdo do site no computador, no smartphone e faz o download das edições da Gazeta no tablet. Tudo por apenas R$ 69,30 por mês no plano anual.

      SAIBA MAIS

      Passaporte para o digital

      Só o assinante Gazeta do Povo Digital tem acesso exclusivo ao conteúdo do site, sem nenhum custo adicional ou limite.

      Navegue com seu celular ou baixe todas as edições no tablet - um novo jeito de ler jornal onde você estiver.

      CLIQUE E FAÇA PARTE DESSE NOVO MUNDO

      »
      publicidade