*

Enkontra.com

Felipão e Família Brasileira dividem jornal na China

Felipao é treinador do Guangzhou Evergrande
Felipao é treinador do Guangzhou Evergrande

你们好,

Ni men hao,

Esta e a época do ano em que vamos de férias para o Brasil, portanto este será meu último post até agosto, quando voltarei a escrever sobre a China com força total. Enquanto isso, a Família mais Bonita da China segue sua viagem rumo ao sucesso! Na realidade, acho que as coisas estão saindo um pouco fora de controle. Nossa visibilidade aumenta a cada semana e não sei ao certo onde isso vai parar.

Vejam só, nesta segunda-feira, fomos matéria de um dos principais jornais de Shenzhen, o Shenzhen Special Zone Daily. Aliás, nós e o Felipão que agora é o treinador do time Guangzhou Evergrande e meu vizinho (Shenzhen fica a 30 minutos de trem rápido de Guangzhou).

 

Felipao é treinador do Guangzhou Evergrande

Felipao é treinador do Guangzhou Evergrande

Como sempre, a tradução do Google é uma maluquice só, mas pelo e-mail que a jornalista Susanna gentilmente me enviou com os principais pontos da reportagem traduzidos para o inglês, o foco desta vez foi a forma com a qual educamos nossos filhos. Por quê?

Por que, enquanto no Brasil, nossos menores abandonados vagam pelas ruas pedindo esmola, vendendo balinha nos sinais de trânsito ou se drogando em cracolândias, na China, os pais migram da área rural para as grandes cidades e deixam as crianças por conta dos avós. Os avós velhinhos não conseguem tomar conta direito das crianças que acabam sofrendo acidentes fatais ou até cometendo suicídio pelo sentimento de rejeição e abandono.

Uma história que li na Internet impactou particularmente a Susanna que a reproduziu integralmente. Um pai e um filho de uns 10 anos viviam sozinhos. O pai saía muito cedo para trabalhar e voltava muito tarde, portanto não conseguia ver o filho durante a semana. No entanto, todas as noites ele passava no quarto do garoto e dava um nó na ponta do lençol sinalizando que esteve ali. Um dia o pai foi chamado à escola para conversar sobre o comportamento do filho. Esperando pelo pior, ele se surpreendeu com que os professores tinham a dizer: “Seu filho é uma criança muito feliz! Ele é o melhor aluno da sala e está sempre pronto a ajudar os colegas. Parabéns pela linda família que vocês construíram”. Moral da história: a presença emocional é muito mais importante do que a física.

O que venho percebendo cada vez mais é que este concurso, aparentemente, de beleza, tem objetivos bem mais sérios e profundos. A China, preocupada com as futuras gerações e o rumo desta nova sociedade mais competitiva, busca informação e inspiração em outras culturas. Eu e Luiz estamos muito honrados de estarmos sendo usados como exemplo de família unida e feliz.

 Familia brasileira e exemplo de uniao na China


Familia brasileira e exemplo de uniao na China

Hoje à noite, sairemos para jantar com a jornalista do Shenzhen Daily, um dos três jornais chineses publicados diariamente em língua inglesa. Mas essa matéria vai ter que ficar para quando voltarmos do Brasil!

Até breve!

christianedumont@hotmail.com