Blogs

Fechar
PUBLICIDADE

Caixa Zero

Enviado por Rogerio Waldrigues Galindo, 27/01/16 5:35:29 PM

Reclamações contra Fruet (e outras coisas que todos os candidatos têm em comum)

fruet1

A Gazeta do Povo entrevistou os sete principais pré-candidatos à prefeitura de Curitiba nas últimas duas semanas. O critério foi o posicionamento na última pesquisa realizada no ano passado pelo Paraná Pesquisas: quem apareceu com mais de 4% foi chamado. Só o prefeito Gustavo Fruet (PDT) não aceitou o convite.

Os perfis são variados – a diferença entre entrevistar o tímido Luciano Ducci (PSB), o falante Tadeu Veneri (PT), o enérgico Requião Filho (PMDB) e o espetaculoso Rafael Greca (PMDB) não podia ser maior. Mas há vários pontos em comum também entre os postulantes.

Neste ano em que se discute, por exemplo, a exclusão de negros na festa do Oscar, por exemplo, vale ressaltar que todos os candidatos mais fortes è prefeitura de Curitiba são brancos. A cidade nunca teve um prefeito negro – e não vai ser dessa vez.

Curitiba também nunca teve uma prefeita. E entre os sete sabatinados, vistos como principais desafiantes do atual prefeito, também não há mulheres. As duas candidatas que se colocaram até agora na disputa não atingiram o porcentual mínimo para serem chamadas nessa primeira fase. Maria Victoria (PP) e Xênia Mello (PSol) correm, para dizer pouco, por fora.

Os candidatos também são em geral parte da elite da cidade. Na maioria dos casos moram nos bairros de mais alto padrão (três em Santa Felicidade, um no Centro, um no Tarumã, um no Mossunguê, um no Campo Comprido). Ninguém do Tatuquara ou Ganchinho, claro.

Há três prefeitos ou ex-prefeitos na disputa. Mais curioso: há três filhos ou netos de prefeitos como pré-candidatos: Requião Filho é não só filho como neto de prefeitos; Leprevost teve um avô homônimo prefeito de Curitiba; e o atual ocupante do cargo foi precedido por Maurício Fruet em 30 anos.

Em geral os candidatos são contra o metrô, com as exceções de Fruet e Greca. Cinco já foram aliados de Beto Richa (PSDB), mas só três (Ducci, Francischini e Ratinho) o defendem hoje. Quatro foram aliados de Requião pai. Cinco disseram que o Madalosso era seu restaurante favorito. Todos os entrevistados bateram em Fruet – a maioria, impiedosamente. Mas todos dizem que ele é muito gente boa…

Siga o blog no Twitter.

Curta a página do Caixa Zero no Facebook.

Este é um espaço público de debate de idéias. A Gazeta do Povo não se responsabiliza pelos artigos e comentários aqui colocados pelos autores e usuários do blog. O conteúdo das mensagens é de única e exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.
Buscar no blog
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais