*

Enkontra.com
Blog Bia Kunze – Garota sem Fio

Vai comprar smartphone na Black Friday? Siga estas 5 dicas

Neste ano a semana da Black Friday chega a um público mais preparado que nas edições anteriores. Ainda há muita maquiagem de preços e promoções falsas — de onde surgiu a alcunha “Black Fraude” — mas atualmente há diversos blogs e sites atentos monitorando tudo. E, apesar do dia oficial ser só na sexta, muitas lojas estão antecipando promoções.

A venda de smartphones costuma bombar nessa época, ainda mais com o décimo-terceiro aquecendo a economia. É o momento ideal para trocar aquele seu smartphone velho e cansado, que mal aguenta abrir a galeria de fotos. Siga estas dicas para fazer a melhor escolha:

1. Os lançamentos mais recentes não costumam figurar nas promoções — eles são os puxadores das vendas de Natal. Porém os topos de linha do ano passado costumam surgir com preços bem atraentes — por exemplo o Galaxy S7, que pode ser encontrado por R$ 1.700,00. Eu mesma comprei meu Galaxy Note 5 um ano após o lançamento e não me arrependo.

2. Mais baratos ainda estão os topo de linha com 2 anos ou mais. Se você não tem preconceito, é possível comprar LG G4 ou Galaxy S6 por cerca de R$ 1.000. Se você é exigente com desempenho, principalmente de câmera, eles deixam a maioria dos intermediários novos desta faixa de preço no chinelo. Apenas certifique-se que o OS está atualizado — no mínimo com o Android 6.0 (o Marshmallow).

3. Mais difícil é achar iPhones do ano passado nas promoções. Minha dica é ficar de olho nos amigos applemaníacos nas redes sociais. Certamente os que estão comprando iPhone 8 ou X pretendem se desfazer de seus modelos antigos. Vale muito a pena ainda pegar um iPhone 7 ou 6S, que estão funcionando bem com o OS atualizado. Pechinche!

4. Para os que não ligam para detalhes tech e apenas querem comprar um modelo recente o mais barato possível: verifique se ele roda ao menos o Android 6.0, para que ele tenha um mínimo de longevidade. Há diversos modelos no mercado por cerca de R$ 500 com sistema operacional mais antigo, mas é bom ficar esperto porque a muitos aplicativos deixam de funcionar aos poucos conforme o sistema vai ficando obsoleto.

5. Fuja das memórias de armazenamento enxutas. Em Android, 16 GB é o mínimo para um aparelho atualizado funcionar, mas recomendo ao menos 32 GB para não ter dores de cabeça tão cedo. Para iPhone, em especial se você gosta bastante de fotos e vídeos, o mínimo que eu recomendo é 64 GB.